“10 Coisas que as pessoas não sabem sobre relacionamento”

“10 Coisas que as pessoas não sabem sobre relacionamento
Avalie esse artigo

Você já observou que nos últimos tempos está cada vez mais difícil conviver com as pessoas? Prova disso é que muitos relacionamentos conjugais estão sendo desfeitos, nas escolas o relacionamento entre professores e alunos, e até mesmo entre os próprios alunos está cada vez mais complicado.

Manter amizades sinceras está quase impossível. Se você está passando por algo parecido, não desanime. Já parou pra pensar em como pode mudar isso? Vou citar aqui algumas coisas que as pessoas precisam saber para tornar a vida social mais agradável, afinal de contas, ninguém é uma ilha.

Veja também: HÁBITOS ANTES DE DORMIR QUE IRÃO SALVAR SUA RELAÇÃO

   1-Seja realista:

O perfeccionismo está cada vez mais presente em nós, idealizamos pessoas “perfeitas” para conviver, trabalhar e amar. Buscamos tanto por essas pessoas, mas fazer isso só acaba resultando em frustração, afinal, nem nós somos perfeitos. Então, ser realista é uma dica valiosa para termos relacionamentos duradouros.

   2-Ter humildade:

Eu sei, ter humildade exige esforço, não é fácil, principalmente porque vivemos num mundo em que o “eu” predomina em grande parte da sociedade. Por isso a humildade está relacionada com ser realista, porque, quando reconhecemos que ninguém (nem nós mesmos) é perfeito, estamos demonstrando humildade.

  3-Empatia:

Certo dicionário define empatia como “capacidade de se identificar com outra pessoa, de sentir o que ela sente, de querer o que ela quer”, é a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa. Todos nascemos com “empatia natural”.

Quem não se comove com imagens chocantes de crianças famintas, ou de pessoas sofridas fugindo de seu país por causa de guerras? No entanto, em nosso dia a dia, a realidade é outra, será que nos colocamos no lugar de alguém que nos ofendeu ou falou algo num “tom” que não gostamos?

Talvez a pessoa não tenha tido uma boa noite de sono, esteja com problemas ou até tenha descoberto que está com um problema de saúde, não sabemos. Mas não importa qual seja a situação dela, o fato é que não sabemos tudo o que está envolvido, então demonstrar empatia nos ajuda a não retribuir da forma como fomos tratados.

  4-Saber a hora certa de falar:

Quantas vezes, no meio de uma discussão, explodimos e falamos pra pessoa tudo que nos vem à cabeça? Várias, não é? Mas certamente esse não é o jeito certo, nem a hora certa pra falar. Se conseguirmos discernir a hora certa pra falar, com certeza as chances de deixar a pessoa magoada são muito menores. E aí é que entra em cena o autodomínio.

  5-Autodomínio:

Autodomínio significa dominar, restringir ou controlar a  si mesmo, suas ações e sua linguagem. Ter autodomínio na hora de lidar com relacionamentos nos ajuda a não perder o controle em situações que nos deixem com raiva, ira ou qualquer outro sentimento ruim, evitando que nos arrependamos depois.

 6-Demonstre respeito:

Vivemos em uma sociedade em que estamos sujeitos às autoridades, como governantes, policiais, professores e chefes. A definição de respeito é: “Concessão de atenção a alguém considerado digno de estima; o reconhecimento e a devida consideração para com algo, ou especialmente, para com outra pessoa, suas qualidades, seu cargo, sua posição”.

Na família não é diferente, os pais são os chefes da família, consequentemente os filhos estão sujeitos aos pais, e eles merecem o respeito dos filhos. E quando respeitamos as autoridades contribuímos para uma sociedade mais ética e também somos respeitados por sermos considerados pessoas de bom senso.

   7-Seja positivo:

Ninguém gosta de ter por perto pessoas negativas, não é mesmo? Além do mais, o pessimismo vai fazer você perder a força para melhorar sua situação e seus relacionamentos. Já tentou sorrir para alguém hoje?

Um sorriso sincero transmite boas emoções, um artigo de um jornal da Associação para Ciência Psicológica diz: “O sorriso transmite informações importantes sobre uma pessoa e nos ajuda a saber como devemos nos comportar com ela”. Não fique esperando os outros sorrirem para você, dê o primeiro passo, isso fará o dia delas ficar mais feliz. Então, ser positivo fará você ser o tipo de pessoa que todos gostam de ter por perto.

   8-Mude de rotina:

Devido à rotina tumultuada e estressante que a maioria das pessoas tem, os relacionamentos com outros acabam ficando prejudicados, às vezes nos sentimos tão pressionados por nossa rotina que acabamos descontando em outros. Então, que tal mudar de rotina? Ou então, fugir da rotina? Fazer isso vai ajudar você a “respirar novos ares” e, com certeza, vai aliviar grande parte do seu estresse.

   9-Escute:

Já reparou que a maioria das pessoas não querem mais ouvir, só querem ser ouvidas? Por exemplo, a esposa chega em casa, contando ao marido que teve problemas no trabalho. O marido logo interrompe apresentando uma solução ao problema, em resultado, a esposa fica chateada, pois queria ser ouvida, e acaba brigando com o marido.

Então, a falta de paciência do marido ao escutar a esposa, acaba prejudicando o relacionamento entre os dois. Da mesma forma, isso acontece não só entre marido e esposa, mas entre pais e filhos, amigos, etc. Então, dá próxima vez que alguém for lhe contar algo, desabafar, escute, demonstre interesse, escute de verdade.

  10-Se adaptar:

Caso as coisas não saiam como você gostaria que fosse, não se desespere, não podemos simplesmente jogar tudo pro alto e desistir das pessoas como se fossem objetos. Muitas vezes o segredo está em sermos adaptáveis a situações que nos são apresentadas, e como vimos no início do artigo, não existem pessoas perfeitas. Então, para termos relacionamentos duradouros, é essencial aprender a nos adaptar.

Com certeza colocar em prática tudo o que foi listado não é fácil, exige esforço, mas não desanime! Todos precisamos de uma “reforma” constante, afinal não é de hoje que existem conflitos nos relacionamentos.

Faça sua parte, tente fazer uma autoanálise, buscando aspectos em que precisa se ajustar. Afinal, relacionamentos fazem parte da vida e sempre aprendemos algo com as pessoas que convivemos. Como disse Antoine de Saint-Exupéry: “Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: