10 DICAS PARA SUPERAR CRISE CONJUNGAL

10 DICAS PARA SUPERAR CRISE CONJUNGAL
Avalie esse artigo

Todo casamento chega em um estágio em que o casal parece estar cansado um do outro e as brigas e discussões sempre acabam falando mais alto do que qualquer demonstração de carinho. Quando esse momento chega, é importante que você mantenha a calma e não tome decisões precipitadas, como a separação ou até mesmo a traição.

Se baseie nas 10 dicas que vão ser listadas abaixo para que você possa sair da crise sem se machucar ou sem magoar os sentimentos do seu marido e da sua família. Cada caso é um caso, por isso as dicas a seguir se baseiam em crises mais genéricas, sem atentar a um acontecimento específico.

Ver também: Saiba lidar com um homem grosseiro

1 – SEMPRE CUMPRA AS REGRAS DE CONVIVÊNCIA BÁSICAS

Durante o momento da raiva sempre nos esquecemos de como devemos tratar as pessoas que convivem conosco. Se você continuar gritando ou falando mais alto com o seu marido durante o cotidiano, só irá fomentar ainda mais as brigas e tornar o local propício para novos confrontos.

Essas regras de convivência básicas são aquelas que dizem que devemos cumprimentar as pessoas na rua, pedir licença, agradecer quando nos é feito um favor e entre outros. Se todas essas regras devem ser seguidas com estranhos, imagina com a pessoa que divide a vida com você?

2 – PONDERE AS SITUAÇÕES

É de extrema importância que você balanceie o que está ocorrendo dentro da sua casa e observe tudo sob diferentes perspectivas.Por exemplo, se o seu marido não limpou a terra dos sapatos antes de entrar mas lavou a louça da janta, será que é realmente necessário iniciar um discussão por causa dos sapatos sujos?

Analise bem a situação e tente deixar a sua casa o mais organizado e em harmonia possível. Para a harmonia prevalecer, é importante que você evite ao máximo as desavenças.

3 – PROCURE UM TEMPO E UM ESPAÇO PARA VOCÊ

Talvez o melhor remédio para não explodir em determinadas situações seja o afastamento. Quando você tem um longo dia e tem que chegar em casa para se depara com situações que poderiam ser evitadas se seu marido fosse mais participativo da vida de casado, o melhor a se fazer é pegar uma xícara da sua bebida preferida e toma-la em algum lugar da casa longe dele.

Tenha em mente que se você chegar em casa cansada e começar a brigar por todos os motivos que encontrar nela, por mais bobos que sejam eles, o casamento só vai ficar cada mais saturado. Para evitar isso, se afaste e encontre a calma da maneira que parecer mais plausível a você.

4 –NÃO É NECESSÁRIO QUERER GANHAR TODAS AS BRIGAS

Todas as vezes que as discussões penderem para o lado, não precisa continuar batendo o pé e querer ter a razão no momento. Algum dos lados tem que ceder e se ficar nítido que não vai ser ele, seja você.

Na maioria dos casos, as tentativas de se ganhar uma discussão são para alimentar o ego e mostrar quem tem pulso firme dentro da relação. O que nos esquecemos na maioria das vezes é de que essas discussões na verdade não vão provar nada e só vão causar mais intriga ainda na relação.

5 – ESCOLHA O QUE É IMPORTANTE PARA VOCÊ

Dentro do casamento as decisões devem ser tomadas em conjunto. Não é saudável que você deixe tudo para o seu marido decidir e dependa dele para todas as escolhas que vierem pela frente. Portanto, escolha o que você considera mais importante e use isso como uma arma.

Se você for flexível em situações que são importantes para o seu marido, você conseguirá defender as suas escolhas e não precisará recuar.

6 – NÃO ABUSE DA SORTE E EVITE PASSAR POR GRANDES PROBLEMAS

Os dois maiores motivos para uma grande crise no casamento estão relacionadas diretamente a dinheiro e traição. Se aparecer a oportunidade para comprar aquela bolsa caríssima ou sair com um colega do sexo oposto, evite.

Você não sabe até que ponto seu marido considera traição e se ele vai descobrir ou não sobre o encontro, por isso não de chances ao azar. O mesmo ocorre com gastar muito. Se não houver um acordo prévio entre os dois, evite discussões por bens materiais.

7 – DOE-SE MAIS

Como já foi dito antes, um dos lados tem que ceder. Sendo assim, seja mais carinhosa, de mais beijos e abraços, como se estivessem no começo da relação novamente. Dar as mão enquanto estão caminhando é um sinal de que vocês estão bem.

Por mais que esse conselho não evite as brigas e as discussões, ele te ajuda a mostrar ao seu marido que você ainda se importa com ele e ainda o quer bem. É importante essas demonstrações de carinho para que vocês possam se sentir confortáveis um com o outro e lembrem-se de que sempre terão um ao outro.

8 – IGUALDADE NA BRIGA

As discussões são difíceis de serem evitadas, ainda mais quando fica claro que os dois estão cansados e elas já estão fazendo parte do cotidiano. Para evitar que as brigas assumam um nível mais pesado, vocês devem estabelecer algumas regras que devem ser cumpridas pelos dois lados.

Por exemplo, nenhum dos dois pode gritar ou realizar ameaças. As acusações, tais como erros cometidos no passado, falhas atuais e atitudes que não fazem mais parte do cotidiano de vocês, e xingamentos de baixo calão podem ser incluídos nessa lista.

9 – SEM O ENVOLVIMENTO DE TERCEIROS

O casamento é feito por duas pessoas e são elas que devem resolver as responsabilidades e problemas que assumiram. Chamar amigos ou parentes para tomar partido das discussões só separa ainda mais a família e não resolve os casos.

Pedir ajuda a alguém para servir como mediador de alguma discussão pode ajudar na hora, mas não pense que a longo prazo a situação continuará.

10 – PEÇA AJUDA A UM PROFISSIONAL

Você já testou todas as alternativas e nenhuma delas parece resolver o seu casamento? Seu casamento não parece ter mais salvação? É a hora de pedir ajuda a um profissional que auxiliará vocês através de conversas e conselhos mais específicos e ajudará a salvar o seu casamento.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: