10 medidas para eliminar a caspa

10 medidas para eliminar a caspa
Avalie esse artigo

A caspa é um problema que atinge muitos brasileiros. Também conhecida como dermatite seborreica ou seborreia, ela incomoda, e muito, uma grande parte da população. O aparecimento desse problema pode estar relacionado a diversos fatores como problemas de saúde ou hábitos errados. Por isso, nós trouxemos uma lista com 10 medidas para que você possa eliminar a caspa. Contudo, se o problema continuar procure um médico.

10 medidas para eliminar a caspa

1- Lavar o cabelo de forma correta

Você deve estar se perguntando: como assim lavar o cabelo de forma correta?

 

Pois é. Saiba que você pode estar lavando o seu cabelo de forma errada e não sabe disso.

A forma correta para se lavar os cabelos e fazer a limpeza um dia sim e outro não. Nada de deixar seu cabelo para lavar apenas aos sábados. No máximo, lave-os de dois em dois dias.

 

Procure o shampoo anticaspa correto a aplique-o apenas no couro cabeludo. Nada de levá-lo até as pontas. Deixe que o shampoo aja por cerca de dois minutos.

 

Tenha cuidado na hora da aplicação para que não haja ainda mais descamações do couro. Aplique-o com a mão leve.

 

Enxágue e utilize o seu condicionador apenas nas pontas do cabelo, ou seja, da orelha para baixo.

 

É importante salientar que a água quente é ruim para os seus cabelos. Assim, prefira a água fria ou morna.

 

2- Cuidado com os shampoos secos

 

Sabemos que os shampoos secos são ótimos para aqueles momentos em que precisamos sair, mas os cabelos estão sujos e não dá tempo para lavar.

 

Eles, realmente, dão uma mãozinha para tirar a oleosidade dos cabelos e deixá-los brilhantes e perfumados.

 

Entretanto, não o utilize como forma de substituição à lavagem comum. Eles foram feitos para serem utilizados em situações de emergência, pois não limpam os cabelos, apenas tiram a aparência oleosa.

 

Ainda prefira a lavagem normal para manter seus fios limpos.

 

3- Seque os cabelos

 

Nada de ficar com os cabelos molhados por muito tempo ou, pior, dormir com eles molhados.

 

A umidade no couro cabeludo pode ajudar na proliferação de fungos e isso causará ainda mais caspa. Assim, sempre seque o seu cabelo com o secador.

 

Opte pela temperatura fria ou morna, assim como a água ao lavar. A temperatura quente pode aumentar a produção de oleosidade.

 

Também tenha cuidado ao utilizar bonés e chapéus, pois eles podem manter o seu couro úmido devido ao suor.

 

4- Cuidado com as químicas

 

As químicas são grandes inimigas das pessoas que possuem problemas de caspa.

Sabemos o quão bom é modificar os cabelos e pintá-los para ter uma cor bonita e nova sempre.

 

Contudo, tenha muito cuidado!

 

As químicas aumentam a descamação do seu couro cabeludo, o que gera ainda mais caspa. Por isso, na hora de optar por fazer uma tintura ou escova progressiva, pense bem e veja o quanto isso afetará o seu cabelo.

 

5- Modere no gel

 

O gel surgiu para ajudar tanto os homens quanto as mulheres.

 

Quem não quer sair e ter o cabelo perfeitamente no lugar?

 

Os homens são os que mais utilizam esse tipo de produto, pois, geralmente, possuem cabelos curtos e gostam de deixá-los com um certo charme e no lugar.

 

Para isso, não abrem mão da utilização do gel. Todavia, se você tem um problema com caspas, será necessário moderar esse uso.

 

O gel, assim como o condicionador, aplicado à raiz, acaba fechando os folículos capilares. Isso faz com que haja aumento de oleosidade e descamação.

 

6- Saiba escolher o seu shampoo anticaspa

 

O item mais importante para o seu cabelo será um bom shampoo anticaspa.

 

É importante escolher adequadamente o seu shampoo. Dentre os mais utilizados estão os que possuem óleo de melaleuca, cetaconazol ou zinco.

 

Esses tipos de shampoo ajudam no combate aos fungos e diminuem a descamação do couro cabeludo, agindo contra a caspa.

 

É importante salientar que você não precisa trocar de shampoo, pois o seu cabelo não se “acostuma” com ele. O shampoo anticaspa continuará fazendo efeito mesmo após um longo período de uso.

 

7- Utilize produtos que contenham óleos naturais

 

Tudo que é natural é muito melhor.

 

Dessa forma, invista nos óleos naturais para cuidar do seu couro cabeludo.

 

Os óleos naturais irão agir diretamente nas glândulas sebáceas e ajudar no combate às caspas. Alguns dos óleos conhecidos são o de melaleuca, de rícino, argila, entre outros.

 

Contudo, já existem diversos tipos de cosméticos, no mercado, que contêm esses óleos em sua composição. Alguns ajudam no combate aos fungos causadores da caspa.

 

Converse sempre com seu dermatologista para saber o que é melhor para você.

 

8- Procure tratar outros problemas de saúde

 

Você sabia que a caspa pode ser causada por outros problemas de saúde?

 

Pois é!

 

Assim, procure sempre tratar outros problemas que possam estar relacionados à descamação do seu couro cabeludo, assim como: artrite psoriásica, diabetes, obesidade, psoríase ou até problemas hormonais.

 

Esteja sempre em dia com seus exames e faça sempre um check-up todo ano.

 

Se você descobrir algum desses casos, é importante tratá-lo e mantê-lo regulado. Em alguns casos, a caspa pode ser tratada e irá desaparecer.

 

9- Ajuda médica

 

Em alguns casos, será necessário buscar a ajuda de um profissional adequado.

 

Se você tiver aumento da queda de cabelos, coceira intensa, vermelhidão ou presença de caspa de forma mais “grosseira”, será necessário buscar ajuda de um profissional qualificado como um dermatologista ou tricologista.

 

Se mesmo após o uso dos shampoos anticaspa e de todo o cuidado, você perceber os sintomas acima, deverá procurar o médico imediatamente.

 

A saúde dos seus cabelos também é importante!

 

10- Utilização de remédios

 

Ao procurar um médico, alguns procedimentos podem ser feitos no consultório a fim de melhorar o quadro do paciente.

 

Entretanto, o dermatologista ou tricologista pode indicar ao paciente o uso de alguns medicamentos como anti-fúngicos ou anti-inflamatórios orais. Esses remédios serão receitados de acordo com o tipo de caspa de cada paciente.

 

Por isso, é muito importante procurar ajuda especializada. Remédios que contenham corticoide na composição podem melhorar, e muito, o quadro do paciente.

 

Esteja em dia com seu médico!

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: