Você cobra seu amor demais

Você cobra seu amor demais
Avalie esse artigo

A cobrança excessiva a pessoa que você ama pode acabar se transformando em brigas e pode até mesmo fazer com que seu relacionamento acabe.

É comum sim cobrar seu parceiro um pouco mais de atenção, dedicação ao relacionamento, cobrar algo relacionado à casa onde moram e outros.

Mas, o problema começa quando toda essa cobrança acaba se transformando em uma verdadeira obsessão, e a única coisa que você acabará conseguindo com isso é que seu parceiro se afaste de você, e todo amor que vocês tinham no relacionamento pode acabar indo por água abaixo.

O que muitas pessoas não percebem é que existe um limite entre as cobranças que são consideradas comuns e as cobranças que são excessivas.

Esse limite na verdade é uma linha tênue que fica praticamente imperceptível. Portanto, será que esse não é o seu caso e você está cobrando demais do seu amor?

Confira a seguir sinais que é melhor você começar a aprender a respeito dessa linha tênue, saber o que é uma cobrança comum e o que é uma cobrança excessiva, e dessa forma você poderá se controlar melhor e aprender a fazer menos cobranças ao seu amor.

Ver também: Como se comunicar melhor com seu amor

Descubra se você cobra além do limite do seu amor

1 – Comparações excessivas

Você constantemente pensa que se você pode realizar determinada tarefa, seu parceiro não só também pode como deve fazer a mesma coisa. Quando você pede a ele que realize uma determinada atividade, como por exemplo, lavar a louça, você se chateia quando ele não faz do jeito que você costuma fazer e gosta?

Se a resposta foi sim para as perguntas, saiba que cada pessoa é diferente, cada pessoa conta com seu próprio tempo e suas próprias limitações.

O que pode ser extremamente fácil para você, pode acabar sendo complicado para o seu parceiro, assim também como a forma que você realiza alguma atividade pode ser completamente diferente da forma que ele realiza essa atividade, cada um tem seu jeito para cada atividade diferente.

Portanto não faça comparações, pois isso poderá levar você a cobrar que ele faça as coisas exatamente como você gosta, do seu jeito e não do jeito dele.

2 – Você quer estar no comando

Só de pensar em ter que ceder você já se sente incomodada? E além disso, você só se sente confortável quando é seu parceiro quem decide tudo no relacionamento de vocês?

Pois tenha o máximo de cuidado ao pensar assim, pois em um relacionamento saudável não existe ninguém no comando e sim um equilíbrio nas decisões de vocês.

Pode ser que as vezes você decida, em outras você acaba cedendo. Mas, quando você faz tudo para que ele ceda e você tenha suas vontades atendidas, isso significa que você está cobrando muitas coisas dele.

3 – “Por que você não me responde?”

Quando você efetua ligações ou se pega contando os minutos enquanto aguarda por uma resposta ou uma chamada de retorno…

Se o tempo passa e ele não responde dentro desse determinado tempo, você acaba enviando uma nova mensagem ou deixando uma mensagem de voz na caixa postal questionando o porque dele não ter atendido, dele não ter retornado sua ligação ou o porque dele não ter respondido as suas mensagens.

E a confusão só piora quando ele não tem uma boa desculpa para a demora ou para a falta de resposta. Esse é um sinal claro de carência e insegurança. Portanto, o melhor a fazer nesses casos é respirar fundo e se controlar antes de começar a aumentar ainda mais a confusão em busca de respostas.

4 – Você quer atenção o tempo todo

Sabe uma criança que precisa e quer atenção a qualquer custo? Essa criança faz qualquer coisa para que notem ela e principalmente para que ela consiga a atenção dos adultos. Mas, você sabia que não são apenas as crianças que costumam ter esse tipo de comportamento?

Existem pessoas que agem exatamente da mesma forma nos relacionamentos e ficam exigindo que os parceiros dêem atenção constante a elas.

Cobram questionando se os parceiros estão prestando atenção nelas, se amam elas, são todos questionamentos comuns de quem deseja atenção a todo momento.

Claro que sem mencionar os assuntos sem qualquer sentido que você acaba puxando nos piores momentos, até mesmo naqueles momentos em que seu parceiro deixa claro a você que não está nem um pouco afim de conversar, momentos em que você faz de tudo por 5 minutos de atenção.

Com o passar do tempo a tendência é que isso piore, chegando a um ponto de que se seu parceiro piscar ao seu lado você já começará a terceira guerra mundial acreditando que ele não te ama ou que simplesmente ele já não se interessa mais pelo que você diz ou faz.

5 – Você está sempre à disposição

Seja insegurança ou carência você sempre está disponível para ele e fazendo tudo o que pode por ele. Você se doa sem pensar logo de início e acha que isso é incrível, porém, você acaba se esquecendo de si mesma e isso leva você a acreditar que ele tem obrigação de agir da mesma forma com você.

E dessa forma, logo começam as cobranças onde você joga na cara dele o que fez e o que deixou de fazer por ele e que não existe nenhum mal em ele fazer o mesmo por você. Você até mesmo passa a questionar que merece mais dedicação da parte dele depois de tudo que fez por ele.

Na verdade, o que você precisa saber nesse caso é que você fez o que fez por ele porque quis, portanto seu parceiro não tem qualquer tipo de obrigação de retribuir isso, e você acaba se enganando acreditando que ele realmente tem que fazer isso quando não é verdade.

Não que você tenha que parar de agradar seu parceiro, na verdade você deve agradar a si mesma antes de pensar em agradar o outro, e então você conseguirá agradar a ele sem exageros e sem esperar que ele por obrigação, faça o mesmo por você.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: