5 erros de iniciantes na hora de se maquiar 

5 erros de iniciantes na hora de se maquiar 
Avalie esse artigo

Muito mais comum que imaginamos, existem alguns erros clássicos que muitas pessoas cometem na hora de fazer maquiagem. Muitos desses erros considerados incabíveis e outros tão sutis que às vezes nem nos damos contas que são erros.

Vamos listar os 5 erros mais comuns na hora de se maquiar e como evita-los. Se você perceber que faz alguns desses erros (ou todos) não se preocupe, pois todo mundo já cometeu. O importante é praticar e tentar corrigir.

Ver também: DICA DE MAQUIAGEM PASSO A PASSO NA COR BRONZE

Não usar primer:

Um típico erro que muita gente não acha que é tão grave, mas é. Se você aplica a base sem nenhuma preparação antes a pele fica com um acabamento mais pesado e produtos podem acumular ou craquelar nas linhas de expressão.

Preparar a pele com o primer é fundamental. Além de uniformizar a pele, minimizar os poros, fixar e aumentar a durabilidade da maquiagem, o primer cria uma textura na pele.

Essa textura permite com que mesmo que você passe várias camadas de produtos (base, corretivo, pó, iluminador, contorno) a pele consiga aceitar e assentar todos elas no rosto. Existem primer para todo o tipo de pele então vá atrás do seu e acerte na make fazendo do primer um produto indispensável.

Tom de Base:

O erro mais comum na maquiagem é escolher o tom de base errado, tanto em tom abaixo quanto nos tons acimas. Se você usar um tom mais claro que o tom da sua pele vai ficar com o famoso aspecto de Gasparzinho, nas fotos com flash fica ainda mais evidente a diferença da cor do seu rosto com o pescoço e resto do corpo.

Já quando você usa um tom mais escuro que a sua pele, o resultado é quase tão desastroso quanto. Parece que você fez um bronzeamente artificial e não teve sucesso e às vezes a pele pode ficar muito amarelada ou alaranjada.

A pele bem feita é imprescindível para uma maquiagem bonita, é com uma boa preparação e acabamento que as outras coisas como sombra, contorno, iluminador irão funcionar. Então a escolha errada do tom da base tem o poder de acabar com toda uma maquiagem.

O primeiro passo para escolher o tom certo de base é conhecer a sua pele. E apesar de parecer uma tarefa simples, conhecer a pele não é encarar o espelho e você decidir ali na hora se tem um fundo amarelado, rosado ou neutro.

É muito importante saber qual o subtom real da sua pele. Digo real porque olhando somente o rosto no espelho o subtom pode estar um mesmo o seu real sendo outro. Isso acontece porque fatores como acne, exposição ao sol e até a luz do ambiente em que você está pode mostrar a cor não real.

São divididos em três os principais subtons: frio, quente e neutra. A maneira mais fácil de descobrir seu subtom é prestar atenção na cor da sua veia. Olhe a parte interna do seu pulso, se as suas veias forem azuis seu subtom é frio; o subtom quente é aquele onde as veias são verdes; uma mistura dos dois fazendo sua veia ser azul-esverdeada é por que seu subtom é neutro.

Sabendo disso você já tem conhecimento que toda a base que você usar vai ter o fundo rosado se suas veias forem azuis; amarelado se as veias forem verdes; e fundo neutro se for uma mistura das duas cores. Sabendo disso, teste a base na mandíbula, é ali onde a área mais fiel ao seu subtom e onde você vai escolher uma cor que seja a mesma no rosto e pescoço, sem diferenças. 

Correção de sobrancelha:

Outro erro que a primeira vista parece ser uma coisa sem importância. Perceba que muitas coisas estão nos detalhes e assim como os acertos são feitos com eles, os erros também.

Muita gente não presta atenção, mas a sobrancelha ao lado do sorriso são os principais cartões postais do rosto de uma pessoa. Os dois principais erros nessa etapa são as correções feitas com cor de sombra errada e excesso de produto.

Como o preto já é cor descartada na hora de corrigir, muita gente já pega o primeiro marrom opaco que estiver perto e pronto. Por isso vemos tantas vezes sobrancelhas com tons avermelhados e sem combinar.

A não ser que você seja ruiva não corrija a sobrancelha com sombra com fundo muito quente e avermelhado. Prefira os tons neutros e que mais se assemelhem com a cor do seu cabelo. A quantidade de produto é bem pouco para um aspecto natural e a aplicação bem de leve para não marcar.

Não esfumar:

Muita gente acha que não sabe esfumar, que não tem a habilidade necessária e acaba só aplicando as sombras e dando uma ‘espalhadinha’ com o próprio aplicador que vem no kit. Se pararmos para perceber bem, as pessoas não tem paciência e nem o pincel adequado. Para esfumar realmente precisa ter um pincel específico, mas não pense que é perca de dinheiro, é o pincel mais importante no seu kit.
É o esfumado que faz o acabamento da sua pele algo profissional e maquiagem de revista. E pra isso só precisa pincel, mão bem de leve e paciência para fazer os movimentos vai e vem e circulares.

Blush exagerado e no lugar errado:

Ao contrário do que muita – muita! – gente pensa o erro na aplicação do blush não é só pelo excesso. Realmente o exagero do blush causa um resultado terrível. Sempre opte por colocar muito pouco produto e depois ter que aplicar mais do que já colocar muito produto de uma vez.

Até por que, muito excesso de produto cada vez que você tenta espalhar mais, pior fica.  Se o blush forte já era ruim, o blush no lugar errado é ainda pior. Muitas pessoas tem o costume de passar ele na lateral do rosto, quase perto da orelha.

O lugar certo para o blush é na maça do rosto e você só consegue identificar bem dando um sorrisinho. A parte que ficar mais gordinha é o lugar certo. Claro que você não vai passar nesse espaço em movimentos circulares, passe faça o esfumado para pegar em toda essa área e depois leve um pouco do produto na direção da orelha.

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: