5 INGREDIENTES INUSITADOS QUE ENCONTRAMOS EM PRODUTOS DE BELEZA

5 INGREDIENTES INUSITADOS QUE ENCONTRAMOS EM PRODUTOS DE BELEZA
Avalie esse artigo

É cada vez mais comum as pessoas se preocuparem com a saúde, com o que consomem, os ingredientes que existem nos alimentos e saber a origem de onde vem a comida. Mas talvez o que muitos não buscam saber e nem se preocupam é descobrir de que são feitos os cosméticos que usamos.

Produtos diários, que passamos no cabelo, pele, boca. Saber como são compostos é muito importante e interessante e alguns ingredientes encontrados nas formulas do seu produto de beleza preferido pode ser um choque.

Existem alguns ingredientes muito inusitados que provavelmente irão causar estranheza e nojo. Pessoas vegetarianas e veganas devem se atentar ainda mais as formulações e ingredientes dos produtos, na lista abaixo dos 5, 4 são ingredientes de origem animal e muitos deles desconhecidos.

Ver também: COMO APLICAR SOMBRA COM OS DEDOS

A busca excessiva pela beleza e fórmulas milagrosas tem o poder de cegar muita pessoa para se atentar a forma como esses produtos são feitos, testados e comercializados. Mas assim como temos nos preocupado cada vez mais com uma alimentação orgânica e saudável, se preocupar com nossos cosméticos também é fundamental.

Insetos: Com certeza quem ama e estuda maquiagem já ouviu falar em cochonilha. E não é pra menos, esse nome está presente na maioria dos relatos de maquiagens criadas no Antigo Egito. Foi esse o ingrediente que deu aos lábios de Cleópatra o tom avermelhado que hoje é tão clássico para todas as mulheres. Cochonilha é um corante cor carmim ou vermelho escuro.

A cor vem da extração do animal que tem o mesmo nome do corante: cochoilha. O insete mede entre 3 e 5 centímetros e muitas vezes é chamado de Besouro Cochonilha, o tom de carmim é produzido só pela fêmea durante e durante a gravidez tem a concentração ainda mais concentrada.

Foi no México, durante o período colonial, que a produção do corante cresceu de forma acelerda, tornando-se o segundo produto em valor exportado do México, o corante era muito consumido na Europa e tinha um valor extremamente elevado.

O corante carmim vindo do inseto cochonilha é amplamente usado na indústria cosmética, nos produtos em pós, lápis, algumas sombras e antigamente nos batons (hoje em dia os batons já utilizam outros corantes) e alimentícia (em biscoitos, sorvetes, algumas geleias).

Muitas vezes produtos que são amplamente consumidos até por pessoas vegetarianas que nem tem o conhecimento do inseto na produção do alimento ou cosmético. Por isso é sempre válido prestar bem atenção nos rótulos e ingredientes dos produtos que você costuma consumir.

Placenta: Os cremes de placentas são bem conhecidos e comuns na rotina de várias celebridades. É possível encontrar cremes de placenta para o rosto, cabelo e até gordura localizada.

Geralmente são usadas placentas de ovelhas (mas é possível encontrar cremes com placenta humana!!!) e o ingrediente promete combater a flacidez proporcionando uma pele mais firme e com elasticidade, reduzir manchas e rugas causadas pela desidratação degenerativa pele, evitando o envelhecimento precoce e nos cabelos o benefício do ingrediente é o fortalecimento e combate à queda dos fios.

Esses benefícios são causados pelos nutrientes encontrados na retirada de células-tronco da placenta das ovelhas. Apesar de ainda ter pouca comprovação cientifica da eficácia dos produtos a base de placenta, muitas celebridades usam e aprovam o ingrediente.

Existem várias polemicas quanto a forma que as células são retiradas da ovelha, enquanto alguns afirmam que o processo é feito de forma perigosa e prejudicial para o animal, outros afirmar que para seu produto, a placenta é retirada de forma segura sem causar dor ou danos a ovelha. É possível encontrar uma grande variedade de preços e marcas em farmácias e sites específicos das marcas que possuem esse tipo de creme.

Algas: As algas marinhas são seres que fazem parte da vegetação marítima e frequentemente são confundidas com plantas. Mas a grande diferença entre as algas e plantas é que as algas são avasculares, ou seja, não possuem vasos condutores de seiva como as plantas e nem possuem raiz, caule e folhas, além de manter a energia necessária para existir através da fotossíntese. Existem várias espécies de algas, como as unicelulares e as pluricelulares.

As algas são usadas tanto em tratamento de medicina alternativa como em cosméticos para a pele, cabelo e rosto. Não é pra menos, os nutrientes presentes na alga são imensos, elas são ricas em fibras, vitaminas, aminoácidos, cálcio, ferro e outros inúmeros nutrientes.

Na pele a presença das algas nos cosméticos auxilia principalmente no combate as acnes, reduz a flacidez, combate as rugas, são antioxidantes e anti-inflamatórias e servem para acalmar manchas e irritações.

As algas ainda ajudam a combater a celulite e ativar a microcirculação da pele. Para os cabelos, os benefícios também são extensos, as algas fortalecem o couro cabeludo além de proteger e hidratar os fios.

Secreções de caracol: Produtos cosméticos que contém filtrado de secreção de caracol na composição são ótimos para a pele. Apesar de ser um ingrediente inusitado, a secreção de caracol já é uma febre em cremes e hidratante para o rosto e seus principais benefícios é a ajuda na cicatrização, combate à flacidez e envelhecimento, melhora peles com acnes e cravos e ajuda no combate a estriar e celulites.

Já comprovado cientificamente a secreção é rica em proteína, enzimas e polissacarídeos. Especialistas afirmam que essas substâncias encontradas na secreção de caracol podem ajudar a combater inúmeras doenças cutâneas justamente por conta das propriedades regenerativas do ingrediente.

Peixe: Uma boca bem cuidada, com aquele aspecto de boca volumosa é um dos grandes sonhos da mulherada. A procura por batons que tem aumentam ou dão volume aos lábios é enorme. Esse tipo de batom não aumenta de fato o volume do lábio e sim aumenta circulação sanguínea ou retém água na região.

Batons que possuem esse efeito possuem em sua formulação o colágeno marinho, escama de peixe e casca de camarão. Escama de peixe ainda é usado na produção de rímel, esmalte e gloss, a partir da Guanine, uma substância retirada da escama de peixe que proporciona efeito brilhoso e de difusão de luz. O ingrediente também pode ser encontrado em produtos capilares e corporais.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: