7 dicas de especialista para limpar corretamente os olhos

7 dicas de especialista para limpar corretamente os olhos
Avalie esse artigo

A limpeza incorreta da região dos olhos acaba provocando doenças e pode comprometer a sua visão. Tem quem acredite que apenas lavar o rosto é o suficiente para que os seus olhos permaneçam limpos. Mas na verdade, é preciso ter cuidado a alguns detalhes, como retirar completamente a maquiagem e não colocar dedos sujos nos olhos. Isso tudo é essencial para manter a saúde.

Existem alguns cuidados diários que devem ser levados em consideração para que nenhum problema aconteça. Veja então algumas dicas que os especialistas dão sobre como higienizar os seus olhos da forma correta:

Ver também: 10 dicas e produtos de maquiagem ideais para pele negra proposta nude

1 – Lave os seus cílios e pálpebras com água, usando soluções para limpeza ocular ou um xampu neutro

Higienizar a parte externa dos olhos também é muito importante, isso para remover a oleosidade excessiva que as glândulas produzem, já que o acúmulo de gordura pode levar a inflamação local, um risco de obstrução dessas glândulas e um aumento no número de bactérias. O especialista diz que o é preciso limpar apenas usando soluções oculares específicas ou um xampu neutro, pois são os que menos agridem o tecido dos olhos.

2 – Sempre remova toda a sua maquiagem

Dormir com a maquiagem ou deixar ela no seu rosto por muito tempo acaba ajudando a obstrução das glândulas de gordura palpebrais e isso pode gerar uma inflamação no local, irritar a conjuntiva e a córnea. Por isso, deve-se remover a maquiagem com produtos adequados para que os olhos não sejam afetados.

3 – Não coloque as mãos nos olhos, ainda mais se estiverem sem lavar ou depois de utilizar o álcool gel

A sua mão muitas vezes traz diversos corpos estranhos aos seus olhos, como a poeira, os pelos dos animais, um vírus e as bactérias. Você não deve coçar os seus olhos com as mãos sujas, isso é bem importante e diminuir o risco de infecções.

4 – Colírios ajudam a manter a lubrificação da superfície ocular sim, mas só um oftalmologista é que pode identificar o tipo e qual a frequência adequada

É fundamental que você consulte um oftalmologista antes de usar qualquer tipo de colírio, mesmo que seja um lubrificante que não possua conservantes, ou um lubrificante com conservantes ou vasoconstritores.

Se automedicar e usar sem saber os colírios pode levar você a ter conjuntivite química e ceratite medicamentosa. Os efeitos mais graves como é o olho vermelho crônico por conta do efeito rebote e uma hipertensão arterial também devem ser observados.

5 – Não compartilhe objetos de higiene pessoal, como é o caso do lenço e das toalhas de rosto

Há doenças que podem ser transmitidas desse jeito, que é o caso das conjuntivites virais e das bacterianas. Essa transmissão acontece por contato e por compartilhar objetos pessoais, incluindo os colírios que favorecem muito o contágio.

6 – Não aplique água boricada e soro fisiológico evite isso

É legal sempre escolher os produtos que sejam mais parecidos possíveis a lágrima. A água boricada não deve ser utilizada, ela tem ácido bórico na sua composição e isso pode dar uma piorada nos sintomas de inflamação em alguns pacientes.

O soro fisiológico, mesmo se parecendo um pouco mais com a lágrima, pode ser lesivo a sua mucosa ocular e a córnea, então é melhor que você utilize os colírios lubrificantes.

7 – Sempre tenha cuidado quando for manusear as suas lentes de contato. Lave elas só com soluções adequadas e respeite o tempo de troca.

Há produtos que são específicos para a higiene das lentes e eles que permitem que você retire os resíduos que causam a irritação ocular e elimina as bactérias, os fungos, os protozoários que acabam causando as infecções mais graves.

Ser mulher é ter uma melhor amiga para dar aquela emprestada na maquiagem na hora de se arrumarem juntas. Pode ser bem simples e bem comum, mas compartilhar os produtos de beleza podem causar infecções e provocar reações alérgicas.

Pode ocorrer até situações mais graves, existe o caso de uma mulher que ficou paraplégica depois de usar uma maquiagem emprestada. Por isso, fique atenta quando for emprestar algo seu para alguém ou quando for pegar emprestada alguma maquiagem.

Batom

É um cosmético que acaba provocando doenças labiais, como a herpes, por exemplo. A parte de dentro da boca é cheia de bactérias e como não tem uma camada de pele protetora na parte externa, a região é muito mais vulnerável e pode gerar infecções. Por isso, compartilhar o batom não é legal e pode transmitir até mononucleose.

Para que você consiga usar todos os batons que você possui sempre, é importante que você consiga mantê-los organizados e guardados em um lugar que seja arejado para que eles não derretam, não é mesmo? Então, o legal é que você tenha uma mesa de maquiagem ou alguma prateleira que seja dedicada a isso no seu guarda-roupa.

Apenas para organizar os batons por cores, colocar as tonalidades mais escuras de um lado, as tonalidades mais claras de outro. Há alguns porta-batom que você pode encontrar para vender, é muito bom armazenar seus batons neles, pois eles possuem espaços individuais para cada embalagem.

Se você quiser guarda-los no banheiro, é legal que você reserve também um espaço somente para eles no seu armário. Evite que os seus produtos entrem em contato direto com a umidade, principalmente depois que você tomar um banho.

Máscara para cílios

Compartilhar esse produto pode gerar infecções oculares como a conjuntivite e tracoma, inflação seríssima de inchaço nas pálpebras. Pode transmitir também vírus e bactérias que causam o terçol.

Delineador de olhos

Os problemas são bem parecidos com os da máscara de cílios, causam conjuntivite e terçol. Se você usar o delineador durante a infecção vai ser preciso que você jogue fora ele para não ter a doença de novo.

Esponjas e pinceis

Para evitar infecções é preciso que você os lave a cada 15 dias, pois eles ficam muito úmidos por conta de produtos como a base. Por isso as bactérias acabam se proliferando, então lave com água quente e shampoo neutro e deixe secar. Se você compartilha, esse produto pode dar reação alérgica, infecção de pele e micose.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: