7 razões pra você melhorar a afinidade em seu relacionamento

7 razões pra você melhorar a afinidade em seu relacionamento
Avalie esse artigo

Você acha possível encontrar alguém que seja nitidamente igual a você? Com os mesmos interesses, opiniões e formas de demonstrar emoções? Muito provavelmente, não é possível.

Cada pessoa é um universo único em seu modo de viver e, por conta disso, não é difícil que apareçam alguns questionamentos, embates e verdadeiros conflitos quando não concordamos com alguém.

Apesar disso tudo, para que exista a possibilidade de construir uma relação a dois que seja boa e duradoura, é preciso se sentir realmente ligada ao seu parceiro, sendo capaz de se ver no lugar dele e que ele tenha essa capacidade também. Essa maneira de ver o mundo com os olhos de outro alguém é a famosa empatia.

Ver também: 4 sinais que seu relacionamento está perto do fim

O que é a empatia?

A empatia é uma das qualidades do ser humano totalmente conectada à inteligência das emoções e pode, portanto, ser adquirida no decorrer da vida na terra.

A empatia é a mais complicada capacidade que uma pessoa pode conseguir obter durante a vida, pois é necessário fazer uma viagem para fora de si mesmo na tentativa de analisar as situações da vida de um outro ser sob o ponto de vista que ele possui; e, ao mesmo tempo, tentar permanecer isento de seus pontos de vista pessoais.

A verdadeira empatia é aquela que tem a capacidade de ser imparcial.É bem provável, que pouquíssimas pessoas venham a ter a empatia desenvolvida num nível alto, mas sempre podemos tentar ser melhores, basta que tenhamos vontade para isso.

O ser humano possui dois tipos de intelecto. Um deles é o que nós conhecemos como o QI, que é a inteligência de raciocínio lógico; que nascemos com um certo QI e não temos como muda-lo.O outro tipo de inteligência é a emotiva, que envolve nossas capacidades de construir relações com as pessoas nas quais convivemos.

A inteligência emocional pode sempre evoluir.Pois bem, assim como acontece com todas as características emocionais do ser humano, há pessoas que já nascem com a empatia bem desenvolvidas e pessoas que estão a procura dela.

Confira 7 motivos pelos quais é essencial ter empatia em o seu relacionamento. Dica: vale para os dois!

1. Transforme as diferenças em união

É comum que os casais criem discussões de vez em quando, seja por motivos realmente necessários como uma mudança de casa, carro ou por motivos absolutamente fúteis e sem nexo, como a qual filme eles vão ver a noite.

Seja qual foi o motivo da intriga, procure visualizar os motivos que o parceiro tem e veja se você pode abrir mão desta vez – o mesmo serve para ele.

2. O relacionamento deve ser prioridade

Por mais que vocês tenham uma vida cheia de afazeres e que os dias tendem a passar muito rápidos devido ao corre-corre diário, o relacionamento não vai se manter de pé sem que vocês dediquem tempo e amor um ao outro.Nesses momento, a empatia pode ajudar a analisar se o casal está de fato, suprindo as expectativas de se conectarem em termos de necessidade de observação e demonstrações de afeto.

3. Valorize o lado bom

Os pontos negativos precisam ser colocados em pauta, analisados e trabalhados pelos dois, mas o relacionamento será muito mais alegre e aconchegante se vocês valorizarem o lado positivo da vida em conjunto.Não ignore os problemas defeituosos do seu parceiro, mas deixe claro que você admira as qualidades que ele possui e é a primeira pessoa que tem capacidade de nota-las.

4. Pratique a compaixão

Ver o universo através dos olhos de outra pessoa, vai ajudar com que você desenvolva a sua compaixão pelo parceiro e pelas outras pessoas que estão à sua volta também.

Quando você se conecta ao seu parceiro e realmente entende os seus desafios e a dificuldade de resolvê-los, fica mais fácil ter um entendimento por que ele apresenta determinado comportamento que te indique isso.

5. Coloque-se no lugar do outro

Existe um ditado popular que diz que sempre devemos “andar um determinado percurso com os sapatos de outra pessoa antes de começar a julgá-la”, ou seja, para compreender suas atitudes e por que ele age dessa forma, é necessário se colocar em seu lugar primeiramente.

Novamente, a empatia é a chave que estava perdida para a compreensão mútua entre o casal, pois só dessa maneira você poderá buscar entender as motivações e os obstáculos que existem e acabam impedindo ele de seguir em frente.

6. A empatia ensina a ter paciência

Ao ter a capacidade de se ver no lugar do seu par, fica mais fácil obter um controledo temperamento dele, respirar calmamente e contar até 10 antes de perder a cabeça com o que não interessa.

Afinal, com empatia em sua vida, você terá uma maior capacidade de entender os motivos reais que o parceiro tem para estar agindo de tal forma, a que não te agrada.

7. Trabalhe os seus defeitos

Ter empatia não significa que os defeitos que seu parceiro possui devem ser deixados para trás. Pelo contrário: tanto você quanto o parceiro, devem tentar dedicar um tempo para organizar e retrabalhar seus próprios defeitos, para um convívio melhor com você e o mundo.Tente se ver com os olhos do parceiro e também tente identificar os comportamentos que poderiam ser mudados, por ambos.

Uma dica importante: a empatia é necessária para um relacionamento duradouro e feliz, mas de forma alguma você precisa procurar motivos para justificar a forma como ele se comporta agressivamente. Violência contra a mulher é crime e deve ser entregue à polícia.

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: