A base ideal para cada tipo de pele e efeito desejado

A base ideal para cada tipo de pele e efeito desejado
Avalie esse artigo

O grande segredo da cobertura perfeita vai depender do seu tipo de pele e o efeito que você deseja. Então, quando for escolher a melhor base, você deve pensar no acabamento proposta e na forma de aplicação indicada.

Se você tem a pele oleosa e quer um efeito natural, você pode escolher um CC Cream. Ele faz os cuidados diários e não sobrecarrega a pele oleosa. Tem uma ótima cobertura bem delicada e proteção solar. Se você deseja um efeito iluminado, você deve escolher um Spray.

Eles são mais leves e cobrem as imperfeições e ainda mantem o brilho natural da sua pele. Se você deseja um efeito opaco, o pó é ótimo. Ele vai controlar a oleosidade da sua pele ao longo do dia e vai deixar que você dose a cobertura.

Ver também: Como fazer a maquiagem ideal para daminha de casamento

Use um pincel macio para aplicar. Se você deseja alta cobertura, uma boa opção é opaca líquida oil-free. Você tem que escolher entre as versões com maior duração, pois vão garantir a sua pele seca por mais tempo.

Se você tem a pele mista e deseja um efeito natural, uma boa escolha é Aquosa.

Ela é muito mais fluida e vai ser absorvida rapidamente e é bem fácil de aplicar. Você deve passar dando batidinhas nos seus dedos. Se você deseja um efeito iluminado, você deve escolher a bastão. Após aplicar no seu rosto todo, você vai misturar um pouco da base com um iluminador e vai espalhar nas têmporas e nas bochechas diretamente com a mão.

Para um efeito opaco, você deve escolher a base creme-pó. Ela tem uma textura mais confortável e não vai comprometer a opacidade. Você vai usar um primer para que ela deslize melhor. Para uma alta cobertura, a base cremosa é a ideal. Mesmo que o acabamento seja opaco, você pode finalizar com um pó translúcido na região da zona T para que a maquiagem dure mais.

Se você tem a pele seca e quer um efeito natural, a base fluida é a melhor opção, com vários benefícios.

Ela vai tratar a sua pele e cobrir as imperfeições. Possui ativos anti-aging, ou até os hidratantes são ótimos. Para um efeito iluminado, você deve usar a base líquida. Evite o ressecamento espalhando bem a base com uma esponja umedecida em água termal. Para um efeito opaco, use a base musse.

Se você tem problemas com hidratação natural, vai precisar de versão úmidas, com uma textura em musse, com acabamento em pó. Para uma alta cobertura, escolha uma base em alta definição. As bases de cobertura HD são ótimas e você não vai precisar de pó para evitar os vincos de expressão.

Base líquido: ela é ótima para peles secas e que já estão mais madura, pois oferecem uma boa cobertura. Ela é mais fácil de aplicar e não espalha com facilidade. Se você tem uma pele poleosa, deve procurar uma versão oilfree, ou alguma que tenha uma textura mais aquosa ou que tenha efeito mate.

Base mousse: com uma cobertura de efeito mais natural, ela é mais fácil de ser aplicada e tem uma textura mais seca. É uma ótima opção para quem tem uma pele mista e para quem está procurando praticidade.

Base cremosa: ela tem uma textura mais densa, é uma boa opção para quem quer uma maior cobertura. Ela é mais hidratante, ela é mais pesada para quem tem uma pele oleosa.

Base em pó: ela é geralmente uma versão que tem fórmula mineral, ótima para quem tem peles oleosas. Além de não ter uma textura que seja pegajosa, ainda absorve a oleosidade natural. Isso evita que tenha um brilho excessivo na sua pele ao longo do dia.

Teste a base diretamente na região do seu maxilar. Segundo os especialistas da área, essa é a região que possui uma maior fidelidade ao tom natural da sua pele. Se você estiver bronzeada, é a área que vai estar menos comprometida com o seu bronze. Uma boa opção é testar o seu produto no antebraço, pois é a parte do corpo que é menos exposta ao sol.

Você deve esperar um tempo para poder ver a real cor do produto na sua pele. É aquela dica que equivale ao perfume, você precisa aplicar o produto e dar uma voltinha para ver como ele fica com o passar do tempo, certo?

Então, dessa forma é que você vai conseguir ao aroma mais real dele possível. Isso serve para a base também, mas nesse caso você vai precisar esperar para ver se ela realmente se adapta a sua pele. Esperar 5 minutos já está bom para ver como é a absorção do produto e dos seus pigmentos.

Descubra a cor de fundo da sua própria pele. Saber disso traz uma grande ajuda na hora de você comprar. As marcas costumam dividir o seus produtos de base em três fundos: o neutro, o quente e o frio.

A grande dica aqui é saber qual é o seu fundo, tente observar o tom que as suas veias aparecem na sua pele. Se as suas veias forem mais esverdeadas, então o seu fundo é quente. Se elas forem mais azuis ou que puxam para o lilás, isso quer dizer que a sua pele é mais fria. Mas se os tons se misturam, então é melhor que você escolha uma base de fundo neutro, pois vai ficar melhor em você.

Não tenha preguiça na hora de testar todos os tons de base.

Sei que existem vários tons disponíveis no mercado, mas a diferença entre um e o outro pode até ser pequena, mas ela é importante. Você deve escolher entre três ou quatro opções que aparentemente se aproximem do seu tom natural e vai testando um por um.

Se você puder, experimente um de cada lado do rosto e dos braços. O que ficar menos aparente e sumir na sua pele, é o ideal para você. A melhor coisa é estar linda sem parecer que está maquiada, não é mesmo:

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: