A Importância do Passado no amor

A Importância do Passado no amor
Avalie esse artigo

Alguns homens acham difícil se envolver no relacionamento, as vezes é devido a má vontade ou o desejo de sempre ter uma espécie de “liberdade”. De fato, as razões para essa distância são todas outras e não são devido ao seu companheiro, pelo menos não diretamente.

Se você conhece um mínimo sobre os homens, você sabe que os eles não nascem sendo “sem coração”, existem razões que podem explicar seu comportamento e o fato de que eles não estão inclinados a querer ir mais longe ou a não expressar seus sentimentos como você deseja.

E precisamente o amor passado é muitas vezes esquecido quando tentamos explicar o comportamento dos homens, e também das mulheres. Muitas pessoas não percebem que este último tem uma influência considerável nas decisões que são tomadas hoje.

O que pode ter acontecido há alguns anos tem consequências sobre como seu homem percebe a vida amorosa. Podemos nos curar de um passado doloroso? Ter um casal saudável é possível com esse tipo de homem? Estas são questões que merecem esclarecimentos e não é uma curiosidade descabida, mas sim o desejo de construir uma história sólida.

O papel do passado para explicar o comportamento amoroso dos homens

Todos os erros, ou melhor, todas as atitudes que um homem pode ter não são inatas. Seja seu problema de compromisso, sua falta de autoconfiança, as dúvidas que ele possa ter para o futuro, tudo isso pode ser explicado pelos eventos da vida e pelo que ele aprendeu quando mais jovem. Para explicar melhor o amor passado dos homens, devemos distinguir esses elementos que mais contribuíram.

Todo mundo já sofreu no amor

É óbvio que a primeira coisa a se referir é as experiências que seu homem experimentou. As sérias histórias de amor que ele teve são de suma importância para entender sua atitude hoje. Positivo ou negativo, eles deixaram uma marca em sua mente.

Um homem amoroso que tenha sido enganado, mesmo que essa traição tenha ocorrido há vários anos, tenderá a confiar menos, ser mais atento às suas ações e suspeitar, pelo menos pela primeira vez. Às vezes é uma concha que será criada depois de ser desapontado por um caso de amor, então ele não quer reviver isso. Um homem que já tenha se divorciado também estará menos propenso a querer voltar a envolver-se para não cair de novo nesse procedimento e evitar sofrer uma segunda vez.

O personagem de um homem é construído muito cedo

É desde a infância que nos construímos, não só fisicamente, mas também no modo como nos comportamos. Alguém que é tímido aos 30 anos quase inevitavelmente era aos 10 anos também. Todas essas consequências não são necessariamente visíveis, elas são inconscientes, seu homem pode nem perceber.

O que vivemos nestes primeiros anos ou nos momentos importantes deixam vestígios e mesmo se pensamos que a sua influência já não é sentida como certos reflexos, palavras ou comportamentos ressurgem, mas não só no lado negativo. O papel dos pais é importante na visão que o seu companheiro terá de amor.

No entanto, se você cometer erros, você não deve se arrepender no passado. Ele também tem idade suficiente para tomar decisões e diferenciar o certo do errado. Assim, se ele é constantemente infiel, ele não pode afirmar continuamente que são seus pais e o padrão familiar em que ele evoluiu que o levam a agir dessa maneira.

 As preocupações geradas por um passado doloroso

Se o passado permite que um homem aprenda com seus erros e se torne um parceiro melhor, é perfeitamente legítimo dizer que é uma coisa excelente e que, nesse caso, a experiência é favorável a você. No entanto, isso está longe de ser sempre o caso.

O principal problema relacionado ao passado doloroso dos homens, é, sem dúvidas, quando ele faz você pagar a experiência ruim que ele experimentou com outra, ele transfere seus medos para seu casal, que não pode continuar. Ele se prende em suas memórias dolorosas e não se dá a oportunidade de finalmente viver uma bela história em sua companhia.

É difícil culpá-lo porque você provavelmente faria o mesmo por ele, mas apesar do fato de que isso é compreensível, você também pensa em si mesma e quer viver uma história de amor em que reina a confiança. Não é incomum que em tais situações a quebra seja a solução a se adotar. Isso não é egoísmo, você também tem o direito à felicidade. No entanto, você ainda pode implementar ações para superar esse passado problemático e construir uma história sólida novamente.

Um passado sentimental desagradável não impede uma vida conjugal feliz

Muitas mulheres tendem a desistir ou escolher a direção errada, o que eu posso entender completamente, já que a dor é forte quando confrontada com esse tipo de situação. Seu comportamento é explicado no passado, mas seu homem não está condenado a estar sempre deprimido e nunca sorrir de novo.

Pelo contrário, conhecer um teste pode criar um certo choque e forçá-lo a tomar outras iniciativas para viver uma história diferente. Alguns homens encontram a mulher da sua vida após um divórcio ou uma infidelidade. Nem tudo está perdido se o seu companheiro tiver problemas para esquecer uma dolorosa história de amor. Embora ele possa sofrer com isso, você não deve deixar tudo passar, ele não deve usá-lo como uma desculpa.

Você é uma pessoa diferente e ser compreensiva não significa aceitar tudo e agir como se nada o afetasse, pois nesse caso, é você quem sofrerá com essa situação e não será benéfico para você ou para ele. É essencial fazer um trabalho duplo para saber como reagir e o que fazer quando ele explicar o que sente.

Mas será necessário, além disso, que ele deseje evoluir do seu lado para superar este problema. Seu homem também deve estar envolvido e motivado por esse trabalho em si mesmo. Antes de tudo, você deve ter uma ideia clara do que é aceitável ou não em um relacionamento, conhecer todos os tipos de homens, mas também ter uma boa interpretação da atitude masculina em geral, para respondê-lo em uma linguagem e um modo de comunicação que ele entenderá.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: