Aprenda a lidar com seus ciúmes

Aprenda a lidar com seus ciúmes
Avalie esse artigo

Todo mundo com certeza já passou por experiências das mais diversas em um relacionamento. E essas experiências podem ser entendidas como boas ou más, a depender do momento de sua vida e das circunstâncias pelas quais elas aconteceram.

Você pode pensar que o seu namoro é imune a qualquer mal, e isso é uma verdade particularmente comum se o namoro está no começo. Isso porque, como todos já devem ter dito a você, o começo são só flores.

Tudo é muito bonito, muito certo, muito sentimento no começo do relacionamento. Mas já no começo do namoro existem males que, se não forem devidamente consertados pelo casal, poderão fazer com que o relacionamento se torne uma história triste e trágica.

Um dos principais vilões de todo e qualquer relacionamento é o ciúme. Por causa dele muitas pessoas têm passado por maus bocados e tido experiências de muita frustração e sofrimento.

Ver também: Apenas mais uma crise ou o amor acabou?

Ao lado de questões financeiras e traição, o ciúme está no topo dos problemas que levam um casal, seja de namorados, noivos ou marido e mulher a acabar com a relação, independente de quanto tempo se levou para construí-la.

Pode ser que você esteja nessa situação, sem saber para onde seu relacionamento poderá ser direcionado enquanto o ciúme imperar no relacionamento de vocês. E quando o ciúme parte da gente é perticularmente mais doloroso do que quando a via é contrária.

Isso se dá porque a maioria das pessoas que sentem ciúmes de seus namorados são pessoas verdadeiras e sinceras, que têm um sentimento real, mas muitas vezes não conseguem demonstrar ele da melhor forma. No final isso acaba por afastar o namorado. Sei que não é isso que você quer pro seu relacionamento, principalmente se você sabe que ele é a pessoa certa.

É por isso que hoje separamos algumas dicas para você que deseja deixar de ser uma pessoa ciumenta. Talvez o ciúme já tenha feito estragos e você sabe que precisa mudar, ou será o fim do relacionamento. Por isso mesmo que você deve aprender formas de lidar com o ciúme. Vamos lá?

O passado tem lições valiosas

Fazemos e reconhecemos as falhas do passado para não voltar a cometê-las, nem agora, nem no futuro, por isso se o fato de ser ciumenta já vem de épocas passadas, está na hora de cabar com eles.

Se os ciúmes já trouxeram problemas para uma antiga relação, corres-e o risco disso acontecer novamente. Será que esses ataques de ciúmes não estarão na base de uma vida amorosa  problemática? Ninguém deseja viver um relacionamento assim, até porque não resolve nada para ambos os lados.

Nada de fazer ceninhas

Quem é ciumenta tem a tendência de querer manipular a realidade, ou seja, um pequeno gesto ou frase é o suficiente para despertar os ciúmes mais doentios e loucos o que, por sua vez, desencadeia toda uma história novelística na sua cabeça.

É importante não permitir que a sua imaginação ajude a criar e fortalecer os ciúmes de uma coisa que pode nem ser verdadeira. As pessoas mais enciumadas precisam  aprender a diferenciar o real do fictício, simplesmente porque nem tudo o que parece realmente é.

Acabe com os exageros

Depois de passar aquele “filme”, os mais ciumentos tende, a passar para a ação, que consiste em discussões, apontar erros, vitimizações, agressões verbais e até físicas acabam por fazer parte de um ataque ciumento.

É importante pensar sempre duas vezes (ou mais) antes de reagir a toda e qualquerqualquer provocação, no caso dos ciúmes, pense três. Será que vale realmente a pena?

Você talvez precise de uma segunda opinião

Na verdade nem todas as pessoas sabem realmente lidar bem com os ciúmes, principalmente porque essa é uma emoção que faz parte da natureza de todo ser humano.

Se é o seu caso,  em vez de fazer dramas chorosos e lamentáveis (dos quais com certeza se vai arrepender logo depois que a poeira baixar) procure um amigo leal para desabafar as suas tristezas e preocupações.

É sempre importante e saudável ter a opinião de uma pessoa neutra, dessa forma, convide esse amiga para sair com você e como um observador. Assim há mais chances de você ter uma opinião mais justa se está sendo uma mulher ciumenta ou não há ou não motivos para ciúmes. Ela poderá dizer se você lidou bem ou mal com a situação.

Tenha mais respeito por você mesma

Aquelas que sofrem sempre com ciúmes costumam sentir-se com baixa autoestima e confiança em si mesmos porque, ao  se ver ameaçada com a possível perda do companheiro, culpando-se a si e fazendo surgir uma série de ataques contra si mesmas, como que procurando em seus defeitos físicos o motivo do esframento da relação.

Esse tipo de negatividade é uma fagulha poderosa para manter o comportamento ciumento. Assim sendo,  é muito importante respeitar-se e fazer-se respeitar. Alguém que está perfeitamente seguro quem é, não se sentirá ameaçado por nada. Faça o que for necessário para sentir-se sempre bem na sua pele.

Conversas a dois

A confiança mútua e a comunicação constante representam o fundamento de qualquer relação a dois e quando o primeiro é colocado em cheque, é preciso fazer uso do segundo, e isso o mais rápido possível.

Em vez de fazer uma cena de ciúmes em frente aos amigos dele ou acabar aquela uma noite perfeita faça o seguinte: quando estiver voltando sozinha com ele, respire fundo, analise a situação neutra e friamente e só depois é que deve  procurar conversar com o seu par. Sim, conversar e não confrontar ou gritar.

Essa conversa será um momento muito importante, por isso, não deixe nada que te impeça de ser verdadeira reinar, nem adie demais uma conversa necessária como essa, pois seu relacionamento pode depender dela.

Fale de forma aberta sobre aquilo que te  incomodou e de como se sentiu com toda a situação da forma mais sóbria possível. Certamente ele perceberá que afinal não foi tão terrível e que não voltará a acontecer isso novamente.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: