Aprenda a maquiagem  com esfumado diagonal

Aprenda a maquiagem  com esfumado diagonal
Avalie esse artigo

 

A maquiagem nos proporciona diversos caminhos a seguir. Com ela podemos usar e abusar da criatividade e montar um look de acordo com o evento e principalmente com nosso estado de espírito.

Sombras brilhosas, opacas, cílios postiço, cílios sem nada, delineado poderoso, esfumado simples, boca metalizada, pele iluminada. São tantas as maneiras de brincar com a maquiagem que a gente até fica perdida.

Uma das técnicas que tem feito muito sucesso é o esfumado diagonal, que apesar de parecer difícil, só é preciso treinar. O resultado é um acabamento e esfumado perfeito, com a pegada geométrica deixando o olhar ainda mais intenso. Com muita prática eu tenho certeza que esse vai ser seu estilo preferido para arrasar em uma festa.

Ver também: Truques para mulheres que gostam de uma maquiagem bem natural

Outro modo de fazer o esfumado diagonal que já é conhecido por todos, é colando uma fita adesiva do final dos cílios inferiores ao final da sobrancelha. Se você não tivr habilidade as duas maquiagens podem ser feitas com a fita, mas tente treinar sem, pois os esfumados ficam na diagonal de uma forma muito mais sútil e bonita que usando a fita.

Antes de começar qualquer uma das opções, vale lembrar que a pele deve estar higienizada, com sabonete específico para sua pele e um tônico para retirar as impurezas mais profundas e depois hidratadas. Escolha fazer o olho primeiro e depois a preparação da pele, essa maquiagem pode sujar um pouco principalmente em quem não tem muita prática ainda.

Vamos ensinar três técnicas pra você escolher a que mais gostou e se divertir

Opção 1:

Essa primeira maquiagem é pra quem não abre mão do estilo discreto e natural, mas que também quer fazer parte da tendência desse esfumado.

Com uma sombra quente marrom escura opaca e um pincel fino e firme, faça um triângulo no canto do olho. Comece aplicando a sombra no canto externo da pálpebra móvel, leve até a metade da pálpebra e depois suba uma linha em direção ao final da sobrancelha terminando essa linha quando ela chegar na altura do côncavo.

Depois de desenhar esse risco e triângulo no canto externo – o formato é parecido com um delineador gatinho começando do meio da pálpebra e um pouco mais grosso – pegue um pincel de esfumar pegue uma sombra marrom bem clara e também opaca e esfume as bordas do traço feito com a sombra escura. Esse esfumado com o marrom claro chega quase até o canto interno da pálpebra móvel, começando bem fino e engrossando na medida em que chegamos ao côncavo.

Com um pincel lápis

Faça um traço com sombra preta rente aos cílios superiores para que o traço não ultrapasse o esfumado que você acabou de fazer. A ponta do triângulo desse traço deve parar antes de chegar ao traço marrom escuro. Esfume as bordas do risco preto com cuidado para que os movimentos não sejam bruscos e invadam os tons de marrons.

Vale lembrar que nenhuma nova cor sobrepõe a outra. Coloque um pouco da sombra marrom no pincel e esfume somente as bordas da sombra preta. Todas as cores e esfumados vão aparecer e vão estar na diagonal, pois a sombra sempre será depositada e esfumada fazendo essa direção.

Finalize com uma sombra bege também opaca bem clara no canto interno e na parte que a pálpebra móvel ficou sem sombra. Passe o marrom escuro na parte externa da linha d’água.

Com um pincel com corretivo, faça o traço um pouco abaixo do final da linha d’água em direção a sobrancelha para deixar o traço da sombra mais evidente e limpar qualquer borrado que tenha ficado.

Finalize com um batom da sua preferencia, essa é uma maquiagem que pode facilmente ser encaixada no dia a dia, pois é bem neutra e discreta.

Opção 2:

Essa maquiagem é própria para quem quiser arrasar na festa e balada da noite. Se você treinar bastante o resultado é de uma make com acabamento profissional.

Com uma sombra marrom médio opaca, faça um traço na diagonal da metade da pálpebra móvel até chegar ao osso do côncavo, não ultrapasse. Preencha esse traço com a sombra marrom médio e vai esfumando em movimentos vai e vem e circulares levando a sombra, já sem muita intensidade pelo esfumado, para cima do côncavo, quase chegando à sobrancelha.

Com uma sombra marrom escura, faça mais um traço como o primeiro, mas esse traço será menos e ficará dentro de onde o marrom médio foi esfumando, a sombra escura não pode exceder os limites da clara.

O traço da pálpebra móvel começa depois da metade da pálpebra móvel e até o canto externo sem subir no osso do côncavo e sem ultrapassar qualquer parte do marrom médio. Esfume da mesma maneira, com movimentos vai e vem e circulares nunca ultrapassando as bordas do primeiro esfumado.

Agora faça outro triângulo, sem ultrapassar o marrom escuro, ou seja, o traço será ainda menor que o último, com sombra preta. Vai ser praticamente um delineado com sombra pegando praticamente só o canto externo da pálpebra móvel. Esfume a sombra com os mesmos movimentos. Vale lembrar que o pincel deve estar sempre na diagonal na hora de estumar todas as sombras.

Aplique uma sombra bege clara no canto interno da pálpebra móvel. Como todas as sombras até agora foram traçadas na diagonal, a sombra perto do canto interno também terá essa direção.

Faça um delineado com a sombra marrom escura sem ultrapassar muito a linha d’agua. Depois pegue a sombra preta e passe abaixo do marrom, esfume bem e encontre o delineado debaixo com o final da sombra do canto externo da pálpebra móvel. Misture um fixador de sombras com algum pigmento ou glitter dourado escura, quase na cor cobre e aplique no centro da pálpebra. O brilho vai acentuar as nuances e o formato do esfumado.

Finalize limpando todas as manchas e partes borradas com um pincel com base e corretivo, faça sempre na direção do final delineado da linha d’água à sobrancelha. Coloque cílios postiços e passe rímel nos cílios superiores e inferiores.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: