Aprenda a recomeçar seu relacionamento após reconquistar seu ex

Aprenda a recomeçar seu relacionamento após reconquistar seu ex
Avalie esse artigo

Quando um relacionamento amoroso termina, nem sempre é de comum acordo. Não importa se o motivo foi  traição ou mesmo ciúme excessivo. Um das partes sempre ficará com uma maior sensação de perda, sentindo-se abandonada.

Apesar dos incentivos de amigos e terapeutas, nem sempre é fácil olhar para frente e imaginar a vida sem a pessoa que acabou de ir embora.  Reconquistar o ex passa a ser uma ideia fixa, mas será que isso pode dar certo?

Reconquistar o ex é possível, desde que se faça um exercício de aprendizado prévio após a ruptura, na tentativa de entender quais foram os motivos do afastamento.

É possível a volta encontrando uma nova dinâmica para a vida do casal. Identificar o porquê aquele relacionamento parou de funcionar é fundamental.

A maioria das pessoas que termina um relacionamento se encontra diante de duas opções: passar um período sozinho, buscando se reencontrar como pessoa ou sair por aí ficando com as primeiras pessoas que lhe aparecem. Infelizmente, a segunda opção ocorre com mais frequência.

E todos aqueles que passaram pelo fim de uma relação e escolheram ficar sozinhos, resta a dúvida “quando estarei pronto para amar novamente?”. Não é uma pergunta fácil de ser respondida.

Portanto, o objetivo deste artigo é mostrar alguns caminhos para que você chegue a algumas respostas.

Ver também: Você conquistou o homem dos seus sonhos mais ele não é o que você esperava, o que fazer?

Quarentena antes de reconquistar o ex

Um dos erros mais comuns de quem pretende reconquistar um amor é não deixá-lo em paz até conseguir convencê-lo de que o término foi um erro.

De acordo com especialistas em relacionamento, quem saiu da relação, mesmo quem decidiu pelo fim, está machucado e sofrendo e a última coisa que gostaria naquele momento é de se confrontar com  a causa daquela dor.

20 dias é o período médio que uma pessoa leva para superar e esquecer uma experiência traumática.  Após o término da relação, é preciso fazer o que ele chama de ‘quarentena’.

Não enviar mensagens de texto por celular, não ligar e evitar encontrar o parceiro que terminou a relação é fundamental ao sucesso de quem pretende reconquistar o ex.

A mulher precisa mostrar para o ex  que sabe aproveitar esse tempo sozinha e deixar claro que, não importa onde ele esteja, a vida segue com hobbies, amigos e aspirações, que têm precedência sobre ele.

Neste período de afastamento o ideal é praticar esportes, estudar, se dedicar mais ao trabalho. O importante é usar esse tempo para a reflexão. Para reconquistar um amor com eficácia, convém estar segura de si mesma e não enxergar o relacionamento como a solução de todos os problemas.

Primeiro é preciso apreciar a própria vida, aprender a ser feliz sozinho para entrar no relacionamento a dois sem tantas carências e com mais preparado. Respeitar o período de afastamento, aliás, pode até mostrar que reconquistar o ex não é mais a melhor ideia.

Como recomeçar

O começo

Por mais que muitas pessoas não gostem de admitir, quase 90% dos relacionamentos possui um ciclo: começo, meio e fim. Acontece que muita gente ainda idealiza o ciclo excluindo o “fim” e colocando em seu lugar o “felizes para sempre”.

Claro que todos nós gostaríamos que nossos relacionamentos durassem para toda a vida, ainda mais quando ele parece ser a melhor coisa que já nos aconteceu.

Mas o problema das idealizações é que ela faz com que pensemos sempre num futuro muito distante e nos esqueçamos do presente. E aí mora o perigo. O começo é sempre lindo, mas mantenha sempre seus pés no chão.

O meio

No meio surgem os problemas que, se não forem contornados da maneira correta, podem levar às mais diversas DR’s e discussões. O tempo de relação, a rotina, os problemas e a acomodação fazem desse meio uma das fases mais temidas, pois é o tudo ou nada.

Mas não encare como grande coisa. Aprenda a lidar com os problemas e não responsabilize o outro pela sua felicidade.

O fim da relação

Se não houver mais jeito, ele acontece. O fim pode ser um doloroso, pode ser amigável, pode ser revoltante. Mas nunca é legal. A não ser que a pessoa que estivesse com você tenha lhe tratado como lixo, aí o fim é merecido.

É normal e necessário passar por um período de luto onde você fica só por um tempo, pensa bastante sobre tudo, curte a solidão de modo saudável, chora todas as noites.

Afinal, a pessoa fez parte da sua vida. Estranho seria se você encarasse tudo normalmente. O mundo e a vida não pararam só porque seu relacionamento acabou, e nem você deveria parar.

O recomeço de um novo amor

Como recomeçar? É possível? Sim, é. Como num tombo de bicicleta, términos de namoro às vezes são bem dolorosos, ainda mais quando ambos se amam.

Mas aí nos levantamos, com o joelho sangrando e ralado, passamos merthiolate e esperamos a ferida formar aquela casquinha e cicatrizar. Como toda criança, não é um tombo de que irá fazer com que ela nunca mais ande de bicicleta.

E é assim no amor também. Muitas pessoas tem medo do recomeço, pois não querem se decepcionar ou se machucar novamente. Mas existe um lado bom e todo recomeçar.

Ficamos mais maduros, mais cientes dos nossos defeitos, mais conscientes daquilo que esperamos num relacionamento, ganhamos mais amorpróprio e nos recusamos a aceitar qualquer um.

Não que nos tornemos arrogantes, pelo contrário. Ficamos mais donos de nós mesmos. Recomeçar dá medo sim, reconheço. E isso deve ser feito de forma gradativa.

Sair aos poucos de casa, preencher seu tempo com atividades ou cursos que você gostaria de fazer, investir numa viagem para melhorar o idioma. Porque antes de procurar o amor nos olhos de outra pessoa, devemos encontra-lo dentro de nós mesmos.

Por isso ame-se muito! E lembre-se de não generalizar. Não é porque seu parceiro(a) era mentiroso ou infiel que todos os outros serão assim.

E não se esqueça de aproveitar todas as oportunidades diferentes que surgirem. Além de abrir sua mente para novas visões de vida, quem sabe numa dessas você conhece aquela pessoa que provoca cócegas no coração…

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: