APRENDA A TERMINAR RELACIONAMENTO DO JEITO CERTO

APRENDA A TERMINAR RELACIONAMENTO DO JEITO CERTO
Avalie esse artigo

 

A maioria dos relacionamentos tem um ponto de inicio e um final, muitas vezes esse final acaba trazendo coisas ruins, principalmente quando terminam da pior forma possível. Em um dia vocês estão extremamente felizes, fazendo todo tipo de coisa comum entre um casal: andando de mãos dadas, curtindo cada momento em que passam juntos, compartilhando pensamentos, experiências e sonhos, e de repente, tudo acaba.

Os sonhos, planos e projetos desparecem da noite para o dia, aquela pessoa que você pensa que estaria com você “na alegria e na tristeza” não estará mais lá. Por isso, terminar um relacionamento nunca é uma tarefa fácil para nenhum dos dois, mas é especialmente árdua para aquele que será o portador da grande decisão de por um fim na relação e, consequentemente, o “culpado” por ter magoado a outra pessoa.

No entanto, há pessoas que conseguem deixar a situação ainda pior, e acreditem isso é bem possível. As redes sociais estão cada vez mais cheias de memes e/ou relatos de términos de relacionamento desastrosos.

Ver também: Aprenda a reconstruír seu coração partido

Devido a grande adesão as redes sociais e ao avanço da tecnologia e comunicação, os términos acabam adquirindo um alto grau de impessoalidade e até infantilidade, sobretudo para aqueles que não têm coragem de terminar pessoalmente e se limitam a “informar” o termino mudando o status de relacionamento nas redes sociais.

Tal comportamento apenas denigre a imagem daquele que terminou o relacionamento, além de causar grandes danos a outra parte. Para evitar esse tipo de atitude, vejam algumas dicas de como terminar um relacionamento do jeito certo:

Sinceridade sempre é bem-vinda

Conversar com o seu parceiro é a melhor forma para expor os motivos que levaram a decisão de terminar o relacionamento. Agir dessa forma demonstra a consideração e o respeito que foram construídos durante a relação não foram perdidos da “noite para manhã”, ainda que não haja mais o sentimento que os unia.

A ausência de discussão e limitar-se a ditar a sentença do término pode abrir espaço para mal-entendidos e consequentemente a distorção e mágoas, pois não haveria esclarecimento algum.        Proporcionar um momento para a discussão, e não briga, sobre o término, ainda permite que haja o fechamento de um ciclo na relação sem nada pendente entre ambos.

Encare o termino pessoalmente

Utilizar redes sociais para comunicar o fim do relacionamento não é uma atitude bem vista por ninguém, agindo dessa forma, além de mostrar covardia ainda deixa clara a falta de consideração que se tem pela outra pessoa e pelo tempo que passaram juntos.

Por isso, opte por uma conversa pessoalmente, independentemente da reação dela, ela saberá que foi tratada com respeito. Claro que não se aplica a todas as relações, se a relação estiver em um momento de extrema agressividade e/ou animosidade por parte do casal, terminar pessoalmente pode gerar conflitos e a situação pode chegar a perder o controle.

Assim, poderá optar por outra forma de comunicação, mas que permita a outra pessoa refletir sobre se deve responder ou não, ou seja, evite redes sociais de mensagem instantânea.

Ouça e seja ouvido

Durante a conversa do término é importante ouvir o que o outro tem a expor sobre a situação e também ser ouvido. Interromper a fala do outro para mostrar um argumento impede que os motivos sejam expostos com clareza e consequentemente, gera conflito entre ambos. Demonstre maturidade e permita que a conversa flua para que seja enriquecedora para o até então casal. Procure não julgar. 

Controle o temperamento

Controle as suas emoções o máximo possível, assim como evite exaltar-se e gritar e fazer comentários ferrenhos apenas para defender o seu ponto de vista, independentemente do quão ruim esteja a conversa.

Não adianta se aferrar a argumentos baseados em coisas são alheias a vontade e/ou controle da pessoa para critica-la. Esse tipo de atitude não só piora a situação como pode causar sérios danos ao outro.

Prefira adotar uma postura objetiva e sincera, concentre-se nos fatos que levaram ao término e não nos defeitos da outra pessoa. Seu objetivo é terminar um relacionamento sem causar maiores danos.

Local e momento são essenciais

A escolha do ambiente e momentos ideais pode contribuir para o desenvolvimento da conversa. Ambientes tranquilos neutros podem evitar o excesso de exposição de ambos. Por isso, escolha lugares públicos, porém discretos.

Assim, não haverá momentos de raiva ou drama exacerbados, que pioram qualquer tipo de tentativa de término e/ou a tentativa de que um dos dois tente fazer o outro mudar de ideia.

Quanto ao momento ideal, escolha um em que a pessoa esteja bem emocionalmente e não tenha algum compromisso posterior ao término, primeiro porque ela estará disposta a escutar e falar de forma tranquila e segundo porque assim ela poderá digerir o fim do relacionamento com tempo.

Não adie o término

Continuar o relacionamento por pena da outra pessoa e deixar o tempo de infelicidade perdurar apenas causará sofrimento para o casal. Quando os sentimentos que fundavam e norteavam a relação deixam de existir a mudança no comportamento é inevitável.

A perspectiva de terminar logo com aquilo que o está incomodando provoca insatisfação e consequentemente a impaciência com o outro aumenta, assim como as mentiras e/ou desculpas para não estar ao lado do parceiro só aumentam e magoam o outro. Pense nisso: se o fim do relacionamento chegou, adiar o momento de terminar só servirá para que o outro se sinta usado ou enganado.

Término é término: afaste-se!

Manter contato apenas irá dar esperanças para o outro e aumentará o sofrimento dos dois. Quem foi dispensada precisa aceitar que o relacionamento acabou e seguir em frente. Ficar ancorado na relação passada não contribui para que haja a superação dessa fase, assim como gera ainda mais ressentimento.

Dessa forma, distanciar-se pode proporcionar mais rápida adaptação de ambos ao retorno à vida de solteiros. Ambos terão que aprender a ficar sozinho e fazerem planos para outro tipo de programa.

Seja discreto

Após um término o ideal é esperar um tempo considerável para entrar em uma nova relação, assim como assumi-la em redes sociais. Preservar um pouco o “ex” é uma questão ética e de respeito, pois ao assumir publicamente o novo relacionamento rapidamente pode provocar que o antigo parceiro se sinta humilhado ou ofendido.

Aqui o velho ditado é mais do que bem-vindo “não faça com os demais aquilo que não gostaria que fizessem com você”. Atenção, com isso não queremos dizer que você terá que esconder o novo relacionamento para sempre, o exagero também não é bem visto nesse momento.

Por fim, esperamos que essas dicas te ajudem no momento de terminar o relacionamento. Tenha em mente que você está colocando fim em uma relação em que ambos passaram por muita coisa juntos, então, se as suas atitudes forem baseadas no respeito pela outra pessoa e pela relação que vocês tiveram, não há como cometer erros no término. Boa sorte!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: