Aprenda alguns macetes para usar melhor a máscara de cílios

Aprenda alguns macetes para usar melhor a máscara de cílios
Avalie esse artigo

Ao caracterizar a região dos olhos, evidenciamos contornos e feições, além da capacidade de adicionarmos cores ao olhar. Assim, os sentimentos transmitidos naturalmente por intermédio do olhar são evidenciados e ganham mais vigor.

Na constituição desse olhar mais rico, os cílios ocupam um papel bastante fundamental, uma vez que são responsáveis por fazer um olhar mais aberto e absorvente. Por causa disso, a máscara de cílios é um artigo bastante amado entre as mulheres.

No entanto, com a excepcional diversidade de produtos disponíveis no mercado, é difícil obter a máscara deslumbrante para você. Além do mais, a região dos olhos é muito delicado e merece uma atenção especial no momento de adotar os produtos que serão aplicados nela.

Ver também: Aprenda a fazer maquiagem de diva poderosa

Confira a seguir dicas para selecionar a máscara exemplar para você, cuidar dos seus cílios de maneira correta, além de truques para adaptar, afastar e reinventar o consumo da sua máscara de cílios: Saiba quais afazeres contribuem para a saúde e a durabilidade dos seus cílios, além de dicas básicas para aprimorar a aplicação e o resultado da máscara.

Dicas essenciais

Hidrate os cílios: preservar os cílios hidratados é o primeiro passo para deixá-los mais fortes e bonitos. A orientação é investir em óleos nutritivos (óleo de azeitona, de rícino, de argan) para hidratar e deixar os fios mais grossos e fortes.

Evite exagero de produto no aplicador: antes de adaptar a máscara retire o exagero de produto do aplicador. Isto é fundamental para evitar o concentração de máscara na raiz, a formação de bolinhas no decorrer dos cílios e que os fios grudem uns nos demais. Você pode remover o exagero na própria embalagem ou também usar um lenço de papel.

Não pisque nos primeiros 5 segundos depois da aplicação: para prevenir borrões tanto na parte superior e inferior é agradável não piscar por 5 segundos depois da aplicação.

O empenho é simples, porém pode evitar uma dor de cabeça maior que seria limpar as manchas geradas pelo piscar dos olhos e consertar a maquiagem do local denegrido.

Deixe o à prova d’água para ocasiões especiais: a máscara de cílios à prova d’água, como todos sabem, é mais complicado de ser removida e várias vezes, ao experimentar removê-la, os cílios quebram e acabam caindo. Por essa razão, aconselha-se utilizar este tipo de máscara somente em ocasiões mais especiais.

Caso o rímel comum não mantenha seus cílios curvados e com volume ou você sinta necessidade de utilizar um rímel de fixação mais afiado todos os dias a orientação é adaptar uma camada de máscara comum antes da camada do à prova d’água, dessa maneira a retirada é facilitada e seus cílios continuam curvados, livres de borrões e com pouco brecha de quebra.

Curvex sempre antes: é fundamental usar o curvex toda vez antes de adaptar a máscara de cílios, uma vez que curvar os cílios após adaptar o rímel, além de borrar o seu curvex, amplifica a capacidade de quebra dos fios e que os cílios permaneçam ligados uns aos outros.

Caso você opte curvar seus cílios depois da aplicação da máscara de cílios, a orientação é aguardar que ela seque para dessa forma usar o curvex.

Mantenha o curvex limpo e seco: uma outra orientação fundamental com correlação ao curvex é deixá-lo constantemente aberto e seco antes de usá-lo. Seco, uma vez que o perigo de borrar e arruinar a sua make é grande se o curvex estiver molhado, e higienizado para que a borracha não transfira nenhum detrito ou germe para os seus olhos.

De novo, a região dos olhos necessita de afazeres dobrados por ser muito delicado, por causa disso o curvex higienizado é fundamental para evitar qualquer perigo de irritação ou contaminação.

Não use produtos fora do tempo de utilidade: uma máscara de cílios dura mais ou menos 6 meses. É necessário se refletir ao prazo de utilidade em virtude de à delicadeza da região dos olhos. Além de não adquirir o resultado aguardado, máscara de cílios invalidada pode resultar problemas à saúde dos olhos.

A máscara é o último passo da make do olho: parece óbvio, porém é constantemente bom advertir que os cílios precisam ser curvados e acolher a máscara depois que toda a maquiagem do olho estiver finalizada, uma vez que com os cílioscurvados a aplicação de outros produtos para os olhos (sombra, lápis e delineador) se torna mais complicado.

Lembre-se de eliminar a máscara: ao fim do dia, é bastante fundamental eliminar por completo a máscara de cílios, do mesmo jeito que toda a maquiagem, uma vez que além da oportunidade de irritação, a não eliminação da máscara enfraquece os fios, aumentando a brecha de quebra e queda.

Para retirar, invista em demaquilantes que não agridam a área dos olhos. Similarmente é possível usar shampoo para bebê (não arde) ou lenços umedecidos, lembrando constantemente de ter atenção e realizar movimentos delicados por se tratar de uma delimitação muito frágil.

Aprenda alguns movimentos e formas de adaptar a máscara de cílios para reforçar seus cílios e enriquecer também mais o seu olhar:

Zig-zag: o primeiro passo é executado com o aplicador na deitado numa continuação de vai-e-vem (esquerda e direita). A finalidade é reforçar o volume dos fios, depositando a máscara na base dos cílios.

Curvatura por fora: este movimento é o mais comum, conhecido e assassinado pelas mulheres. Consiste em adaptar a máscara acompanhando a curvatura natural dos cílios, começando da raiz em caminho às pontas. O resultado criado é de cílios mais curvados e longos.

Curvatura por dentro: este movimento consiste em adaptar a máscara acompanhando a curvatura natural dos cílios, no entanto na parte superior dos fios (próxima à pálpebra). Com este passo, ganha-se uma curva extra e, assim, cílios mais alongados.

Nos cantos: é fundamental permitir uma retocada especial aos cantos externos dos cílios, uma vez que nessa delimitação a máscara possui a finalidade de abrir a linha do olhar. Para evitar borrões, a orientação é adaptar a máscara usando a extremidade do aplicador.

Piscando: um truque para curvar também mais os fios é adaptar a máscara enquanto você pisca voluntariamente. É fundamental que a piscada seja lenta e cuidadosa, para evitar borrões ou qualquer contato da máscara ou do produto com os olhos.

Na vertical: colocar o aplicador na alinhado é o movimento preciso para adaptar a máscara nos cílios inferiores, uma vez que dessa maneira é menos difícil assistir os cantinhos mais complicados e similarmente a chance de borrar a pele é menor.

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: