APRENDA QUE AMOR É UMA COISA QUE NÃO SE PODE MENDIGAR: ELE ACONTECE

APRENDA QUE AMOR É UMA COISA QUE NÃO SE PODE MENDIGAR: ELE ACONTECE
Avalie esse artigo

Nicole Fava

Temos que aprender que o amor parte de nós mesmas e não podemos depender das outras pessoas para sermos felizes. Precisamos nos amar em primeiro lugar para encontrar alguém que nos transborde e não que nos complete. Só nos amando em primeiro lugar é que vamos conseguir nos defender de qualquer um que queira nos atingir.

Não podemos nos deixar levar pelos outros e começarmos a nos rebaixar por qualquer um que não nos dá valor nem a atenção que merecemos. Não é necessário que você mendigue a atenção ou amor dele, pois ele nunca encontrará uma relação que seja realmente honesta e sincera.

Evite entrar naquela história de “amor diferente”, o fim será sempre o mesmo: você vai acabar sofrendo no final. Se você está sempre pedindo por isso é porque sabe que é necessário e importante na sua vida. Por isso, você é quem deve primeiro impor as suas ideias, desejos, escolhas e comportamentos.

Ver também: Como melhorar a relação com os pais do seu namorado

É sempre importante entendermos que é necessário manter uma certa distância emotiva das pessoas que ao invés de nos ajudar a encontrar um equilíbrio mais certo da balança, acaba por desequilibrar a balança afetiva. Além disso, eles ajudam a desigualdade social das relações que mantemos com eles.

O AMOR NÃO DEVE SER MENDIGADO E A FALTA DE ATENÇÃO PODE ACABAR COM OS SENTIMETNOS BONS

O amor não é algo que deve ser mendigado, mas sim que vai acontecendo aos poucos. Se você está mendigando amor, está automaticamente pedindo para alguém algo que não existe, que só marca presença nos nossos desejos e mente.

A resposta que vamos obter ao mendigar o amor, é nos machucar e faltar com respeito a nós mesmas, atrasando o nosso desenvolvimento emocional e não deixando espaço para nos curarmos ou nos livrar da dor pela falta de dignidade.

Se o sentimento de amor é real, sempre vamos cuidar da pessoa que amamos e que vamos querer vê-las sempre bem. Nós entendemos que o sentimento deve ser recíproco e vamos crias situações que levem os outros a serem merecedores de carinho, que ajudem a criar e a estabelecer laços e sentimentos de carinho, originalidade e equilíbrio.

Quanto ao falso amor, cada vez que dermos crédito a ele vamos começar a acreditar que o que sentimos é real, quando na verdade ele não existe. Por fim, vamos acabar acreditando também que não somos merecedores do carinho e da atenção que está nos faltando, e que as relações não precisam ser equilibradas emocionalmente.

VOCÊ PERMITE QUE A PESSOA DEIXE-O INFELIZ

A determinação pessoal é a chave para você lutar contra a indiferença com que estão te tratando. Fora a determinação pessoal, você deve estar munido com o seu amor próprio, autoconhecimento e de todos os seus pensamentos sobre os seus sentimentos, desejos e comportamentos. Tanto dos seus quanto daqueles que te cercam.

A falta de dignidade com nós mesmas nos leva a situações em que vamos sempre buscar por aqueles que não nos merecem, que só nos deixam machucadas emocionalmente.

Entretanto, isso acontece na maioria das vezes porque não sabemos lidar com o luto do “amor não verdadeiro” e acabamos tomando atitudes que são consideradas erradas para sairmos desses sentimentos ruins.

Por exemplo, o luto é uma fase extremante dura e que só conseguimos afirmar que alguma está fora do lugar, mas não conseguimos dizer nem apontar o que está fora, por medo preferimos acabar com os olhos vendados.

Outra atitude que tomamos é deixar a dor que estamos sentindo passar e continuar com as nossas mentes ocupadas para não se lembrar do que aconteceu, tentando deixar o problema ser resolvido da maneira mais natural possível.

Temos também a situação em que nós tentamos simplesmente fugir da dor que sentimos, até que vamos levando a situação até um nível em que não vamos aguentar mais e tudo acaba transbordando da pior maneira.

Para tentar contornar a situação, achamos que lutar contra os nossos próprios sentimentos é a solução mais adequada. Entretanto, quando lutamos contra nós mesmos só aumentamos ainda mais a dor.

Os conselhos sobre “fugir da dor” ou “abraçar a dor” não vão te ajudar pois não irão trazer nada positivo, portanto não haverá nenhum benefício com isso.

Na verdade, o passo mais adequado a ser dado para superar o luto e a dor é entender o porquê ele está ali e o que podemos fazer para atender ele. O luto só veio porque alguém que queríamos que nos amasse e correspondesse aos nossos sentimentos escolheu não fazer isso.

Sendo assim, se queremos acabar com a dor, precisamos achar uma solução para ela. A solução para com essa situação ruim é que devemos aceitar o fato de que se não conseguirmos receber o amor de alguém de uma maneira natural e recíproca, não vamos conseguir de outra maneira.

Para conseguir superar melhor a dor e evitar recaídas, devemos nos afastar da pessoa que nos causou isso. O sofrimento só vai passar quando entendermos tudo o que aconteceu e o que devemos fazer para conseguir superar toda a dor que sentimos. Tudo isso é uma ordem natural do luto pelo o que desejávamos ter e não conseguimos.

COLOQUE-SE EM PRIMEIRO LUGAR: COM AMOR PRÓPRIO E AUTO VALOR É QUE DEVEMOS ALIMENTAR AS NOSSAS RELAÇÕES

É fato que controlar o que cada um sente e o motivo para isso é extremamente complexo, porém todo e qualquer sofrimento tem uma solução. Para conseguirmos mudar, só quando conseguirmos trabalhar o que está nos prendendo a essa relação e à pessoa para quem estamos mendigando alguma forma de receber carinho.

Com isso, sempre devemos ter em mente que devemos nos colocar em primeiro lugar o tempo inteiro e que isso significa que temos que cuidar de nós mesmos. Só assim vamos conseguir analisar com quem nos sentimos confortáveis e bem e com quem não sentimos nada disso.

Quando alguém te ama, sempre vai dar um jeito de demonstrar isso e deixar bem claro para você o que ele está sentindo.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: