As maquiagens anti acne funcionam realmente?

As maquiagens anti acne funcionam realmente?
Avalie esse artigo

Adolescência é uma fase de descobertas, de aprendizado, de hormônios à flor da pele e, infelizmente de MUITA acne. Elas surgem por todo o corpo e rosto e fica difícil de disfarçar enquanto o tratamento não funciona e enquanto essa fase da vida não acaba.

Isso mexe muito com a auto-estima, especialmente das mulheres. Mesmo se valendo da maquiagem para encobrir as imperfeições, sempre acaba ficando uma marquinha ou outra que desestimula continuar a produção.

Pensando nesses problemas, a indústria de cosméticos tem investido de forma maciça em produtos que servem para além da maquiagem, ajudando também no tratamento da pele.

Ver também: Maquiagem para praia e piscina

O que é e como surge a acne

A acne é essencialmente uma inflamação da pele causada pelo excesso de oleosidade. Quanto mais oleosa for a pele, maior a tendência de que surjam acnes no corpo. É, também, um processo que pode estar ligado à mudança hormonal.

Apesar de ser muito comum na adolescência, muitos adultos também têm o problema, que também tem a ver com hábitos de vida e de alimentação. Limpar bem a pele, tonificar e hidratar são importantes para aliviar o problema.

Essas práticas devem ser diárias e cotidianas para, especialmente para as pessoas que utilizam muita maquiagem. Não limpar a pele como se deve ajuda a obstruir os poros, contribuindo para o surgimento das acnes e cravos.

Maquiagem antiacne funciona?

Para os dermatologistas, se o caso não for muito grave a maquiagem pode ser uma solução imediata. Isso porque os produtos com essa característica ajudam a combater a oleosidade.

É comum que esse tipo de maquiagem tenha esfoliantes na fórmula, ajudando na limpeza da pele e, por conseqüência, prevenindo o surgimento de novas acnes. Entretanto, antes de usar qualquer produto que prometa combater a acne é importante consultar um dermatologista, que vai observar caso a caso o tratamento mais indicado.

Vale lembrar que, mesmo a maquiagem sendo boa, é preciso que a pele respire e seja cuidada fazendo limpeza com água todos os dias. Agindo dessa forma com certeza as acnes desaparecerão e você terá uma pele limpa e lisa do jeito que você gosta.

Muitas marcas de cosméticos lançaram em suas linhas maquiagens que prometem trazer beleza e saúde para a pele

Muitas mulheres usam maquiagem não apenas para destacar sua beleza natural, mas também para corrigir pequenas imperfeições da pele, especialmente quando se trata de espinhas e cravos. Por esse motivo, as empresas de produtos cosméticos têm investido cada vez mais em produtos que prometem unir a beleza à saúde da pele, para facilitar o dia a dia das consumidoras.

Mas será que esses produtos são eficazes? Os dermatologistas são unânimes: os cosméticos ajudam muito nos cuidados com a pele, mas não funcionam como um tratamento.

Portanto, se sua pele precisa de uma atenção menor, dá para apostar na make para melhorar o aspecto, levando em conta que não vai eliminar completamente o problema, apenas encobrir. Se você tiver bastante espinha, o ideal é contar com a ajuda de profissionais qualificados, especialmente porque a maquiagem pode inclusive piorar a situação.

Até bem pouco tempo atrás era muito incomum encontrar maquiagens que tivessem em sua fórmula substâncias capazes de auxiliar no cuidado com a pele. Com a ajuda de pesquisas e da tecnologia, hoje é bem mais fácil encontrar produtos capazes de cumprir as duas funções: nos deixar mais bonitas sem esquecer da saúde.

É, também, muito crescente a oferta de artigos naturais de maquiagem que também são indicados para tratar a pele, especialmente no que diz respeito ao controle de oleosidade.

Quem tem pouca acne e não quer fazer tratamento pode apostar na make

Algumas pessoas têm uma acne ou outra mas conseguem controlar o problema utilizando produtos de maquiagem específicos e cuidando da pele no dia a dia, com limpeza e hidratação.

Apesar de eficiente, os tonificantes e demaquilantes não são suficientes, sendo ideal buscar pelo menos uma vez a cada quinze dias uma limpeza de pele mais profunda. Vai auxiliar muito nas regiões oleosas da pele, esfoliando as regiões mais sensíveis.

Para isso ter uma pele limpa e hidratada, basta seguir uma rotina bem simples. Ao acordar, lave o rosto com um sabonete específico para o controle da acne. Os mais indicados são aqueles que possuem ácido salicílico e enxofre.

Um protetor solar em gel é o ideal para evitar o acúmulo de oleosidade e proteger a pele inflamada e sensível da exposição ao sol. Em seguida, utilize a maquiagem anti-acne, que além de não estimular as regiões oleosas ainda vai servir para ajudar a secar as acnes pré existentes.

É bom repetir esse processo ao longo do dia, podendo se fazer uso do lenço umedecido caso esteja fora de casa e não dê para carregar o sabonete. Antes de dormir, não esqueça de fazer uma limpeza um pouco mais profunda, com a ajuda do demaquilante, tonificantes e hidratante. Água micelar também é uma boa opção pra limpar bem o rosto.

Hidratação x Oleosidade

Falamos muito sobre a questão da oleosidade quando o assunto é acne e, para muita gente, um grau de oleosidade é bom para manter a pele jovem, mas isso é um engano. A pele é composta de água e hidratar significa estimular e manter essa água mesmo que na superfície da pele. Uma pele bonita é resultado da harmonia entre um organismo funcional, alimentação saudável e controle da oleosidade excessiva.

O brilho causado pelo excedente de óleo é fruto de desidratação completa. Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, não há nenhuma vantagem em ter uma pele demasiadamente oleosa, é o mesmo que ter a pele muito seca.

Para equilibrar o ressecamento e a oleosidade e, com isso, o surgimento de acnes, escolha os hidratantes de acordo com seu tipo de pele, tome sempre os cuidados essenciais de limpeza, opte por produtos de qualida de, acima de tudo, procure os especialistas caso o problema fuja do controle. Não se medique sozinha e verifique se os produtos que você utiliza não estão, de repente, causando algum tipo de alergia cutânea.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: