Barriga Sequinha Como Conquistar

Barriga Sequinha Como Conquistar
Avalie esse artigo

 

A superioga é uma atividade completa, que exercita não só o corpo como a mente o que ajuda no controle do estresse e, consequentemente, na perda da gordura abdominal. Confira a seguir um treino para conquistar uma barriga chapada com a ajuda da modalidade!

Ver também: As melhores maneiras de perder peso definitivamente

Fique por dentro do assunto

O ganho de peso na região do abdome pode ser consequência de inúmeros fatores, entre eles a dieta inadequada, o sedentarismo e até o estresse, que estimula a produção de cortisol – hormônio que favorece o acúmulo de gordura no abdome. Assim, quanto mais estressada, maior a dificuldade de manter a barriga chapada.

Para combater este problema, uma ótima atividade é a superioga, modalidade completa, que exercita não só o corpo como a mente — o que ajuda no controle do estresse. “A praticante vai sentir a musculatura do corpo inteiro trabalhando ao mesmo tempo. As posturas exigem muito trabalho abdominal”, comenta Paulo Junqueira, treinador físico e criador do método superioga, de São Paulo (SP).

Esqueça a contagem de calorias ou o tipo sanguíneo. Segundo o neurocientista inglês DanielAmen, o segredo para perder os indesejáveis quilinhos é prestar atenção na própria personalidade e saber reconhecer suas fraquezas, segundo divulgou o jornal britânico

De acordo com o profissional, muitas das pessoas que estão acima do peso jamais vão conseguir emagrecer porque não são geneticamente capazes de seguir planos de dieta. Então, ao invés de passar horas malhando e contando calorias, deveriam fazer atividades de autoconhecimento para identificar suas fraquezas e trabalhá-las sobre o que as fazem comer.

Amen, que acabou de publicar um livro nos EUA, definiu cinco categorias de comilões após observar os padrões cerebrais de seus pacientes em sobrepeso: compulsivos, impulsivos, compulsivo-impulsivos, tristes ou emocionais e ansiosos. O neurocientista declarou que cada grupo deve evitar alguns alimentos específicos e ingerir mais de outros para conseguirem perder peso.

Os compulsivos, disse o profissional, “tendem a pensar constantemente em comida”. Para eles, dietas da proteína são inúteis porque o foco de pensamento está na grande quantidade de alimentos e, por isso, o neurocientista propôs que se alimentassem de carboidratos complexos, que ajudam o organismo a produzir mais serotonina, melhorando o humor.

Todavia, carboidratos são terríveis para os impulsivos, porque eles perdem o controle facilmente e devem comer alimentos como aveia e frango, que aumentam a dopamina e a concentração.

Os compulsivos-impulsivos precisam focar nos exercícios e os emotivos, consumir mais ômega 3, para acalmar o corpo e reduzir inflamações, segundo Amen.

Os ansiosos, que usam a comida para reduzir medo, tensão e nervosismo, devem evitar álcool e cafeína e preferir glutaminas que estão presentes nas nozes, no brócolis e nas lentilhas.

Como vou emagrecer

As recomendações do neurocientista foram recebidas com ceticismo por muitos profissionais, que temem que ao ler o livro, obesos usem a personalidade como uma desculpa para não conseguirem emagrecer.

A nutricionista Evelyn Toner disse concordar que os problemas de peso têm ligação com a personalidade, “mas para emagrecer é preciso mudar os hábitos e o comportamento, não apenas substituir os alimentos.

Durma bem – Dormir menos que o necessário ou mal causa impacto no desempenho intelectual, na memória e na concentração. Um adulto, em média, precisa de sete a oito horas de sono por dia. Mas, dependendo da pessoa, o período pode ser maior ou menor.

V ocê começou a correr há meses, mas ainda não nota resultados quando sobe na balança ou veste sua calça jeans? Algumas razões bem simples listadas pelo site Fit Sugar podem estagnar a perda de peso. Saiba a seguir.

É natural que queimar calorias cause uma sensação de fome em seguida, mas é importante se alimentar com sabedoria. Correr e comer um hambúrguer não vai ajudar a movimentar o ponteiro da balança. Opte por um lanche saudável, que misture carboidrato e proteína e não exceda 150 calorias após o treino. Se você continuar faminto, isso significa que deve se alimentar melhor antes de praticar exercícios.

Dê uma olhada no seu calendário. Fazer uma corrida de 45 minutos ou duas de 20 por semana não vai ajudá-lo a queimar calorias suficientes para perder peso. Se quiser perder 1 kg por semana, vai precisar cortar 500 calorias por dia, com uma combinação de dieta e exercícios. Corra três ou quatro vezes por semana e incorpore outros exercícios aeróbicos na sua rotina.

Saiba mais

Você corre, sua e se convence de que perdeu 500 calorias, mas nem sempre isso é verdade. Uma mulher de 68 kg queima 495 calorias se correr por 45 minutos e percorrer 1.6 km a cada 10 minutos. Se você não tem esse desempenho, está queimando menos do que imagina.

Insistir no mesmo treino

Se existe uma área de 3 km ideal para correr no seu bairro, executar esse mesmo percurso por algumas semanas ajuda a fazer com que o exercício vire um hábito. O problema, porém, é que os músculos se adaptam com o mesmo treino e com o que você exige deles, o que paralisa a perda de peso. Evite o problema misturando corrida em várias velocidades com ladeiras e superfícies diferentes.

Peso não é tudo

Correr é uma das melhores maneiras de tonificar o corpo, pois diminui o índice de gordura e aumenta o ganho de tecido muscular. No entanto, o tecido muscular é mais denso que o tecido de gordura, por isso ocupa menos espaço. Isso significa que, embora não note na balança, outras medidas do corpo vão mudar, como a circunferência da cintura, tamanho do sutiã e do bumbum. Fique de olho no seu jeans. 

Então, saiba como perder aqueles quilinhos indesejáveis e ter aquele corpo que você sempre sonhou. Não perca mais tempo, procurando varias saídas.

 

Para saber mais sobre a melhor pílula emagrecedora confira o site clicando aqui.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: