Brigas no namoro: Como enfrentar

Brigas no namoro: Como enfrentar
Avalie esse artigo

É extremamente comum que dentro de um relacionamento amoroso aconteçam desavenças, desentendimentos e até mesmo brigas mais sérias, que podem gerar preocupações e um clima desagradável.

Apesar de ser desgastante, é preciso entender que não é algo absurdo, pois estamos lidando com uma pessoa com outros hábitos, outra criação, costumes, manias, aprendizado, etc. Por isso é necessário manter a calma e tentar entender o motivo do conflito para que não se torne recorrente.

Ver também: IDEIAS DE PROGRAMAS LEGAIS SEM GASTAR MUITO

Fazendo uma reflexão, juntos. Buscar entender a razão e conversar sobre ela.

É importante que haja comunicação entre o casal. Isso, além de aproximar, permite que os dois se sintam à vontade para falar quando algo não está certo ou incomodando.

A briga aconteceu e ambos sabem que precisam conversar sobre isso. O primeiro passo é agir com sinceridade e explicar seu ponto de vista, porém, não use agressividade e esteja aberta para ouvir o lado do seu parceiro.

Explique por que não gostou de sua atitude, ou de suas palavras, por que se chateou, e peça que ele faça o mesmo, te mostrando um ponto de vista diferente.

Depois de uma conversa sobre o assunto, provavelmente um terá entendido o lado do outro e a chance de acontecer uma briga pelo mesmo motivo é mínima. Assim, vocês terão construído uma relação de comunicação e estarão mostrando um ao outro que conseguem se ouvir.

Dizer o que está sentindo, não o que está pensando.

Um dos erros mais comuns em uma briga é o fato de dizer o que se pensa, ao invés do que se sente. Este conselho serve para todos, pois é natural que o ser humano, irritado ou chateado faça isso.

Talvez tenha passado despercebido, talvez você nunca tenha notado, mas experimente falar o que sente quando algo não vai bem, ao invés de simplesmente jogar sua opinião com agressividade.

Por exemplo: Seu namorado vai viajar com a família e não pode te levar. Você ficou chateada e acha que ele poderia tentar outro método para que você também fosse.

Ao invés de dizer ‘’Eu estou brava porque você não vai me levar junto!’’, diga ‘’Estou chateada por não poder viajar com você. Pensei que encontraríamos uma forma de me incluir no passeio.’’

Dizendo isso você não precisou ser agressiva, não se alterou e mostrou o que estava sentindo naquele momento. Evitou mais uma briga e não o acusou de não tentar levá-la.

Não é uma tarefa simples, mas é possível desenvolvê-la no dia a dia, pensando sempre que é uma maneira mais calma de conversar, de expor sentimentos e ficar tranquila com seu parceiro.

Ciúmes: Procurar de onde ele vem pode ser a solução.

Todo mundo, alguma vez já passou por uma situação que envolvesse ciúmes. Seja por uma amizade, brincadeira, comentário, proximidade, entre outros motivos.

Para a psicóloga Marisa de Abreu, o ciúme acontece quando uma das partes sente ou pensa que seu relacionamento foi abalado por alguém ou por uma situação.

Não necessariamente deve ser verdade, podendo apenas ter sido uma sensação de ameaça ou impressão errada. Verdade ou não essa impressão faz com que nossas atitudes sejam provocativas, mal pensadas, violentas e grosseiras.

Por isso a importância de entender de onde vem o seu ciúmes! Talvez venha da amizade do seu namorado com aquela garota linda, que todos os homens querem ficar, e você sabe que ela é mais bonita ou mais atraente.

(Apesar da autoestima ser muito necessária, não tem problema nenhum em admitir que outra mulher é mais bonita que você. Isso é apenas ser sincera consigo mesma).

Se você sabe que eles são apenas amigos e que não há interesse da parte dele, releve. Só seria problema se ele estivesse interessado, e já que não está, não há razões para se preocupar. Lembre-se que beleza nenhuma fará diferença se seu namorado realmente te ama e quer ficar só com você. Nesse caso, haja com maturidade, se cuide, sinta-se à vontade com sua aparência e com seu interior. Confiança é a base de tudo.

O pedido de desculpas: Como e por quem deve ser feito.

É difícil pensar nisso após uma discussão e espera-se que a outra parte se desculpe e admita que estava errada. Obviamente nem sempre isso vai acontecer, e a sensação de solidão ou preocupação com seu relacionamento, pode fazer com que você tome as dores apenas para si e faça o pedido de desculpas.

Não é correto estar sempre pedindo desculpas por um erro que não cometeu, mas saiba admitir quando passar dos limites. Talvez a causa principal da briga não tenha sido sua culpa, mas as palavras que usou, ou até mesmo suas atitudes após isso tenham piorado a situação.

Saiba detectar onde foi seu erro, e se se sentir bem para fazer isso, peça desculpas pela parte em que errou. Deixe claro em qual parte você exagerou, onde não precisava ter sido tão rude e se desculpe por ela.

O mais sensato é que seu parceiro também se desculpe pelo erro dele, mas se isso não acontecer, não discuta, não coloque tudo a perder, porque a sua parte já foi feita com muita maturidade, e disso você pode se orgulhar.

Focar nos pontos positivos do casal pode ajudar.

Um relacionamento tem altos e baixos, sim! Mas o lugar onde você foca determina a qualidade dele. Após uma desavença, se sentir que o clima não está tão bom como antes, tente lembrar seu parceiro das coisas boas que vocês fazem para se divertir e como isso sempre os deixa felizes e mais próximos.

Não lembre apenas com palavras, mas com atitudes. Foque em atividades que os dois gostam, como por exemplo, jogos, filmes, passeios ao ar livre, ou qualquer outro assunto que sempre os distraem.

A intenção é fazer com que o clima volte a ser bom, tranquilo, e que os dois vejam que os momentos bons suprem qualquer problema pequeno. Um namoro ou casamento saudável faz toda a diferença na vida de alguém.

Buscar entender o lado do outro é essencial, e a conquista do equilíbrio em um relacionamento permite que ambos estejam satisfeitos, além de transformar a relação em algo duradouro, feliz e de qualidade.

Apesar de exigir um pouco de paciência e maturidade, é possível conquistar isso, visando os aspectos que precisam de mais atenção e cuidado. Assim, o relacionamento se torna mais especial e a probabilidade de construir um bom futuro juntos, é maior.

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: