Brincando com o perigo: maquiagem para meninas pode causar problemas à saúde

Brincando com o perigo: maquiagem para meninas pode causar problemas à saúde
Avalie esse artigo

 

A maquiagem infantil vem sendo discutida há muitos anos e é um assunto que traz muitas contradições e opiniões diferentes.  Do ponto de vista de profissionais da saúde, como dermatologistas, só devem ser utilizadas as maquiagens a partir dos doze anos, e mesmo assim, com muita cautela.

A maquiagem ressalta a beleza e disfarça algumas imperfeições. Ela é muito presente no dia a dia das mulheres, porém vem se tornando muito presente na vida das crianças também.

Cada vez mais meninas a partir dos 3 anos se maquiam e, a grande maioria, utiliza os produtos usado s pela mãe, que são indicados somente para adultos.

Mesmo com o avanço da tecnologia e evolução dos cosméticos, ainda são pouquíssimas as marcas com produtos realmente hipoalergênicos e totalmente seguros para as crianças.

Ver também: Como combinar a sua make com a roupa 

A alergia mais comum que pode aparecer nas crianças é a dermatite de contato. Ela não aparece da primeira vez, mas com o uso prolongado dos produtos. O problema é que uma vez que ela aparece, o problema persistirá todas as vezes que aquele produto for utilizado.

Você pode identificar esta lesão observando a pele da sua filha. Em geral, tem início com uma vermelhidão na região e coceira. Pode agravar com o passar do tempo, surgindo erupções cutâneas, descamação da pele, edema (inchaço) e até o aparecimento de bolhas.

O rosto e especialmente as pálpebras, são áreas mais sensíveis e suscetíveis ao aparecimento da dermatite. O uso de sombra e rímel podem causar irritação e vermelhidão nos olhos, pois com a falta de hábito das crianças de usá-los, as crianças podem coçar ou esfregar as mãos nos olhos, provocando alergias oculares e conjutivites.

Nesta fase da vida, a pele está em transformação e franco desenvolvimento de sua funões, e o uso destes produtos podem acarretar sérios problemas de vermelhidão e alergias.

Outro problema, é que nesta fase, as crianças não tem consciência que devem remover a maquiagem corretamente, e se este processo for negligenciado, a maquiagem entupirá os poros da pele gerando um problema chamado acne cosmética, que deveria aparecer somente na adolescência.

Você deve estar se perguntando: e aquelas maquiagens infantis, com corações e temas infantis, também não estão liberadas?

Segundo pesquisas de uma associação francesa de informações aos consumidores, estas maquiagens consideradas infantis, e até tintas para pinturas, podem apresentar grandes problemas para a saúde das crianças.

Resultados alarmantes foram publicados em que os produtos contém substâncias altamente prejudiciais para a saúde das crianças.

Este associação testou dez kits de pintura para rostos e oito estojos de maquiagem para meninas e constatou a existência de substâncias nocivas à saúde das crianças. E se o uso for prolongado, os riscos se intensificam.

Mas então, qual o grande problema afinal?

As substâncias encontradas nos kits testados podem ocasionar diversas irritações na pele, alergias e até problemas mais graves, como alterações hormonais ou afetar o sistema nervoso central. Estas substâncias são:

  • Parabeno: é uma substância de cadeia longa e é considerada um perturbador endócrino. Foi utilizada como conservante em 9 dos 18 produtos testados. Estes compostos químicos tem a suspeita de alterar a regulação hormonal até mesmo de adultos.
  • Produtos alergênicos: utilizados como fragrâncias alergênicas, para tornar-se mais atrativos para as crianças, estas substâncias foram encontradas em alguns produtos com a concentração até 140 vezes maior que o permitido.
  • Metais pesados: alguns pigmentos encontrados nas maquiagens possuíam metais pesados como chumbo, níquel e cobalto. O chumbo, em específico, pode afetar seriamente o sistema nervoso central.

Outros ingredientes perigosos

  • Phenoxyethanol: é uma substância encontrada em muitos produtos de maquiagem, usada como conservante, e desde de 2012 é considerado como um produto tóxico. Sua concentração em produtos cosméticos é permitida até 3%. Para crianças abaixo de 3 anos, não pode exceder o limite de 0,4%. 
  • Methylisothiazolinone (MIT): é uma substância que começou a ser utilizada para substituir os parabenos. Porém, após a sua larga comercialização multiplicaram-se os casos de alergias, principalmente o eczema. Espera-se que em  breve o uso deste ingrediente seja limitado ou proibido em cosméticos.

Cuidados que devem ser tomados 

De acordo com dermatologistas, a frequência de pais que levam as crianças aos consultórios por problema de alergias por conta do uso de maquiagens e esmaltes é cada vez maior.

Muitos destes casos poderiam ser evitados ou minimizados se não houvesse uma exposição tão precoce a estes produtos, diz uma dermatologista. Por isso ela ressalta que, as crianças devem começar a utilizar maquiagens somente após os 12 anos, e mesmo assim sempre supervisionado por um adulto.

Uma dica para os pais é liberar o uso somente em ocasiões especiais, como festas de aniversário. E o ideal é que se comece com as maquiagens hipoalergênicos, pois o perigo e risco de problemas serão menores.

É importante também, ensinar a criança a remover a maquiagem adequadamente e ajuda-la neste processo.

Como remover a maquiagem corretamente

A mesma recomendação para os adultos vale aqui: nunca dormir com a maquiagem na pele. Não importa a idade, dormir com a maquiagem causa envelhecimento precoce da pele, pois é a noite que as células da pele se renovam, deixando-a mais bonita e saudável

A maquiagem dificulta todo este processo de renovação. Além de tudo, o acúmulo de make na pele pode causar o aparecimento de cravos e espinhas.

Então para retirar a maquiagem de forma correta, utilize um demaquilante comum e lave o rosto com sabonete facial. Em seguida, use um tônica fácil para finalizar o processo de remoção de impurezas.

Atenção: lavar o rosto somente com sabonete não é suficiente para a remoção total da maquiagem e das impurezas, porém este processo de limpeza é muito importante que seja realizado corretamente.

Entretanto, há uma opção para quem não tem muito tempo de cumprir estes três passos e quer mais praticidade: a água micelar. Este produto é três em um, sabonete, tônico e demaquilante.

Os pais e responsáveis pela criança devem estar sempre atentos aos riscos que as maquiagens podem representar para a saúde das crianças, principalmente se levados em consideração a presença de produtos e substâncias já conhecidos como contraindicados até mesmo para adultos.

 

 

 

 

 

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: