Ciúme no Casal, Entendendo para Lutar (GARANTIDO)

Ciúme no Casal, Entendendo para Lutar (GARANTIDO)
Avalie esse artigo

Amar uma pessoa ou ser amado é certamente uma das mais belas sensações que você pode conhecer. Na verdade, você é como uma nuvem, seu coração bate mais rápido quando você o ver, você tem as pequenas borboletas no estômago quando estão juntos e você espera que suas iniciativas gosta constantemente. É isso que todos buscamos na realidade porque a felicidade do amor é materializada para a maioria das pessoas. Apesar de nossas diferenças, todos nós queremos conhecer essa pessoa que vai mudar nossas vidas e com quem podemos construir um futuro comum.

Tudo parece ideal, mas, infelizmente, o casal pode conhecer algumas complicações. De fato, os sentimentos, o apego às vezes pode ser tão forte que eles realmente evitam florescer ainda mais e pior, torna infeliz seu homem e você mesmo. Como explicar isso? Simplesmente porque o ciúme trava e sufoca aquele que compartilha sua vida. Se você é uma vítima dessa possessividade obsessiva, é exatamente assim que você se sente.

Mas por que o ciúme no casal é tão manifesto? O que pode explicar por que o amor às vezes pode perder seu lugar em favor desse outro sentimento? Para combater esse fenômeno prejudicial e para garantir que seu casal não sofra demais, precisamos entender o significado do ciúme. Assim, você será capaz de realmente conhecer a felicidade, mas também a confiança, porque é provavelmente o que está faltando em sua relação.

De onde vem o ciúme?

Primeiro de tudo, temos que notar algo que é essencial, todos nós somos ciumentos ou invejosos em nosso nível. É um sentimento humano, então não tenha vergonha de sentir isso. De fato, o ciúme existe não apenas no amor. Na família, na amizade, você pode viver com esse sentimento ou ser uma vítima.

Não seria errado dizer que o ciúme é algo natural, todos nascemos com a realidade. No entanto, alguns desenvolvem mais do que outros e é aí que reside o problema. Não é apenas sobre o pouco constrangimento, os pequenos aborrecimentos quando você vê um homem ou uma mulher conversando com seu parceiro, estou me referindo neste artigo ao ciúme doentio, aquele que leva a argumentos reais e que coloca ferir seu casal!

Para combater esse problema de torque que afetou pelo menos uma vez cada um dos meus leitores, devemos conhecer a causa exata e ir além, de modo a não apenas justificá-la pela própria natureza do ser humano. Muito frequentemente, essa possessividade extrema está ligada ao passado sentimental que deixou vestígios.

Você pode ter sido traição" rel="nofollow" target="_self" >traído por um homem que você amou e pode até ser seu parceiro atual. Como resultado, dúvidas permanecem, a falta de confiança está presente e você o sobrecarrega com uma presença excessiva. Você já experimentou uma ou mais desilusões e não quer reviver essa situação, é uma maneira de garantir que você não revive o que passou, o que pode ser totalmente compreendido.

Esse desejo de querer controlar tudo é também o sinal de um medo do fracasso do amor. De fato, o mero pensamento de encontrar você solteiro faz você agir irracionalmente. O ciúme do casal às vezes é devido ao desejo de proteger o último, mas é de fato o oposto que ocorre. Ao invés de manter os sentimentos do seu parceiro, você o empurra para se distanciar ainda mais e você está longe de fazê-lo feliz.

É por isso que, muitas vezes, a quebra ocorre nessa situação. Mesmo que você não deixe um sentimento ruim, você cria uma situação difícil de reverter porque afeta profundamente quem compartilha sua vida.

Como superar seu ciúme doentio?

Se você ler estas linhas e se reconhecer na descrição que eu dei, você sabe que é hora de mudar e não se comportar como você estava acostumado. Cabe a você levar sua vida sentimental na mão… Mas não é suficiente querer que seja capaz de alcançá-lo! Você precisa de técnicas específicas e escaláveis ​​para se adequar à sua situação, para aprender a confiar em seu parceiro e também acreditar em você.

Ainda é importante especificar algo que é essencial. Não é uma questão de não mais sentir esse ciúme e deixá-lo fazer tudo, seria um desperdício de tempo para aconselhá-lo. Precisamos de você para proteger o seu relacionamento e que você mostrar que você está presente, mas não o suficiente para criar conflitos, devemos aprender a agir de forma mais sutil e não inflamar a uma única palavra trocada por seu parceiro com um desconhecido. Portanto, é essencial canalizar seu amor ciumento.

É principalmente através da comunicação que você vai se aproximar do seu parceiro. Por muito tempo este último foi apenas argumentos, mas agora você tem que conhecê-lo melhor para que você possa se sentir melhor sobre o casal e confiar nele. Se a sua metade permanece um mistério para você, é normal que você não consiga se entregar totalmente. A base de um casal forte é a confiança, mas também o diálogo, não se passa sem o outro.

O principal medo das mulheres que vivem nessa situação é que o ente querido encontre uma pessoa melhor, que a sua metade viva uma nova aventura em outro lugar. Mesmo que muitos pensem o pior, enquanto para o seu parceiro você é o único, você deve recuperar sua autoestima.

É necessário acreditar em si mesmo para diminuir esses pensamentos negativos. Se você tiver mais prazer com seu físico ou seu visual, você se sentirá melhor consigo mesmo e, necessariamente, isso terá um impacto positivo em você e, portanto, automaticamente em seu casal também.

O ciúme sempre será o pior motivo para tudo. Não existe o porque brigar por ciúmes, terminar por ciúmes, etc. É preciso se controlar, pois quando você possui esse controle, a outra pessoa também deve agir como tal para que as coisas possam fluir da melhor maneira possível entre vocês dois. Não digo por mal, as vezes é inevitável não sentir, e não existe problema algum em sentir, só é ruim, a maneira como você irá demonstrar isso.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: