Como Deixar um Menino sem Fazê-lo Sofrer

Como Deixar um Menino sem Fazê-lo Sofrer
Avalie esse artigo

Acontece infelizmente que um relacionamento, depois de muito tempo, pode terminar e por uma das duas partes isso pode ser um sofrimento não indiferente, por isso é sempre bom entender como deixar a outra pessoa da maneira mais delicada possível. Nunca é simples para nenhum dos lados, mas encontrar as palavras certas pode ajudar bastante.
O relacionamento do casal é uma das imensas alegrias que a vida oferece. Fale sobre o amor, que deve sempre ser bem cultivado, para fazê-lo crescer de forma saudável, positiva e cuidadosa, tornando-se assim duradoura.

Os amantes geralmente sonham em ser felizes e estar juntos por toda a sua existência, graças ao diálogo, respeito, compreensão e compreensão mútua. Infelizmente, pode acontecer que um vínculo, no caminho, comece a sentir problemas que, às vezes, produzem o intervalo final. É bom seguir um guia cuidadoso, entender, como deixar um menino sem fazê-lo sofrer. Veremos então como fazer isso através de alguns passos simples e de maneira gentil e indolor. Então vamos ver como fazer isso.

Um vínculo é estabelecido quando duas pessoas se amam. Quando você sai da outra parte, não é nada fácil. Você sofre muito pela consciência, pelo sofrimento que será produzido, buscando o caminho menos doloroso, por esse distanciamento. O relacionamento cria uma história, composta de belos momentos, episódios, experiências e aventuras passadas juntos e quando acaba, arrisca-se a fazer muito sofrimento, tanto àqueles que desistem quanto à parte que quer se separar.

Ver também: Como Acabar com uma História de Amor

O elemento fundamental é sempre dizer a verdade. Dentro de um relacionamento, até o final, não deve haver mentiras ou trocadilhos, para escapar da verdadeira razão de um dado problema, como um possível colapso. Uma boa dose de confiança é sempre necessária, mesmo quando o caso de amor deve ser fechado.

As causas reais que levaram a esta decisão devem ser expressas sem serem vagas. Apontar todas as motivações, de forma clara e decisiva, é a forma mais correta, ainda que, às vezes, seja melhor esconder um eventual outro assunto, que existe em sua mente, para impedir que nosso parceiro acredite que foi ele, a origem do problema, exceto se você acha que terceiros podem fazê-lo em nosso lugar, tanto para ter que falar e arriscar.

Não é um discurso de pouco correta, não o colocar para fora, porque se você tem uma mente para outra, isso significa que o histórico existente, que você quer quebrar, não é importante. Nunca devemos dar responsabilidade aos outros, ter arruinado qualquer um dos nossos laços, porque se isso terminar, significa que não foi sólido e destinado a durar.

Não se deve, absolutamente, diminuí-lo, como também é importante não lembrar, no momento de desapego, os belos passados ​​juntos. Sentimento de culpa não devem existir, dado que tudo o que prejudica material e moralmente deve ser atribuído a ambas as partes. Devemos sempre falar sobre necessidades que podem ter mudado com o tempo. A vítima nunca deve ser feita, comportamentos que despertam compaixão e a figura da pessoa destruída.

É apenas para evitar a frase dolorosa, ‘vamos ser amigos’, porque é um conceito que expressa, muito em breve, uma exclusão completa da situação, como se estivesse assumindo, agora, que não há mais nada a fazer. O tempo geralmente envolve tudo, como a grande dor que nasce no final de uma história.

Deixar a outra pessoa é sempre difícil, talvez mais do que ser deixado, pois você tem a responsabilidade de tentar não fazer a outra pessoa sofrer, ou pelo menos evitar toda essa dor só pode fazê-lo superar o período ruim. Seguindo o conselho deste guia, você pode ter um suporte válido sobre como ter sucesso. Então, só posso desejar-lhe boa sorte.

Como sair sem sofrer

Fechar uma história de amor sem sofrimento é realmente difícil, se não impossível. Tanto quem sai como quem fica para trás tem motivos para sofrer. Dor, sentimento de culpa, raiva não deixam espaço para outros sentimentos. Especialmente quando os relacionamentos são duradouros e particularmente sérios e importantes. Parece quase que a vida sem o outro já não tem um significado, uma perspectiva.

Mas é necessário continuar e superar essa dor. Os métodos estão lá, basta segui-los e, dia após dia, você será capaz de ultrapassar a perda sofrida. Aqui, então, como sair sem sofrer.

Primeiro, devemos ter certeza da escolha que estamos prestes a fazer. Depois de entender que você não quer mais continuar com o relacionamento, é bom ser determinado e seguro. Falando imediatamente com o parceiro e explicando as razões do intervalo, sem esperar que as coisas sejam resolvidas por si mesmas, ou pelo outro, tomar a decisão drástica.

Quanto mais o tempo passar, mais difícil será romper o relacionamento. Deve-se tentar discutir isso civilmente, evitando discussões e, sobretudo, insultando a si mesmo. As brigas furiosas não fazem senão alimentar o próximo sofrimento. Deixando espaço para liberação para a pessoa à esquerda é uma obrigação.

Nos dias seguintes ao fim do relacionamento, tudo parecerá estranho e sem sentido. As palavras ditas reverberarão na mente como pedregulhos, e gostaríamos de dar uma explicação para tudo o que aconteceu. Neste caso, a melhor coisa a fazer é ter consciência do sofrimento de alguém. Nós não podemos evitar o sofrimento. O melhor é aceitar a nova situação com maturidade. Para aceitá-lo melhor, pode ser útil eliminar todas as lembranças, como fotos, presentes e outros objetos. Você não precisa jogá-los fora ou devolvê-los, mas apenas mantê-los longe de seus olhos. Então vá para a fase de explosão.

Fechar-se em si mesmo e na própria dor é definitivamente a atitude errada. É importante se confrontar, não apenas para desabafar, mas também para conseguir perceber o que realmente aconteceu. Falar com os outros, na verdade, serve para tornar real o que até poucas horas antes parecia um pesadelo ruim.

Por isso, é importante dedicar-se a si mesmo e às atividades que alguém gosta de fazer. Especialmente se houver algum hobby que foi negligenciado para se dedicar ao parceiro, agora é hora de levá-lo de volta na mão. Uma boa ideia também poderia ser dedicar-se à própria pessoa. Sair e mudar a aparência pode ser uma ideia para cortar os laços com o passado.

Nunca esqueça:

  • Evite perguntar ao redor, entre amigos, o que o primeiro faz. Você corre o risco de parecer infantil.
Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: