COMO DESCOBRIR O SEU SUBTOM DE PELE

COMO DESCOBRIR O SEU SUBTOM DE PELE
Avalie esse artigo

Uma das principais coisas estudadas nos cursos de maquiagens tanto para iniciantes quando o curso avançado é identificar o tom e subtom de pele, com atenção especial para o subtom. É ele que vai definir a cor ideal de base e vai fazer com que aquela cor de batom que ficou incrível em uma pessoa, não fique tão bom em você.

Pode parecer um exagero, mas saber e estudar a colorimetria é ideal para conseguir montar um look e uma maquiagem com cores que combinem com você. É claro que não é uma obrigação.

Uma das principais características da maquiagem é que ela é capaz de oferecer todos os passos para uma make sem erro e ao mesmo tempo dá liberdade total para a pessoa escolher o que ela mais gosta e nem sempre o tom que você mais gosta é a cor que combina com o subtom da sua pele.

Ver também: PINCÉIS PARA MAKE DO DIA A DIA

Mas é muito importante saber que além das tonalidades que já conhecemos como branca, amarelo, negro, morena, oliva, existem os subtons que são tão importantes quanto na hora de escolher a sua paleta ideal de cores. Existem três subtons de pele: quente, frio e o neutro. Vamos ajudar vocês a descobrir qual o seu subtom e as cores que combinam com ele.

Antes de começar, vamos dar uma breve contextualização do que são as cores frias, quentes, neutras e primárias. As cores quentes geralmente são associadas ao fogo, sendo os tons amarelados e alaranjados.

Em contrapartida, as cores frias podem ser relacionadas com a água e natureza sendo os tons azulados e rosados. Já as cores neutras são os tons de bege, cinza. Para fazer com que tudo tenha sentido, vamos contextualizar também a proteína que garante a cor da nossa pele: melanina.

A melanina não só determina a cor da nossa pele como é a proteção contra os raios UV.

A melanina é a cor amarronzada e castanha. Existem na melanina ainda mais três pigmentos diferentes: os azulados (eumelanina), amarelados e alaranjados (feumelanina), e os avermelhados (tricosiderina).

É a partir da mistura desses três pigmentos que temos o tom da nossa pele. Assim como as cores dos pigmentos da melanina, o azul, vermelho e amarelo são cores primárias, ou seja, cores puras e que quando se misturam criam várias outras cores.

Podemos então dizer de forma simplificada para facilitar o entendimento de todos que o tom de pele é determinado pela quantidade de melanina que temosa melanina pura da cor marrom. Ou seja, em uma escala do branco ao preto significa que quanto mais melanina a pessoa tem, mais próximo da escala escura ela fica, resultando em uma pele morena ou negra.

Quanto menos melanina mais perto da escala clara da tabela a pessoa fica, tendo uma pele bem branca ou amarelada. Dentro dessa tabela existem inúmeras variações por isso temos peles brancas, amarelas, oliva, morena clara, morena escura, negra e outros tons de pele.

Se o tom é definido pela melanina, os subtons da nossa pele muito têm a ver com os pigmentos presentes na melanina (eumelanina, feumelanina e tricosiderina). É a mistura dessas três cores, azul, amarelo e vermelho que formamos outras inúmeras cores que formam o subtom, ou a cor do “fundo” da nossa pele.

Apesar das inúmeras variações que a misturas dessas cores resultam, são 3 os subtons mais comuns da nossa pele. São eles os frios (fundo azulado e avermelhado), quentes (fundo alaranjado ou amarelado), neutro (quando as cores foram uma mistura bem equilibrada).

Vale lembrar que o subtom de pele não tem a ver com etnia.

É possível uma pele bem clara com um subtom oliva. Assim como um oriental não necessariamente possui um subtom quente. Assim como não são todas as peles negras que possuem fundo quente. Esse é um erro muito comum na hora de escolher a base certa.

Muitas pessoas e até maquiadores deduzem que uma pele negra pede uma base com fundo amarelo ou porque você vê amarelo no espelho tem um fundo quente.

Vale lembrar que o tom e subtom da nossa pele, quando tentamos ver a olho nu olhando somente para o espelho, muda de acordo com a luz e o ambiente em que estamos e a quantidade de exposição sol. Por isso que na época do verão onde muitas pessoas tomam sol, a base pode ser diferente de uma base usada no inverno.

Agora que entendemos como funciona o tom e subtom, vamos ensinar você a descobrir qual o seu subtom de pele. A maneira mais simples e comum é analisar as veias presentes no antebraço. Se suas veias são azuladas ou arroxeadas o subtom é frio; se elas possuem uma coloração verde-azulada seu subtom é neutro e se suas veias são esverdeadas, o subtom é quente.

Outra técnica para descobrir qual o subtom da sua pele é um pouco mais sensitiva é combinar na própria mão colocando uma moeda dourada em uma mão e uma dourada na outra e analisando qual combina mais com a sua pele.

Se a mão combinar mais com a moeda prata, seu subtom é frio e se combinar com a dourada, seu subtom é quente. Geralmente quando existe dificuldade para definir a cor da veia ou quando a moeda fica bem nas duas cores, seu subtom é neutro.

Depois de descobrir os subtons é hora de mostrar quais as cores que mais harmonizam com cada subtom de pele. Em peles com subtom frio a base deve ter um fundo rosado, tons de azul, lilás, roxo, rosa vibrante ficam muito bem.

Nas peles que possuem subtom quente a base ideal é uma que tenha um fundo amarelado, para as cores de sombra prefira os tons terrosos, amarronzados, alaranjado e dourado. As pessoas que tem o subtom de pele neutro deve escolher uma base de fundo neutro, mas as outras cores de maquiagem são bem livres, possivelmente todos os tons e cores irão harmonizar com a sua pele.

Vale lembrar que esse post foi para explicar um pouco maiscomo funciona nossa pele, tom e subtom para você saber quais cores não tem erro pra você. Mas isso não significa nenhuma proibição. Você pode e deve usar cores das quais você se sente bem e bonita.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: