Como dizer a ele que você quer ter filhos

Como dizer a ele que você quer ter filhos
Avalie esse artigo

Existem muitos casais que mesmo antes do casamento já fazem planos de aumentar a família, enquanto outros casais ficam adiando a decisão por inúmeros motivos. Existem pessoas que se preocupam com a estrutura financeira.

E emocional enquanto outros consideram importante curtir a vida de casal por mais algum tempo para só depois dar esse passo tão importante na vida de casados. E existem ainda aqueles casais que realmente nãos e sentem nada confortáveis com a ideia de serem pais.

Ter um filho é um passo importantíssimo em um casamento, que exige diversas mudanças na vida do casal. Antes mesmo da criança nascer, já existem inúmeras responsabilidades e nem sempre o casal está preparado para assumir todas elas de uma só vez.

Ver também: Medos que todo mundo tem quando se apaixona

Antigamente as mulheres amadureciam a ideia de se tornarem mães antes mesmo dos homens, essa era uma prática bastante comum, que hoje em dia mudou bastante, pois tanto as mulheres quanto os homens estão focando apenas na vida profissional, estudos, viagens e a vida a dois além dos interesses para só depois de conquistar tudo isso, pensarem em ter filhos.

Mas, e quando o maior sonho da sua vida é ser mãe e seu parceiro não quer nem ouvir falar sobre isso?

Como dizer ao seu parceiro que você quer ser mãe

O que posso fazer então?

Quando se fala em algo tão importante e grande como ter um filho, é essencial que você pense que cada um tem seu tempo para amadurecer isso e decidir, e é preciso respeitar esse tempo.

Antes de qualquer coisa, se certifique que você está preparada para ter um filho

A verdade é que quando nosso relógio biológico apita e envia sinais para qualquer um das partes não há o que fazer. A vontade chega e a ideia de ter um filho não sai fácil da cabeça. Quando um casal não divide os mesmos pensamentos, podem começar a acontecer brigas, discussões e um péssimo mal estar no relacionamento.

Tenha cuidado quando essas indiferenças vierem a acontecer entre vocês, principalmente se o motivo dessas desavenças seja o planejamento de um filho. Seu marido pode se sentir pressionado a ter um filho com você nesse momento e o relacionamento de vocês pode acabar indo por água abaixo o mais rápido que você possa imaginar.

Até mesmo a vida sexual do casal é afetada, pois o parceiro teme uma gravidez indesejada e pode acabar se afastando, ficando tenso nos momentos íntimos e até mesmo perdendo o desejo sexual por sua esposa, o que acaba comprometendo ainda mais o relacionamento do casal. Com o desejo sexual do seu marido em baixa por causa dessa pressão, seu relacionamento entra em crise e pode até chegar ao fim.

Converse abertamente com seu marido sobre isso

O primeiro passo é ser sincera e ter uma conversa aberta com seu parceiro. Diga ao seu parceiro a respeito do seu desejo e exponha seus sentimentos. Diga a ele o porque desse desejo de ser mãe estar tão forte nesse momento e os benefícios que a vida de pais poderão trazer para o casal.

Conte para ele como uma criança poderá ser bom para o relacionamento de vocês, para que vocês consigam alcançar um novo patamar, como um filho traz diversos benefícios para uma família.

Um filho vem sim com diversas responsabilidades, mas o que é inegável é o amor e a alegria que vem junto com a chegada de uma criança na família.

Considere a parte financeira

Claro que vem muitas despesas e uma inevitável mudança no estilo de vida do casal que devem ser consideradas, pois uma criança não é um brinquedo e exige no mínimo uma estrutura para crescer com amor e segurança. Se a situação financeira do casal estiver com um mínimo de estabilidade, como por exemplo uma fonte de renda estável que permita que o filho seja cuidado, por que não ter um filho então?

Mas, a decisão de ter um filho deve ter tomada pelo casal em conjunto, com objetivo de evitar um mal estar e até mesmo que o relacionamento chegue ao fim por conta dessa decisão tão importante.

Não pressione e tenha paciência

É importante saber que quando o desejo por um filho aparece antes para um e depois para o outro, isso não significa que entre o casal esteja havendo falta de amor ou harmonia. É importante considerar o tempo e as prioridades de ambos como indivíduos. O casal é formado por duas pessoas que tem historias e momentos diferentes, e tudo isso deve ser levado em consideração na hora de tomar uma decisão como essa.

Portanto, não há porque nem para que pressionar ou exigir que seu parceiro entre de cabeça em seu sonho. Decidir ter um filho apenas para atender a um desejo que não é seu pode acabar trazendo efeitos terríveis para o casamento de vocês, tornando até difícil que o casamento de vocês vá a frente, sendo até mesmo comum a criança que de forma indireta acaba sendo responsabilizada pelo fracasso da relação dos pais.

Tente buscar um equilíbrio

Resista à tentação de provocar uma gravidez sem o consentimento do seu parceiro. Quando isso acontece, mesmo você tendo conseguido realizar seu sonho, o relacionamento corre o risco de se afundar, pois seu marido poderá se sentir traição" rel="nofollow" target="_self" >traído por você. Sabe porque isso acontece?

Acontece porque você tomou uma decisão sozinha, sem consultar seu marido. Você decidiu ter um filho sem conversar com ele previamente antes disso, pois essa é uma decisão que deve ser tomada pelos dois em conjunto não apenas por você.

Quando você decide isso sozinha seu marido logo pensa que você não precisa dele, que você está fazendo as coisas pelas costas dele. Portanto, antes de fazer isso, você precisa avaliar a posição dele, repensar se ele realmente quer entrar nessa de maternidade com você.

A melhor coisa a se fazer é conversarem e juntos decidirem pelo momento ideal para se ter um filho, principalmente quando seu parceiro e vocês estiverem prontos para assumir essa responsabilidade juntos.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: