Como evitar que o seu amor peça um tempo na relação (IMPERDÍVEL)

Como evitar que o seu amor peça um tempo na relação (IMPERDÍVEL)
Avalie esse artigo

Infelizmente, relacionamentos passam por crises que nem sempre são fáceis de superar. Quando as discussões se tornam muito frequentes, nosso maior medo é de ouvir aquela temida frase: “acho melhor a gente dar um tempo”.

Lidar com um rompimento, ainda que ele seja supostamente temporário, nunca é fácil. A insegurança da situação bem como a ansiedade para saber se essa pausa é definitiva ou não, nos deixa com uma sensação de sufocamento.

E, lamentavelmente, na maior parte dos casos, essa proposta de tempo representa outra intenção. A pessoa se sente encurralada na relação e usa tal artifício para, na verdade, facilitar o término. Ela só não tem coragem de fazer isso logo de cara para não magoar.

Por essa razão, hoje preparamos um guia de como propor uma reconciliação após uma ou diversas brigas recorrentes. Essas são estratégias para que seja evitada uma pausa ou um possível fim na sua relação. Vamos às dicas?

 

Primeiramente, dê espaço para ele e não force a barra

 

Se você acabou de ter uma briga com o namorado, é natural que sua intenção seja resolver as coisas o mais rapidamente possível. Porém, é preciso respirar fundo e esperar. Dê um momento e um espaço para o seu gato, ainda mais se ele estiver com raiva.

Nem sempre vamos conseguir fazer as pazes logo de cara e com a cabeça quente. Quando ele parecer menos nervoso, quer dizer que estará mais aberto para que vocês se reconciliem.

E digamos que você espere e seu namorado a ignore ou esteja “frio” quando você procurá-lo para resolver as coisas – o que fazer? Não podemos forçar a barra. Ele ainda não está pronto.

 

Identifique o momento ideal para conversar

 

Quando seu namorado estiver disposto e fizer, ao menos, contato visual com você, provavelmente já esteja pronto para conversar. Só não faça isso na frente de outras pessoas ou com muito barulho ao redor de vocês.

Prefira privacidade e um lugar calmo para conversar. Um parque ou até mesmo em casa, com uma música calma ao fundo. O importante é que o clima esteja tranquilo e o diálogo possa fluir de uma maneira suave.

Além disso, evite pegar ele desprevenido. Ele precisa realmente estar aberto à conversação.

Ah! Não esqueça de desligar o celular e evitar interrupções. Esse momento é somente de vocês dois. Mostre sua maturidade para resolver seus problemas.

 

Peça desculpas sinceras

 

Ainda que você ache que tem razão, é preciso engolir o orgulho as vezes. Se você brigou com ele por uma coisa boba, peça desculpas. Olhe nos olhos dele e faça isso de coração.

Jogar a culpa somente para cima dele só vai causar ainda mais aversão. Procure, durante as suas desculpas, dizer que esse tipo de situação acontece e que estamos sujeitas a perder a cabeça. Mas que tudo serve como aprendizado para lapidarmos cada vez mais nossas atitudes.

Agora, se ele fez algo realmente sério, não inverta os papéis. Reflita se você quer mesmo essa reconciliação e se ela fará bem para você.

 

Ouça o que ele tem para lhe falar com atenção

 

Durante o diálogo proposto, não tome conta da situação por si só. Abra espaço para que ele também se expresse e diga o que pensa. E, se ele o fizer, escute com atenção.

É provável que você se surpreenda com a versão dele dos fatos e isso lhe dê mais argumentos para entender o que está acontecendo, evitando brigas recorrentes. Entretanto, se não concordar com nenhuma das palavras que ele disser, tentem encontrar um meio termo.

A melhor opção é ir diretamente aos fatos e não se deter somente em opiniões. Caso contrário, uma das partes pode fazer uso desse artifício para deturpar a real origem dos seus desentendimentos.

 

Demonstre todo o seu carinho

 

Se a conversa de vocês render frutos, demonstre algum afeto. Um abraço carinhoso é importantíssimo quando fazemos as pazes com alguém, ainda mais quando se trata de um grande amor.

Aproximar-se fisicamente para selar essa trégua é primordial. E certifique-se, nem que seja pela linguagem corporal, que ele realmente superou a briga. Tenha equilíbrio nas suas atitudes e observe o vínculo de vocês pelos próximos dias.

 

Expresse seu amor por ele

 

Além da aproximação física, também é preciso falar claramente sobre nossos sentimentos. Não fique bajulando ele exageradamente nem diga que ama a todo instante. Mas fale sobre seu amor.

Seja honesta, elogie a personalidade dele, fale sobre o quanto vocês estão crescendo e aprendendo juntos. Frases mais pensadas e menos clichês são ótimas para que ele perceba o quanto realmente significa para você e vice versa.

 

Inove e surpreenda

 

No atropelo do dia a dia, as vezes nos falta tempo para fazer algo que há tempos desejamos. Aproveite esse momento para surpreendê-lo e deixá-lo feliz com alguma atividade que vocês haviam combinado de fazer e não se realizou.

Pode ser um filme que queriam ver e deixaram passar, um passeio especial, uma viagem, aquela prometida inscrição na academia, qualquer coisa que o deixe feliz. Vale até comprar ingressos de um jogo do time favorito dele.

Inove e surpreenda. O importante é ele perceber o seu esforço para fazer essa relação dar certo.

 

Seja uma pessoa mais cautelosa

 

Depois que vocês tiverem superado o desentendimento, reflita sobre tudo que aconteceu. É sempre bom realmente aprender com momentos difíceis como esse para não repetir os mesmos erros. Evite passar pelas mesmas situações desagradáveis novamente.

Isso não quer dizer que você deva se transformar numa pessoa diferente de quem você realmente é. O objetivo desse relacionamento não é somente agradá-lo.

 

Não exagere nos seus esforços

 

É importante se dedicar para alcançar um objetivo. Todavia, não exagere nos seus esforços de reconciliação com o gato. Não deixe transparecer que você está desesperada. Tudo tem limite.

Se você começar a ligar sem parar, mandar muitas mensagens, dizer que ama a todo momento, isso tudo pode afastar ele ao invés de reunir vocês dois. Não demonstre insegurança nas suas ações. Se ele realmente gosta de você, vai se reaproximar no tempo dele.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: