Como Evitar um Rompimento com seu amor

Como Evitar um Rompimento com seu amor
Avalie esse artigo

Não se engane, a vida a dois não é como um rio longo e quieto, pelo contrário, é bem conturbado. Nesse artigo nós vamos explicar como cultivar o amor, a confiança e o respeito entre o seu casal, para evitar a separação.

Qual é o verdadeiro cimento do casal?

A confiança é o principal pilar de um relacionamento, ser capaz de ver além de somente as aparências. Há uma diferença, quando seu parceiro chega em casa tarde e vocês conversam sobre o motivo, e você confrontá-lo. É muito melhor você dizer “Querido, porque você chegou tão tarde?” do que dizer “agora você vem para casa”.

Quando uma pessoa já lhe deu provas suficientes de amor e integridade, você pode interpretar as circunstâncias com simpatia, porque muitas vezes há uma explicação para que aquilo tenha acontecido. Você pode até mesmo ser uma especialista em comunicação, mas não será capaz de fazer a economia total do “problema de comunicação”.

Há sempre um risco de incompreensão. A única saída é a confiança que transcende a linguagem e as ações. O sentido do casal é trabalhar o “sentimento de alteridade”: você sente dor quando está triste e fica feliz em vê-lo florescer.

Quais são os principais inimigos do casal

O pior do casal é a demonização da outra pessoa. Quando há um conflito, vemos o outro através de um prisma distorcido. Como em uma seita onde a pessoa percebe seus parentes como inimigos, e as pessoas que querem seu fracasso como aqueles que a querem bem. É por isso que você tem que falar e trocar ideias, e especialmente não se enredar no silêncio e na sua própria “cabeça”.

Orgulho: não há pior inimigo do que orgulho. Um bom aluno fará perguntas “bestas”, mas é assim que ele vai seguir em frente. Um homem sábio sabe como se questionar e reconhecer seus erros quando necessário, e pedir perdão se necessário. À procura de compromisso não é o caso dos orgulhosos.

A terceira armadilha dos relacionamentos é o “eu” que mata o “nós”. Ocorre exatamente quando todo mundo só pensa em seus próprios interesses e necessidades, sem pensar no outro. Leva a duas paralelas que nunca se encontra. Egocentrismo, egoísmo, é o oposto de um relacionamento saudável. Um casal deve receber, mas também doar. Ser capaz de amar é muito mais importante do que ser amado.

Qual é o erro a se evitar quando você está em um relacionamento

Fazer a cabeça. É uma “energia negativa” que não conserta nada, ou mesmo agrava a situação. É como quando se trata de criar um filho, é melhor dizer o que fazer do que dizer o que não fazer. É melhor dizer “fique bem” ao invés de “Pare de comer como um porco”. Em vez de dizer “você nunca me oferece nada “, diga “me faria feliz que você me oferecesse rosas “.

A mensagem positiva é sempre melhor que a negativa e, acima de tudo, é mais eficaz. A reprovação, não. A observação, sim. Então fale e diga o que está errado e o que você espera do seu parceiro gentilmente, não de forma a criticá-lo sempre, ou fazê-lo ficar desconfortável com alguma situação.

Quando devemos nos resignar e aceitar que não pode mais funcionar

O mais importante é não cair no desespero, pensar que você está num beco sem saída, uma ida sem volta. Acontece que muitos casais, a priori, acham que não existem sequer uma chance de que conseguir recuperar o relacionamento, e ainda assim tudo foi arranjado. Hoje eles estão apaixonados, e muito melhor do que no começo da relação.

Não acredite nisso, não é porque você acha que não sente mais nada, que isso necessariamente é verdade. Há cidades inteiras enterradas sob toneladas de areia, elas estão sob seus pés, e ainda assim são invisíveis. Como o cobre, às vezes é necessário esfregar para recuperar seu brilho. Há brasas que se acredita serem extintas, mas soprando sobre elas, o fogo é reacendido.

O único método é tentar reparar realmente investindo no relacionamento, fazendo esforços, e não confundindo “problema pessoal” e o fim. Durante este período, é necessário ser indulgente e imaginativa.

Se depois de você ter feito todos os esforços e ainda assim não funcionar, você vê que não há escolha, separe-se, mas com cortesia, como adultos e não como crianças. Isso permitirá que você saia sem arrependimentos e seja capaz de se reconstruir, porque para se “abrir” para uma nova história, é necessário fechar a anterior. Respeitar o outro é necessariamente respeitar a si mesma.

Seja a pessoa que vai transformar e recuperar seu relacionamento. Saiba escolher os melhores caminhos para percorrer e fazer com que isso aconteça. Só você e seu companheiro poderão fazer isso, mais ninguém. Nem sua família, nem seus amigos, nenhum deles poderá evitar que seu relacionamento chegue ao fim, apenas vocês mesmos.

Não pense que seus esforços serão em vão, nem mesmo se eles não funcionarem. Pense positivo, seja positiva. Tenha foco e fé que seu relacionamento voltará a ser um relacionamento saudável, onde vocês vão recuperar o amor, a confiança, a cumplicidade.

Confie no seu relacionamento, confie na força e no potencial que ele tem. Mostre a si mesma e ao seu companheiro que vocês ainda têm muita coisa para viver e compartilhar juntos. Aproveite cada sentimento e ponto positivo para reviver o melhor que vocês têm e dar continuidade a uma vida inteira juntos.

Um casal precisa estar sempre batalhando pela sua relação e preservando seu amor. Quem desiste na primeira dificuldade na verdade nunca amou seu companheiro, nunca quis de fato estar nesse relacionamento. Quando nós amamos verdadeiramente nós fazemos tudo e mais um pouco, superamos e passamos por cima de qualquer dificuldade ou situação, queremos acima de qualquer coisa estar junto e consertar as coisas.

Nós nos entregamos por completo e nossa única e principal meta é ter uma relação saudável com nosso homem. Se nossos esforços não dão certo, aí sim podemos, de fato, abrir mão e aceitar que realmente chegou-se ao fim.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: