Como fazer a Diferença em seu Relacionamento

Como fazer a Diferença em seu Relacionamento
Avalie esse artigo

No início de um relacionamento há toda aquela novidade, a excitação e os hormônios que ajudam a manter a faísca e a excitação vivas. E muitas coisas são feitas naturalmente: atenção ao outro, o tempo gasto com o casal, as pequenas atenções ou mesmo os presentes. Tudo vem naturalmente. Com o tempo, uma vez que a excitação da novidade e o efeito dos hormônios passam, a faísca declina. E as coisas ficam complicadas. As rotinas são instaladas, o trem impregna sua vida diária, o casal enferruja. E muitas coisas são corroídas. E as tensões podem até aparecer.

Ver também: Como um casal propenso a assumir dívidas enfrenta o problema (Técnica Matadora)

As coisas ficam complicadas

Pelo menos, as coisas ficam complicadas se você não for cuidadosa. Não é uma questão de reduzir um casal a uma receita simples. Especialmente porque, mesmo com a receita certa, é sempre possível perder um prato.

A vida de casal bem-sucedida requer paciência, compromisso, o desejo intenso de permanecer juntos e passar por todas as armadilhas. Mais concretamente, para ter sucesso em sua vida como um casal, deve-se demonstrar na vida cotidiana algumas ações, atitudes e princípios que irão pontuar.  Essas dicas simples podem parecer senso comum e auto evidentes. Mas você pode se surpreender com o quão importante eles são.  Além disso, você, em seu casal, dá a elas toda a devida importância?

A comunicação é a base de um relacionamento feliz

pode ler os pensamentos dos outros, pois o seu parceiro não poderá conhecer seus pensamentos, suas ideias, suas dúvidas e seus problemas se você não os expressar. E você não será capaz de conhecer os do seu parceiro se ele não falar com você sobre isso.

Os erros da falta de comunicação? Pequenos gestos que incomodam podem se tornar, ao longo do tempo, muito mais desagradáveis. O silêncio deixa a irritação crescer e explodir. Mal-entendidos simples podem levar a confrontos mais violentos.

Na verdade, é sempre melhor discutir, rápida e calmamente, qualquer coisa que possa obscurecer seu relacionamento e atrapalhar seus negócios. Qualquer problema que você possa ter com seu parceiro ou qualquer problema que possa interferir em seu relacionamento deve ser discutido com seu parceiro.

Você pode temer a reação dele ou não querer perturbá-lo. Você pode não estar pronta para falar. Eu entendo isso, mas manter silêncio só afetará seu relacionamento. Com o tempo, o problema só pode crescer, gerar frustração e se transformar em explosões de raiva.

A comunicação é essencial para neutralizar essas situações. Ela não vai resolver tudo, mas ela ajuda muito. Se você não entende o que seu parceiro quis dizer, fale com ele. Se você se sentiu magoado pelo seu parceiro, fale com ele. E como a comunicação funciona nos dois sentidos, esteja preparado para ouvir com atenção.

Nunca tome o outro como garantido

Outro mal: não tentamos mais seduzir o outro. Mas afinal, por que se importar? Isso já foi feito, certo? Sim. Mas isso não é uma razão. O seu parceiro precisa e quer ser seduzido sempre. Ele precisa e quer que você o deseje sempre.

Pode parecer clichê. Mas não há melhor maneira de manter a chama. E a receita é simples: faça o que você fez quando o cortejou. Um pequeno presente é sempre um prazer, especialmente sem motivo. Uma noite romântica e bem organizada de forma muito simples. Não esqueça os pequenos gestos tenros ou os elogios triviais da vida cotidiana. E então seduzir também significa permanecer atraente.

Dê ao seu parceiro um pouco de espaço

Passar tempo juntos é importante. Compartilhar uma atividade, um hobby ou um centro de interesse é tanto um cimento para o casal quanto um terreno fértil para a cumplicidade. Saiba como mantê-los.

No entanto, é igualmente importante passar algum tempo sem o seu parceiro. Claro, o tempo gasto em atividades profissionais não conta. Na verdade, funciona nas duas direções.

Você deve saber como tirar um tempo para si mesma. Você também deve saber como dar ao seu parceiro esse tempo e liberdade. Seja qual for o uso deste tempo e espaço: suas atividades favoritas, seus amigos, sua própria empresa. Você deve saber conceder a ele e a si mesma essa liberdade e não ser prejudicada por seu casal ou parceiro.

Esses momentos “sozinhos” são necessários para o desenvolvimento e a realização de cada parceiro de vida como pessoa e indivíduo por direito próprio. Para introspecção, crescimento ou conquista. Todos estes são momentos de respiração e descompressão. Além disso, uma pequena ausência será uma oportunidade para causar a falta do outro e do outro. E essas pequenas reuniões serão tantas ocasiões de ternura.

Não tenha medo de admitir seus erros

Isso é extremamente importante para manter a harmonia em seu relacionamento. Pode ser difícil para alguns reconhecer seus próprios erros ou, inversamente, admitir que seu parceiro está certo. No entanto, tomar esse hábito preservará seu relacionamento de qualquer problema do ego.

Também reduzirá o risco de frustração e ressentimento. Se você perceber que cometeu um erro ou estava errada, reconheça isso. Simples e honestamente. Quando você admite seu erro ou seu erro, você ganha em vários quesitos. Você ganha paz e calma em seu relacionamento.

Com o tempo, você ganha a estima, respeito e confiança do seu parceiro, e isso é inestimável. Da mesma forma, se você perceber que seu parceiro está certo, reconheça-o. Fazer o contrário é menosprezar seu parceiro e sua própria autoestima, não é reconhecê-lo como seu igual.

Confie no seu parceiro

Sem confiança, nenhum relacionamento pode sobreviver. Não dê mais importância a todas essas coisas idiotas e insignificantes que fazem você suspeitar e imaginar o pior.

Não é uma questão de mostrar felicidade absoluta: você não sabe o que o amanhã será feito. Então planeje e antecipe o pior. Mas não viva com isso em mente. Repito: nenhum relacionamento pode sobreviver a uma falta de confiança. Confiar completamente em alguém não é fácil. E isso não acontece do dia para a noite, isso é construído dia a dia.

Naturalmente, será mais difícil se você teve uma experiência ruim com um de seus relacionamentos anteriores. Se você foi enganada ou traição" rel="nofollow" target="_self" >traída por outro parceiro, você pode temer que a mesma coisa aconteça em seu relacionamento atual. E isso pode levar você a imaginar coisas ou culpar seu parceiro. É bem natural. Mas evite generalizar e lembre-se sempre de falar com seu parceiro. Não assuma nada, e não deixe seus medos estragar seu relacionamento.

Deixe o passado no passado

Você passou por um período delicado e alcançou uma resolução positiva? Parabéns! Agora, realmente deixe esse período delicado para trás. Você saiu positiva. Você aprendeu e cresceu como pessoa. Seu relacionamento cresceu e se fortaleceu.

Não cometa o erro de trazer histórias do passado. Não o use como uma ameaça ou como uma maneira de fazer com que seu parceiro se sinta culpado. E não pense que porque aconteceu uma vez, isso acontecerá novamente. Deixe esta história onde ela está. O que aconteceu já aconteceu e insistir em velhas histórias só envenenará sua felicidade presente e futura.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: