Como largar de um namorado infantil

Como largar de um namorado infantil
Avalie esse artigo

Qual é a primeira cena que te vem na mente ao pensar em um homem infantil? Provavelmente um homem com seus vinte e tantos anos que não sabe descongelar uma carne ou fritar um ovo, faz piadas ridículas, não trabalha e nem quer estudar, não sai da frente do videogame ou computador e ainda mora com os pais, né?

Mas fique você sabendo, que existem muitos caras aí nesse nosso mundo, que não são crianças bobas, mas sim imaturas quando o assunto é namoro/relação séria. Daquele tipo que se comporta como o homem maravilhoso dos seus desejos, mas age de uma maneira que te faz pensar dez vezes se ele vale a pena de fato.

Ver também: COMO ESQUECER O EX NAMORADO

Confira então algumas formas de agir que provam que o seu garotão é imaturo para se relacionar:

Não liga para as consequências: Ele toma atitudes normalmente com a cabeça explodindo, sem pensar no que pode vir a acontecer depois e não liga por que possa acontecer.

Só pensa em si mesmo: Não entendeu ainda que um relacionamento é baseado nas escolhas de duas pessoas, mas ele insiste em persistir que a palavra final sempre seja a dele, o que ele diz é o que tem que ser feito.

E claro, na cama é da mesma forma, acha que as coisas tem que ser do jeito dele, e dificilmente ele pensa em te fazer sentir prazer – ele só quer gozar e pronto, está ótimo.

É o amorzinho da mamãe: está sempre na barra da saia da mamãe, e não interessa o que você faça ou tente dizer, ele sempre ficará ao lado dela – deixando você nervosa e possivelmente com raiva de sua sogra.

Emocionalmente instável: Não sabe lidar com o que sente, e acha mais fácil guardar para ele ao invés de dar a real e jogar para fora. Isso com o tempo fará ele se tornar uma pessoa introspectiva sentimentalmente e estourada.

Não age de forma legal: Faz coisas propositalmente para te chatear por que acho isso legal, tipo quando vocês estão no meio de uma discussão e ele começa a fazer bobagens e pouco caso do assunto que estão tratando.

Brigas ridículas:Arruma brigas com você por coisas pequenas, tipo “poxa, você acabou com a bateria do meu celular? Eu queria jogar” e aí se cria uma guerra.

Desinteressado: Ele parece ter mais vontade de estar com os amigos dele do que com você, tipo quando você estava na quinta série, recorda?

Não tem utilidade alguma na sua vida: Apesar de ele ser uma ótima companhia, no fundo você sabe que ele é não presta pra nada por que ele nunca consegue te salvarcom nada. Seja na hora de tirar um pneu do carro, ou qualquer outra coisa, além disso ele não mostra a menor vontade em te dar uma ajuda.

Não tem afazeres: Não quer trabalhar e nem estudar… Ok, se vocês estiverem no colegial essa situação é muito comum e até aceitável, mas depois dos vinte e alguns anos, por mais bem sucedido que o cara possa ser, ficar em casa o dia todo só mostra que ele é um preguiçoso sem ambição e que não sabe lidar com coisas que são importantes.

Como lidar com a infantilidade

Ninguém quer ser mãe ou pai de alguém que entrou em sua vida para uma relação afetuosa, ninguém consegue aturar isso, esse é o ponto. Atitudes de rebeldia, preguiça e manha, são conhecidas em crianças uma certa idade.

Bajular alguém de forma excessiva, é o mesmo que planejar o estrago da vida dela, pois após isso, ficará sempre fazendo manhas até conseguir o que almeja. Coisa de neném resmungão.

Educar uma pessoa assim, é missão bem complicada, mas pode se começar por não fazer as vontades dessa pessoa sempre que essas mostra para conseguir o que querem.

O ideal é saber falar não, mesmo que de forma calma, porque abrir mão sem impor limites somente deixará seu namorado mais infantil com o tempo.

Mostre os erros dele, fale que isso não é papel de um homem e nem de uma criança sábia, de verdade. Converse com jeito, demonstrando o que é ser imaturo.Mostre a ele os benefícios de ser uma pessoa com maturidade, do entendimento, de ser um exemplo quando se trata de responsabilidade. Coloque algumas tarefas para que ele faça com constância.

Cheque, depois, como ficaram os resultados. Se ele não conseguiu, monte novamente outra quantidade de tarefas para que ele resolva. Exija esses resultados, mas com jeito manso!Quem gosta e ama, ou gosta muito de alguém, às vezes se coloca à situações bem ruins, até humilhantes, por isso, note se vale apena todo essa dedicação.

Não seja mãe e pai, muito menos a moça que cuida dele, seja apenas autêntica, cobre dele atitudes que sejam normais de um namorado de fato. Se nada disso vir a dar certo, parta para outra. Talvez um dia vocês se reencontrem e ele esteja mais maduro e disposto a estar com você, como você merece.

Como definir uma pessoa infantil

É fácil saber se você namora alguém considerado infantil: Normalmente ele é aquele adolescente que enxergou um abismo quando pensou na responsabilidade que teria ao ser adulto, tem as ilusões de ficar rico jogando todas as semanas na loteria (por isso não quer trabalhar).

Além de sonhar em se casar com uma mulher rica e sobreviver em cima do dinheiro dela, ele ainda vive em um mundo cheio de ilusões e se alimentado pela presença da mãe e do pai que passa mão na cabeça.

Ele é bonito e suas conquistas não acontecem pelo intelecto ou profissão, mas por sua sensualidade, já que é muito erótico. Nada deixa ele satisfeito, a não ser que a atenção seja sempre preferencialmente para ele.

Tudo é “perda de tempo” e não consegue se colocar e sentir a dor que o próximo sente. Quando está em uma relação, pensa desesperadamente em sair dela. Quando se liberta, pensa em retomar.

Ele dificilmente tem dinheiro (está sempre com o telefone cortado, se aproveita dos amigos) e quando conquista algo, quer que todos notem. A namorada recebe juras de amor e de fidelidade, mas é só ele conversar com alguém em um momento que esteja chateado com ela para saber que o amado dá e cima de todas.

O foco principal dele, é seduzir mulheres fortes, independentes, divorciadas e mãe de adolescentes, pra que ele possa ter com quem brincar quando a mamãe sair. Seu mundo é feito de momentos mágicos e assim vive a vida.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: