Como lidar com as diferenças culturais em um relacionamento

Como lidar com as diferenças culturais em um relacionamento
Avalie esse artigo

Se relacionar com alguém que seja de uma cultura diferente que a sua, pode ser algo que venha a dar certo? A resposta é sim, e não é porque vocês sigam ideais diferentes que o relacionamento não possa dar certo. A diferença cultural em um relacionamento na verdade pode acabar criando momentos engraçados e divertidos entre o casal, desde que um respeite o outro e que saibam lidar um com o outro.

É muito fácil se apaixonar por alguém de uma cultura diferente, principalmente quando você está viajando à passeio ou quando simplesmente resolve morar um tempo fora do país.

Quando isso acontece você mal tem ideia das coisas que essa pessoa faz, você não conhece a cultura dessa pessoa, o que é totalmente normal, mas com o tempo você acaba aprendendo que precisa se adaptar a forma que essa pessoa vê as coisas e o mundo principalmente.

Ver também: Razões para você desistir dele e partir para outra

Você conheceu alguém de outro país e está com medo de entrar em um relacionamento porque não sabe como será lidar com duas culturas tão diferentes? Nós te ajudamos! Confira a seguir dicas para te ajudar a lidar com as diferentes culturas em um relacionamento.

Como lidar com as diferenças culturais em um relacionamento

1 – Respeite as diferenças

A principal razão para que um relacionamento entre pessoas de diferentes culturas possa funcionar é que ambos se respeitem, não apenas um ao outro como também as diferentes formas de agir que ambos apresentam.

Pode ser que alguma coisa que seu parceiro faça seja completamente estranho para você em um primeiro momento, mas do país de onde ele veio isso é algo completamente normal.

Seu parceiro pode estar acostumado com uma diferente forma de comer e principalmente uma forma diferente de se comportar em um barzinho ou um restaurante por exemplo, e até mesmo uma forma diferente de se comportar em um shopping, afinal ele tem uma cultura diferente, ele está acostumado a coisas diferentes e isso você não pode mudar.

Mas, se essa determinada atitude possa ser motivo de constrangimento, como por exemplo os Alemães, que costumam entrar nus em saunas enquanto no Brasil não temos esse costume. De qualquer maneira, é sempre bom ajudar e orientar seu novo parceiro.

Explique para ele que você entende que esse hábito seja parte da cultura dele, mas que no Brasil isso não é correto nem costuma ser comum de se fazer e com o tempo as coisas se tornarão aceitáveis e você aprenderá a lidar com essas situações sem maiores problemas.

2 – Imagine como é se relacionar com alguém que é completamente diferente de você

Mesmo que você siga a mesma cultura, provavelmente você acabe encontrando e se relacionando com alguém que seja completamente diferente de você. Quando isso acontece, além do respeito, é necessário aprender a lidar com essas diferenças em um relacionamento, você não acha?

Quando se tratam de culturas diferentes isso também funciona muito bem, mas é importante que você e seu parceiro saibam conciliar e estejam sempre prontos para conhecer mais sobre o que o outro está acostumado a fazer em seu dia a dia.

Você pode ensinar coisas sobre a cultura Brasileira enquanto pode aprender coisas diferentes sobre a cultura do seu parceiro, basta ser uma pessoa paciente, afinal seu parceiro é totalmente diferente de você em diversos aspectos.

Ensine seu parceiro coisas que ele não sabe, mostre a ele os mais variados tipos de comidas que você sabe que na cultura dele não existem, ensine seu parceiro como se comportar em locais que na cultura dele é completamente comum agir de uma forma que para nossa cultura seja diferente.

Toda a adaptação do seu parceiro quanto a sua dependem exclusivamente de vocês e da dedicação de vocês em aprender sobre essas diferentes culturas que vocês compartilham nesse relacionamento.

3 – Esteja pronta para as mudanças

Não é necessário que se faça uma mudança radical, você não precisa abandonar tudo o que sabe, sua cultura apenas para se dedicar a cultura do outro. Mas, você precisa estar aberta às mudanças e principalmente estar pronta para experimentar e isso vale para as duas partes.

Quando você visitar os pais ou a família do seu parceiro aproveite para conhecer a cultura diferente e tentar se adaptar aos costumes do lugar, aproveite para conhecer sem receios. O mesmo deve ser feito quando ele vier te visitar e com o tempo vocês já estarão acostumados e poderão até criar um meio termo entre os mistos das culturas.

4 – Tenha paciência

Quando algum conflito acontecer você não precisa se armar com pedras nas mãos. Tenha paciência e converse sobre o que aconteceu com a pessoa. Muitas vezes você precisará explicar o porque de estar agindo dessa forma, que isso está relacionado à sua cultura e o porque seu parceiro não pode agir de determinada forma.

Mas, a paciência será sua grande aliada no caso para que toda a diferença cultural não se transforme em um verdadeiro motivo de problemas entre vocês.

Caso exista alguma forma de agir do seu parceiro que seja constrangedora ou não seja considerada adequada, basta que você converse com seu parceiro e explique a ele que ele precisa aprender a se adaptar ao ambiente e para isso você também pode ajuda-lo, ensinando como se comportar em cada tipo de ambiente diferente.

5 – Aprenda a se adaptar

Você precisa aprender a se adaptar a forma de ser e de agir do seu parceiro, o que deve ser feito não apenas por você como também pela pessoa que você ama. Se adaptar não significa que você precise mudar e sim que você precisa aprender a compreender e que a pessoa precisa aprender a se encaixar em sua cultura, claro que de uma forma diferente ou em algum espaço diferente.

As adaptações são necessárias no dia a dia do casal, pois vocês vivem em culturas diferentes. Mas, da mesma forma como você precisa estar aberta a mudanças, você perceberá que com o passar do tempo tudo se acabará sendo natural.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: