Como lidar com traição virtual?

Como lidar com traição virtual?
Avalie esse artigo

Com a internet, é difícil saber o que todo mundo ao nosso redor está fazendo. Hoje há diversas redes sociais e ferramentas de comunicação online que você pode ampliar sua rede de contatos e conversar com diversas pessoas. Essa facilidade toda muitas vezes traz coisas que antes não existiam, como uma desconfiança e insegurança.

Relacionamentos são muito vulneráveis dentro das redes sociais. Tudo é muito exposto e todos enxergam o que você faz por lá. Sempre tem algum casal que discute por conta de algum comentário, foto ou uma conversa virtual.

Quem utiliza a internet e redes sociais está ciente de que isso pode acontecer a qualquer momento. E essas traições dentro do mundo virtual, devem ser um problema dentro do relacionamento?

Ver também: Fui traída! O que faço?

É preciso separar a vida real da vida virtual?

Quando a gente monta um perfil numa rede social, você está aberto para se comunicar com pessoas de qualquer lugar do mundo. Com isso, o resto do mundo começa a ter acesso as suas informações e seus dados pessoais, sabendo muita coisa a seu respeito. Isso pode ser bem inconveniente, pois sua privacidade vai perdendo espaço conforme tantas informações são compartilhadas.

É necessário ter um filtro no que é exposto em redes sociais. Não é realmente necessário colocar tantas informações ali. Tem que se pensar o motivo que está por trás de tanta exibição. Que vida você quer bancar nas redes sociais?

Traição no mundo virtual é diferente da traição do mundo real?

Para o relacionamento funcionar bem, é preciso que algumas regras ou alguns pontos fundamentais estejam afirmados. Por exemplo: confiança, amor, companheirismo e principalmente respeito pelo parceiro. São esses valores que fazem com que uma relação aconteça da melhor forma. Devem ser levados e pautados antes que alguma coisa aconteça para poder definir o que será feito em relação a isso.

Se você decide flertar com o gato do seu trabalho, seja fisicamente ou através da internet, é preciso que você entenda o que isso significa dentro do relacionamento. É sim uma falta de respeito com o seu parceiro, pois isso abre espaço para uma relação extraconjugal venha de fato acontecer.

Se você acredita que não tem problema, é bom você pensar se você gostaria que isso acontecesse contigo. Pensar no seu parceiro fazendo a mesma coisa. Pergunte para si mesma se você ia gostar se soubesse que ele mantem relacionamentos com outras mulheres virtualmente.

Provavelmente não iria gostar e se incomodaria com isso, mesmo que nada aconteça fisicamente. Assim como na internet e na vida real, a máxima a ser pensada é em como você reagiria se fosse o seu parceiro fazendo. Empatia é fundamental dentro de um relacionamento.

E como lidar com a traição virtual se ela de fato acontecer?

Da mesma forma que você está exposta na internet a diversas situações e pessoas, o seu parceiro também estará. Se você está desconfiada de que alguma coisa está acontecendo de diferente na vida virtual do seu parceiro, não tente dar uma de detetive. Não invada conta ou use as senhas dele para checar o que ele anda fazendo, isso além de uma atitude muito imatura e desnecessária, é crime.

O melhor a se fazer é tentar conversar abertamente com ele sobre as suas desconfianças. Explique porque você acha que isso está acontecendo, fale suas inseguranças e esteja aberta a ouvir o que quer que ele possa dizer, de forma madura para lidar com uma possível situação desagradável.

Se você acha que o que ele está fazendo é uma traição, você deve reavaliar o seu relacionamento para poder tomar alguma decisão. É muito difícil retomar a confiança assim que ela é quebrada, e terminar pode ser a melhor opção pois evita que os dois se machuquem ainda mais, insistindo numa relação que já está fadada ao fim.

Em primeiro lugar você deve entender que cada um tem uma forma de enxergar as coisas. O que para ele podia ser uma conversa inocente, sem malícia e segundas intenções, para você pode ter vários significados ocultos. Por isso conversar abertamente é sempre a melhor opção.

Você não pode deixar gerar uma paranoia em relação a isso e pedir para o seu parceiro compartilhar todas as informações sobre os perfis em redes sociais que ele tem com você. E também não deve permitir que ele faça o mesmo com você.

Há muitos casais que acabam compartilhando o mesmo perfil de Facebook, por exemplo. Para evitar que problemas como esse aconteçam. Mas na verdade isso gera um outro problema que é a falta de privacidade e de individualidade de cada um.

Não há motivo para estar com uma pessoa que você esteja sempre desconfiando e pensando na possibilidade dele estar te traindo. Isso não faz o menor sentido. Você deve pensar se toda essa sua desconfiança é fruto de uma insegurança própria ou se o seu parceiro realmente te dá motivos para ficar desconfiada.

O que importa é que vocês devam conversar sobre isso e o seu parceiro tem que fazer um esforço para amenizar a sua insegurança. Te dar motivos para você acreditar que ele não está te traindo virtualmente, muito menos na vida real.

Da mesma forma que você deve ter diversos grupos com as amigas, colegas de trabalho e ex colegas, o seu parceiro também tem o direito de ter. Ficar vasculhando o celular do parceiro assim que ele sai de perto é uma coisa muito feia. Você deve se permitir confiar no seu parceiro.

E como já foi dito, qualquer motivo que você encontre para desconfiar das atitudes dele, o primeiro passo é conversar e não partir para acusações. Se aquela atitude lhe pareceu suspeita, diga para ele que não se sente confortável com a forma que ele interage com outras mulheres nas redes sociais.

Tentem chegar num equilíbrio, sem privar um ao outro dos seus momentos particulares, mas sem dar liberdade para que cada um faça o que quiser fora do relacionamento. Isso tem que ser um consenso entre os dois.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: