Como Manter a Paixão Viva

Como Manter a Paixão Viva
1 (20%) 1 vote

Quando duas pessoas se conhecem e se apaixonam, elas vivem uma intensa paixão que se torna como uma lente rosa diante de nossos olhos: todas as outras nos atraem, nos excitam, cada beijo desencadeia um redemoinho dentro de nós. Tudo é natural, espontâneo, apenas o ritmo do coração é seguido. Com o tempo, perdemos esse entusiasmo e nos permitimos entrar nos pensamentos do casal, compromissos, distrações, o estresse do trabalho, as crianças, que levam a fugir e fazer até mesmo os amantes mais ardentes perder a cumplicidade.

Como fazer então para saborear os momentos em que a rotina e o tédio não exista? Como despertar os sentidos do parceiro? Neste guia você encontrará algumas dicas simples para manter a paixão viva e despertar memórias doces.

Para garantir que um relacionamento dure o maior tempo possível e sobreviva à vida diária, é necessário ter compromisso, paciência e compreensão mútua. Hoje, cada um de nós leva uma vida agitada e cheia de milhares de compromissos a serem cumpridos, mas a relação do casal não deve absolutamente ofuscar ou ser negligenciada. Por essa razão, compartilhar o que foi feito durante o dia melhora não apenas a comunicação com o parceiro, mas também ajuda a torná-lo parte daqueles momentos em que, por motivos de força maior, nosso ente querido não pode estar fisicamente presente perto de nós.

Ver também: Como Flertar da Maneira Certa

Devemos inspirar no parceiro o desejo e o desejo de estar conosco mais do que qualquer outra coisa no mundo, aumentando o sentimento sexual que certamente terá unido você no começo de sua história de amor.

Há muitos pequenos “truques” para manter a paixão viva e alta; uma delas é surpreender o seu parceiro organizando um jantar romântico com o uso de velas perfumadas e puramente alimentos “afrodisíacos” que certamente irão reacender o seu desejo. Então aponte para “depois do jantar”, talvez criando uma atmosfera íntima e relaxante; um bom CD e um sofá confortável irão ajudá-lo a tornar a noite agradavelmente perfeita.

Certamente para nós meninas, você não pode perder uma lingerie sexy e refinada que fará seu homem virar a cabeça. Por que não redescobrir o encanto do papel e deixar seus ingressos de parceiro onde você expressa seu amor? Diga a si mesmo que você se ama todos os dias, se abraça e se beija sempre que possível.

Cultivar a intimidade é um aspecto fundamental para quebrar o tédio e o cotidiano que sempre foram inimigos da paixão e do erotismo no casal. Nada deve ser tomado como garantido; entender as necessidades mútuas e tomar iniciativas é essencial para dar vitalidade ao relacionamento. Não se dê regras para fazer amor, mas abandone-se à paixão quando isso for necessário; deixe-se levar e, mais importante, brinque com seu parceiro.

Você pode facilmente seduzir quando menos espera; na verdade, a sedução começa bem antes de cruzar o limiar do quarto e pode ser experimentada de forma diferente todos os dias. Portanto, ouse e não tenha medo de deixar-se levar pela paixão que, se alimentada da maneira correta, acompanhará sua história de amor para sempre.

Manter ele, será que rola

Comece nem sempre dizendo os seus problemas e as ansiedades que o prendem: é bom poder sempre contar com uma pessoa, mas tenha cuidado para não exagerar. Sem se sentir excluído, respeite sua privacidade mesmo quando encontrar amigos; Outro conselho importante é não negligenciar o seu olhar e estar sempre atento aos cuidados pessoais: mesmo que às vezes ele pareça distraído, na realidade sempre o observa, e é melhor que você seja sempre bom; não faça isso ridículo na frente dos outros: esse comportamento, especialmente se repetido, irrita profundamente qualquer homem.

Aprenda a argumentar construtivamente, sem exagerar com ofensas e palavras agressivas. Em vez disso, tente definir regras básicas para o relacionamento e acompanhe-as o máximo possível. Seja criativo e dinâmico no sexo e faça-o sentir sempre o melhor amador que conheceu. Não ceda à armadilha da competição, especialmente profissional ou econômica: se você ganha mais de você ou se ele tem problemas no trabalho, você nunca faz sentir sua superioridade, já que esse comportamento leva a uma quebra segura do relacionamento.

Se não for o que a vida queria: Como definitivamente fechar uma história

Amar e ter uma pessoa ao seu lado é uma das mais belas alegrias da vida, se não um dos principais objetivos de todos; infelizmente, as coisas nem sempre são o caminho certo e, mais cedo ou mais tarde, pode-se achar que é necessário fechar definitivamente uma história ; uma variedade de soluções pode ser ouvida; Vamos ver quais medidas tomar para torná-lo o mais simples possível para ambos. O amor pode acabar, isso está estabelecido.

A primeira regra é: vamos pensar nisso! Analisamos os problemas, tentamos entender se eles são solucionáveis ​​ou quais podem ser correções válidas; se decidirmos fechar um  relacionamento, devemos estar cientes disso. A conscientização deve esclarecer nossas motivações para que possamos transmiti-las claramente ao nosso parceiro; se comunicarmos insegurança no que dizemos, a outra pessoa sempre nutrirá esse fio de esperança e nunca será completamente desapegada de nós, criando sofrimento inútil.

Depois de ter raciocinado e chegou à conclusão “fatídica”, tentamos fechar o menor tempo possível, precisamente à luz dos conceitos que acabamos de analisar; se as razões forem válidas, não sentiremos nenhuma culpa dentro de nós.

Agora, mais do que os comportamentos a serem implementados, vamos analisar o que é bom evitar. Não peça uma “pausa para reflexão”; só criaria uma agonia na relação com a consciência, em quem pede, por ter chegado ao fim e só querer atrasar o triste epílogo. Aceitamos imediatamente as consequências de nossa decisão no caso de ser unilateral e em nosso parceiro não estar de acordo.

Não nos deixe ouvir para “saber como vai” porque percebemos a falta daqueles que estiveram lá; permanecer bons amigos é uma solução a ser tomada apenas se for claro tanto na crença de que o amor acabou. Da mesma forma, não enviamos um pedido de desculpas, uma boa mensagem de texto do dia/noite.

Continuando, respeitamos a dor da outra pessoa evitando dizer frases como “reagir”, “você é uma pessoa adulta”, “a vida continua, virar a página”; às vezes o silêncio é a melhor prática. Nós não seguimos o caminho da falsa generosidade, culpando a nós mesmos; “Você merece um parceiro melhor do que eu”, “eu não posso fazer você feliz como alguém poderia fazer”, são palavras hipócritas típicas da falta de compromisso para tornar o  relacionamento feliz.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: