Como Melhorar o Relacionamento Com Seu Marido? (IMPERDÍVEL)

Como Melhorar o Relacionamento Com Seu Marido? (IMPERDÍVEL)
Avalie esse artigo

A primeira coisa é pensar que é uma entidade dinâmica. É composto de duas pessoas com diferentes maneiras de ser e pensar. No mundo ideal, essa atuação em um relacionamento de mão dupla deve ser sincronizada para funcionar. Às vezes não é assim. Na marcha da construção do amor, pode haver diferenças que causam tensão. Se você não cuidar deles, progressivamente, eles podem criar grandes complicações em um nível emocional, comunicativo, afetivo, sexual, financeiro … em suma.

Então, quando se trata de melhorar seu relacionamento, o desafio começa com a melhoria do tratamento das diferenças. Como fazer para que esse processo não se torne um inimigo do relacionamento? Como lidar com as diferenças individuais para que esta unidade não seja afetada por duas pessoas que querem se amar e construir um projeto de vida?

2 princípios para melhorar seu relacionamento

Antes de entrar no conselho que quero compartilhar hoje, vale a pena pensar que existem dois princípios que governam tudo. Estes são: Suponhamos que estamos ambos do mesmo lado e que estamos interessados ​​no bem-estar. Portanto, não somos inimigos. Um esforço importante deve ser feito para aliar-se e traçar objetivos comuns.

Dois, o amor implica escuta e compreensão, tolerância e aceitação, negociação e abertura para que nada que aconteça no relacionamento possa se tornar um elemento de pressão.

Sob esses dois princípios, há 10 dicas e 10 ideias que quero compartilhar com você. Talvez eles possam ajudá-lo a visualizar melhor o relacionamento e deixar claro que o amor é um processo de construção. Como melhorar seu relacionamento? Três palavras essenciais: Respeito, amor, compreensão!

Um: altere posições individuais destrutivas

Eu acho que cada um de nós pode identificar quando ele tem um conjunto de expressões ou atitudes que complicam a situação. Vou dar um exemplo: o capricho que o leva a dizer “NÃO”, simplesmente porque você se sente bem. Que bom é uma atitude caprichosa? Você é bem vindo e você não pode me dizer que não sabe.

Dois: identificar atitudes que podem ser construtivas

Isso implica um bom autoconhecimento. Se você sabe que está irritado, tenso ou chateado, identificar que precisa de um espaço de silêncio é essencial para agir com prudência e assertividade. Se você sabe que hoje não é um bom dia para conversar, por que provocar uma discussão? Talvez seja melhor dizer ao seu parceiro: “Olha, eu preciso de um espaço para mim”.Você pode assistir TV, passear ou tomar banho. Tudo o que contribui para a sua regulação emocional.

Três: respeite espaços de casal

É importante melhorar o seu relacionamento para abrir espaços em sua agenda que permitem compartilhar longe de distrações. É importante ter conversas agradáveis, calorosas e próximas. Um dos inimigos dos relacionamentos está associado à falta de espaços para compartilhar em bons termos e sintonização positiva.

Você abre espaços para compartilhar e dar ao relacionamento uma sensação agradável? Isso no final prepara os dois para qualquer discussão saudável. Espero que esta pergunta sirva para a auto-análise.

Quatro: sempre tente tratar a outra pessoa sob a premissa de deixar um perfume suave e delicado

Se você for falar sobre qualquer coisa ou tocar em um assunto difícil, sempre tente fazê-lo da melhor maneira. Todos nós podemos administrar a linguagem e definir quais palavras vamos tirar da boca. Evite tristeza, dor e feridas que não podem ser curadas. Não é sobre não nos expressarmos. Você tem que fazer isso de forma construtiva.

Cinco: toda interação deve ter como objetivo criar uma sensação de conforto

Não importa o assunto ou a situação que surge. Sob a premissa de respeito, escuta e compreensão, proponho o desafio de colocar tudo de tal maneira que seu parceiro se sinta confortável com você. Que todos possam ser e se expressem sem medo. Quando trabalhamos ativamente para criar um clima agradável, criamos espaços férteis para melhorar seu relacionamento. Esta é a base que mantém o amor.

Seis: analise muito bem porque algo te incomoda

Nos relacionamentos de casal, às vezes, ficamos difíceis, exigentes e irritantes. Nós definimos coisas que não gostamos, ponto final. No meu trabalho como terapeuta, percebi que, nessas situações, costumamos dizer automaticamente: “Eu simplesmente não gosto”, “não sei porquê, só sei que isso me incomoda”. Porque assim?

Verifique muito bem se é a sua maneira de ver, perceber e sentir as coisas. Isso não precisa ser complicado no final. Podemos nos abrir um pouco e rever por que não gostamos de algo. Talvez pudéssemos mudá-lo ou mudar nossa percepção. Se você se permitir ser tolerante, muitos desconfortos podem desaparecer. Como melhorar seu relacionamento? Três eixos fundamentais: Divirta-se, trabalhe em equipe, aprenda a dialogar.

Sete: fazendo do relacionamento um espaço divertido

Um casal que tenha um bom relacionamento com o relacionamento cria um clima propício ao bem-estar. Prazer desenvolve uma percepção emocional mais equilibrada. Propus uma visita ao cinema, jantar, passear, fazer uma dieta juntos, ir a uma aula de dança ou ao ginásio. O desafio é ter um bom tempo.

Tente se divertir uma prioridade. Sair da rotina e construir um espaço de descanso que lhes permita ter um encontro agradável, sem dúvida, ajudará a melhorar seu relacionamento.

Oito: Trabalho em equipe

Ambos os membros de um casal têm o dever e a responsabilidade de contribuir para o relacionamento. Tudo é trabalho de dois. Todos os tipos de iniciativas, se forem assumidas como responsabilidade dos dois, sempre trazem benefícios. Tudo contribui para ter um bom sexo e sair da monotonia.

O desafio que ambos têm é conseguir a capacidade de ser receptivo nas propostas de seus parceiros. Também seja criativo de uma forma que ambos construam um relacionamento recompensador. Quando a iniciativa é apenas uma, o relacionamento torna-se tedioso e frustrante.

Nove: Aprendendo a dialogar

Em face de problemas e divergências, se conseguimos falar de forma assertiva e entender o que aconteceu, temos sucesso. Temos que manter as conclusões, os acordos e as propostas. Panos sujos são salvos. Eles não são removidos quando o assunto é colocado na mesa e resolvido.

Eu sei que às vezes não é fácil traçar um caminho. Há dúvidas, medos e ambivalências. Como melhorar o seu relacionamento? Escolha o que os faz crescer. Em um relacionamento que passa por um momento ruim, a chave é poder propor ações que dêem uma virada positiva de maneira radical apenas se você fizer propostas. Eu convido você a ouvir este áudio:

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: