Como reconquistar de uma vez por todas um relacionamento que vai e volta?

Como reconquistar de uma vez por todas um relacionamento que vai e volta?
Avalie esse artigo

Muitos casais, quando sentem que a relação parece não está lá essas coisas, ou sente que ela se tornou algo raso, pesado e que traz mais tristezas do que felicidades, optam por darem um tempo.

Para uns, essa opção pode levar ao fim inevitável. Para outros, um recomeço era tudo que eles precisavam para trazer novos ares ao relacionamento.

Ver também: O que fazer quando o namoro cai na rotina? Como reconquistar os velhos tempos?

Por que tantas indas e vindas?

 Pode ajudar no problema saber o porquê que vocês voltam tanto. Já pensou que vocês podem estar em uma relação destrutiva e viciados em briga? Não é incomum.

Alguns companheiros provocam brigas porque sentem falta da adrenalina, da briga e da confusão. É um comportamento destrutivo que precisa de terapia.

Você pode não ser a parte viciada em problemas, mas o outro pode e por consequência você estará envolvido em brigas que pode causar danos emocionais sérios.

O motivo de tantas idas e vindas também pode ser a não aceitação da personalidade do outro. Você pode gostar bastante ou ele, mas as suas manias ou forma de pensar tornam as brigas mais frequentes.

Isso também pode fazer a relação ir e vir bastante, como também terminar de vez por incompatibilidade de gênios.

  • Afinal, terminar e ficar voltando é algo bom ou rim?
  • Será que essa é o melhor jeito de resolver os problemas?
  • O que dá pra fazer nesses casos?

Talvez não haja uma verdade absoluta para essas perguntas, mas espero poder iluminar alguns caminhos. Uma prévia Você deve conhecer (ou esse pode ser o seu caso) casais que terminam o namoro quase todo mês.

Quando essa história de terminar e voltar se repete com frequência, as pessoas ao seu redor começam a não levar tão a sério seu sofrimento.

Acontece que nem sempre essa é a melhor opção. Seja por conveniência ou comodismo, terminar/voltar muitas vezes pode revelar que vocês não são tão maduros assim pra encarar as dificuldades de um relacionamento.

Namorar é muito gostoso, desde que a relação não nos afunde como pessoas, mas acabe por revelar nosso melhor lado.

Não é solução Claro que existem exceções.

Mas terminar e voltar toda hora é achar que, ao fazer isso, todos os problemas existentes entre vocês irão sumir. Talvez o medo de ficar sozinha (o), a carência, ou até mesmo o sentimento que você sente pela pessoa fazem com que você tente voltar àquilo que o namoro era no começo. O problema é isso é quase impossível.

Os sentimentos amadurecem e a relação muda conforme o passar dos meses. Certos hábitos e atitudes que havia no começo podem e devem continuar a fazer parte da rotina de vocês.

No entanto, esse método de terminar/voltar repetidamente pode até ser benéfico em alguns casos. Casais que namoram há muito tempo podem chegar à conclusão de que precisam repensar aquilo que sentem um pelo outro, podem ter percebido que a individualidade se perdeu em algum momento.

E esse tempo pode ajudar a fazer com que a gente se encontre novamente e reveja a relação com outros olhos. Pode acontecer também do casal concluir que não combina mais, e aí a relação tem um fim mesmo.

Ou então, ela volta com mais força ainda e pode até terminar em casamento, como eu mesma já vi.

O que fazer, então?

Primeiro você tem que ter uma conversa franca consigo mesmo. Só quando entendemos o que se passa dentro da gente é que conseguimos lidar com nossas frustrações e anseios frente ao outro.

Analise a relação e reveja se ela está lhe fazendo mais mal do que bem. Por que sabe de uma coisa? A maioria dos problemas pode ser resolvida com uma conversa sincera.

Quando a gente entende que ninguém muda porque queremos, que ciúmes não leva a nada e que amor de verdade é mais livre do que imaginamos, o relacionamento fica mais leve.

Entretanto, não espere também que uma conversa será capaz de resolver tudo se o problema estiver em você ou se os sentimentos não existirem mais.

Se você fica nessa de terminar/voltar porque tem medo de colocar um fim à relação e depois perceber que fez a escolha errada, saiba que esse é um risco que todos aqueles que namoram estão expostos.

Fazemos escolhas a todo o momento, e nem sempre acertamos. Que dirá então quando o assunto é manter um namoro equilibrado, saudável e que satisfaça a ambas as partes.

Terminar um relacionamento não é fácil

Acontece que mentir pra si mesmo e iludir outra pessoa é pior ainda. Se você sente que o movimento de ping-pong é pra camuflar algo que não vai bem, então coloque logo um fim e permita-se e permita ao outro viver novas experiências, inclusive as amorosas. O número de vezes que você termina/volta é proporcional ao seu medo de terminar de vez a relação.

O que só quem vive esse tipo de relacionamento entende

1. Em tantas idas e voltas, vocês nunca conseguiram descobrir o que há de errado com vocês dois.

2. Até porque, cada término é uma briga diferente!

3. E toda essa confusão te faz pensar que você não está pronto(a) para algo sério e que você precisa “curtir a vida”.

4. Mas como, se agora você já se apegou a ele(a)? E pior: você sabe que é recíproco!

5. E por causa desse sentimento todo vocês não conseguem se desprender um do outro…

6. Os amigos de vocês já não conseguem colocar mais fé nesse relacionamento.

7. Todas essas brigas (sejam briguinhas ou brigões), querendo ou não, já desgastaram demais o relacionamento e os sentimentos de vocês.

8. O que às vezes te leva a pensar que vocês só ficam voltando por causa da comodidade – por já estarem acostumados a ter um ao outro na vida.

9. Nesses intervalos das idas e voltas ambos já tiveram que conciliar casos paralelos (o que só aumentou as intriguinhas e os ciúmes entre vocês).

10. Muitas vezes foi preciso colocar na balança os prós e contras do namoro para saber se o relacionamento ainda valia a pena.

11. A questão é que: juntos, vocês parecem prisioneiros um do outro, sempre brigando e se limitando; mas separados, vocês morrem de saudades um do outro e daí todos os problemas desaparecem.

12. Inevitavelmente você sabe que em algum momento vai chegar a hora de decidir se vaiou volta– e sinceramente, no momento, você não faz ideia!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: