Como Reconquistar Um Amor

Avalie esse artigo

Nas primeiras semanas de namoro, tudo é uma maravilha. Ele é o homem ideal, romântico, carinhoso, simpático… enfim, tudo o que você sempre sonhou.

Mas, com o passar do tempo, as discussões começam a aparecer. Primeiro porque ele quer jogar futebol com os amigos quando você tinha planejado uma noite romântica ou ele reclamando que você fica tempo demais no cabeleireiro.

As discussões entre casais são comuns e não há necessariamente nada de errado no seu relacionamento. O problema aparece quando as chateações são muito constantes ou duradouras, pois podem esconder uma crise, ou mostrar que um dos dois não está satisfeito com a relação.

Ver também: Perdoar Para Ser Perdoado, Entenda Como Fazer Isso!

Como lidar com as discussões

Quando há boa vontade, tudo pode ser resolvido com uma boa conversa. Mas é preciso saber fazer isso.
Se você está descontente com alguma coisa, não finja que nada está acontecendo, nem espere que as coisas se resolvam sozinhas. Para melhorar a relação ou para colocar um fim nela se for necessário, conversar é a solução. Mas é preciso saber discutir.

O que não fazer:

  Não demonstre desprezo pelo seu companheiro, nem fique lembrando tudo o que ele fez de errado desde que vocês se conheceram.

  Frases como “eu disse” ou “eu sabia” estão proibidas. Você também faz coisas erradas, lembra?

  Não chore nem faça chantagens para fazê-lo ceder. Ele vai se lembrar para sempre disso. Não imponha a sua opinião sem ouvir a dele.

  Nunca diga “não” antes de começar a discutir: tudo pode ser negociado.

  Não o interrompa enquanto ele fala. Escute até o final e só aí dê sua opinião.

  Não discuta em lugares públicos nem o coloque em situação em que ele possa passar ridículo. Roupa suja, segundo o ditado, se lava em casa. Você odiaria que ele reclamasse de você na frente das suas amigas.

  Sexo não resolve os problemas. Quando você sair da cama, eles continuarão a existir.

Às vezes, resolver as diferenças envolve uma pequena negociação, na qual ambos precisam fazer concessões. Se ele gosta de dormir com a janela aberta no inverno, talvez você goste de acordar com a música do rádio. O importante é que, depois das negociações, vocês continuarão dormindo juntos.

“Imagina! Eu? Olhando para aquela moça de calça rosa?” Esta afirmação soa familiar aos seus ouvidos?

Mentiras que eles contam

É somente mais uma das mentiras que constam no arsenal masculino. Se você já ouviu esta pérola, sinta-se feliz, pois você é uma pessoa normal. Aliás, se nunca tivesse escutado, não seria você a anormal, mas, sim, seu namorado, marido, ou aquele pretendente do trabalho. Afinal, quem não conta uma mentirinha dessas de vez em quando?

Além das mentiras esfarrapadas, existem aquelas da categoria “para o bem da humanidade”. ”

Na verdade, quando mentem é porque precisam. Para proteger o outro – e de preferência, a outra. Foi assim com a mãe, a namorada, a mulher, a sogra. Questão de sobrevivência. Tudo pelo bom convívio social.

Os homens só mentem, no fundo, para poupar as pessoas, e, sobretudo, para o bem das mulheres”, afirma Luis Fernando Veríssimo, cronista e observador bem-humorado do cotidiano brasileiro, em seu livro As mentiras que os homens contam.

Sem expectativa

Em alguns casos, o parceiro mente, você sossega e o assunto “nós dois” vai sendo adiado indefinidamente. É claro que, às vezes, eles entram neste jogo sem perceber, por pura confusão sentimental.

Aqueles que detestam conversar e, muito menos, expor os sentimentos são capazes de fazer ou falar qualquer coisa para escapar deste tipo de papo (especialmente quando estão pensando em cair fora do relacionamento). Nestes casos, a mentira aparece como uma solução fácil, rápido e “indolor”.

A pior vítima deste bombardeio emocional é a mulher apaixonada. Aquela que prefere não ver. Quem está enamorada quer tudo…

E, geralmente, prefere o mínimo ao mais ou menos. Por isso, listamos, aqui, dez mentiras para você ficar esperta. Elas fazem parte da infinita lista que os homens carregam na cachola. É claro que as mulheres também mentem, mas, convenhamos, são bem mais sutis e, muitas vezes… atrizes de primeira categoria.

Não existem fórmulas mágicas para um namoro funcionar, mas se você pode evitar certos problemas que ao longo do tempo podem desgastar um relacionamento, melhor. Confira um pequeno guia das manias que você deve evitar a todo custo.

Estas manias são as maiores inimigas de qualquer namoro ou casamento. Se você conseguir evitá-las desde o começo, terá mais possibilidade de manter a magia com o seu namorado e desfrutar de muitos e muitos anos de paz e muito clima de romance no ar.

Mas nem tudo é o paraíso. Não é só assumir uma postura independente e se esquecer que também existem os contras. Tudo depende do que você quer daquela relação. Se quiser levar isso adiante (e não ter somente a primeira e única noite), não pense que fazer sexo no primeiro encontro aumenta as probabilidades de vocês ficarem juntos. Esta é uma atitude completamente equivocada.

Tudo depende da sintonia de vocês: muitos casais deram certo depois de transarem logo de cara e outros, não. “ Sexo no primeiro encontro pode funcionar bem com um tipo de parceiro, e ser totalmente frustrante ou inadequado com outro”, afirma Haruo Okawara, psicoterapeuta especializado em terapia de casal.

Se você sentir um pingo de insegurança, é melhor não arriscar. Durante todo o encontro (jantar, cinema, teatro), você consegue sentir o interesse do parceiro. Se os olhares só se dirigirem às suas pernas, seios, etc, o que você acha que ele quer? É claro que isso não tem problema (afinal, você também está a fim); o ruim é se ele só quiser isso.

Portanto, se você tiver vontade de levar este relacionamento adiante e não suportar a possibilidade de ele não te ligar no dia seguinte, vá com calma e espere até se conhecerem um pouco melhor.

Ninguém melhor do que você conhece seus pontos frágeis, onde apenas um leve toque é suficiente para uma viagem às alturas. É provável, porém, que você desconheça muitas das zonas erógenas, responsáveis por estas viagens aos céus, do seu corpo e do corpo do seu namorado.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: