Como saber lidar com a guarda dos filhos 

Como saber lidar com a guarda dos filhos 
Avalie esse artigo

A separação não é um momento fácil na vida de muita gente, o sofrimento e a dor da separação fazem que o casal acabe se esquecendo de coisas muito importantes, nesse momento é normal que pensem mais em si, pois são os mais envolvidos na história. Mas no meio dessa turbulência toda os filhos ficam esquecidos e quando se dão conta não sabem o que fazer, seja para contar da separação ou para ajudar as crianças a lidar com a situação.

É preciso ter consideração pelos filhos em um momento tão delicado como esse, é importante que seja conversado e discutido com as crianças as suas preferências e ouvir a opinião deles, mas o mais importante é fazer eles compreender a situação da mãe e do pai separado, para que eles aprendam a conviver agora com famílias diferentes.

Ver também: Mulheres revelam frases constrangedoras que já falaram os pretendentes 

Procure ajuda profissional

Nesse momento delicado é indicado que você e seu ex companheiro procurem a ajuda de profissionais. Antes de mais nada a ajuda de um advogado para que seja resolvida a questão de guarda das crianças e de horários para visitas.

Dependendo da idade das crianças, podem ser levados em consideração a aproximação da criança tanto com o pai ou com a mãe, muitas vezes nesse caso, existe a guarda compartilhada, mas é importante saber a opinião da criança em relação a situação e com quem ela deseja passar a maior parte do seu tempo.

É legal procurar a ajuda de um psicólogo também, para que a cabeça da criança não fique confusa e ela saiba como lidar e como irá crescer após a separação dos pais.

Conciliar horários

Geralmente quando os pais se separam e os filhos são crianças ainda, eles tendem a sentir mais falta do casal junto, por isso deve ser mais difícil de lidar. Nesse caso é importante que os pais dediquem uma atenção maior aos filhos, para que não se sintam tão sozinhos e o que ajudará nisso, é conciliar os horários do pai e da mãe.

Conversem sobre os dias em que poderão ficar com as crianças e determine um horário, tente se informar das atividades que a criança irá realizar na presença do pai e vice versa, para que a criança se sinta importante, mesmo com a separação dos pais.

Filhos são a prioridade

Para o pai  e a mãe, os filhos devem ser prioridade. Não seja egoísta tentando pensar em si só como se eles não existissem, eles existem e podem estar sentindo muito mais do que vocês com a situação.

Crianças podem não demostrar tristeza fácil, porém podem até adoecer se ficarem se sentindo ignorados em uma situação, ainda mais quando envolve os pais. Por isso dê muita atenção aos filhos nessa fase, encontre apoio neles e faça com que eles se sintam confiantes com você e que ficarão bem com o pai também, os cuidados serão os mesmos o que muda é que não estarão mais juntos.

Não se desapegue

Quando a família está unida a conexão é mais forte, mas com uma separação isso pode  se abalar, mas cabe a vocês não desfazerem este nó, pelo menos com as crianças isso deve ser mantido.

Crianças são muito apegadas a família, pois é na família que encontram apoio e carinho. Com a separação da Guarda as estruturas podem se abalar , mas é necessário que os pais participem da vida dos filhos como se ainda estivessem unidos.

Datas especiais

No dia das mães, dos pais, das crianças e no aniversário , é muito importante os pais marcarem presença para que a criança não passe essa data em branco, o que pode prejudicar muito o crescimento e influenciar no comportamento das crianças.

Quando for dia dos pais, permita que os filhos passem ao lado do pai, e no dia das mães que passe com a mãe, e quando for aniversário da criança planeje que um dia antes seja de um dos dois ou dívida os horários do dia, para que a criança sinta se amada nessa data.

Infância a fase que marca

A infância é a fase da vida em que mais deixam lembranças  na gente, e não será diferente com seu filho. Por isso não crie traumas na criança e não faça pressão, esteja sempre presente e ajude a criança no que for possível. Tenha certeza de que quando eles estiverem adulto terão uma boa lembrança da infância mesmo com os pais separados.

Filhos adolescente

A adolescência é uma fase complicada para lidar  também, e quando ocorre a separação dos pais nessa fase, é comum os jovens se revoltaram e tomarem atitudes rebeldes ou até não entender a separação e entrarem em depressão. É preciso entender o lado deles também,  pois uma longa parte da vida eles viram os pais juntos e do nada ver os pais se separando é algo que pode machucar.

As crianças podem entender mais do que os adolescentes, pois a fase é propícia a alteração e mudanças, mas eles não estão acostumados. É preciso ter cuidado também ao cuidar da Guarda de um adolescente pois é algo que exige muita responsabilidade, pois essa fase é uma das fases mais difíceis na vida dos pais também, é preciso conversar muito com eles e tentar entender o que se passa na mente e no coração deles, mostrar que se importa e ser compreensiva; para que eles cresçam com a mente saudável e não tenham problemas quando adultos.

O diálogo é importante quando se trata da Guarda dos filhos, é um assunto delicado e que exige paciência da parte dos pais, é preciso que os pais demonstrem força, firmeza e bom convívio para que a melhor decisão seja tomada. Ouça o que os filhos tem a escolher e respeite a decisão deles, o respeito é muito mais importante.

Tudo deve ser deixado esclarecido para os filhos em relação a separação e como ficará a situação da Guarda deles, não envolva os filhos nos problemas pessoas do casal, como por exemplo o que levou a separação, não brigue com seu ex parceiro na frente das crianças para que elas entendam e vejam que ainda existe respeito entre vocês. O maior exemplo para  os filhos são os pais, por isso saiba lidar com a situação.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: