Como ter um bom casamento como as outras pessoas?

Como ter um bom casamento como as outras pessoas?
Avalie esse artigo

Há coisas que ajudam a construir um casamento e coisas que o destroem. Você viu muitos casamentos terminarem em divórcio. Mas não precisa ter medo de que isso vá acontecer com você. Você e seu marido podem passar por tempos difíceis, mas se vocês dois querem continuar juntos, vocês irão ter um casamento feliz.

Por agora, aqui estão algumas das melhores ferramentas secretas que casais felizes utilizam para manter um casamento feliz:

  1. Eles se conhecem de novo a cada dia de suas vidas

Pessoas mudam, e mudam diariamente. Nossas experiências mudam nossas visões e nossas visões mudam nosso comportamento. Muitas pessoas estão em um relacionamento com a pessoa que conheceram anos atrás. Elas não vêem que a pessoa mudou. Algum tempo depois, eles percebem que não conhecem mais aquela pessoa. Isso acontece com o tempo, mas às vezes leva anos para perceber.

Algumas vezes, essa compreensão chega tarde demais. Casais que querem assegurar um casamento feliz devem olhar um para o outro de uma nova maneira todos os dias e conhecer aquela nova pessoa. Olhe para a vida dele e tente vê-la através dos olhos dele. Isso pode te dar uma melhor compreensão do que passa pela mente da outra pessoa quando eles fazem as coisas que fazem.

Ver Também: Como saber se encontrei o homem ideal para me fazer feliz?

Onde há mais compreensão, há menos razões para se irritar. Ser capaz de entender alguém completamente é uma ferramenta de valor em qualquer relacionamento.

  1. Eles são realistas e entendem que pessoas cometem erros

A vida pode ser muito difícil às vezes e pode ser confusa. Se não estiver prestando atenção, você pode cometer um erro que pode facilmente destruir seu casamento e suas vidas. Mesmo as pessoas mais atentas podem cair em armadilhas sociais e magoar alguém que amam.

Vamos imaginar a seguinte história: uma mulher fica se perguntando se deveria ou não se divorciar de seu marido. Ele tinha cometido um grande erro. Foi uma grande traição para ela e para a família dela. Era difícil, porque ela realmente o amava. Vendo como o marido dela estava fora de si com a culpa e contrariado pelo que tinha feito, talvez, se ela decidisse perdoá-lo, as recompensas seriam ótimas. Ela também sabia que se o perdoasse, ele teria que se desculpar com sua família, o que ele fez prontamente. O casamento deles foi salvo.

Levou algum tempo e ela teve que resolver muitas mágoas e dor antes de se sentir normal novamente. Mas os dois se esforçaram para reconstruir sua confiança, seu relacionamento, e funcionou. Ela e o marido ainda estão juntos e seus filhos não tiveram que passar pelo terrível pesadelo de ver os pais se divorciando.

Com isso em mente, entenda que há pessoas que se recusam a assumir os erros e repetem comportamentos prejudiciais. Se você é casada com alguém assim, por favor, olhe mais de perto sua situação e veja se ela é destrutiva para você.

  1. Eles nunca, nunca traem seu cônjuge

Se você quer jogar uma bomba no seu casamento e destruir seu cônjuge, vá em frente e traia. Isso é a coisa mais devastadora que pode ser feita a outro ser humano. É como enfiar uma faca no coração do seu melhor amigo. Não faça isso.

Se você se detém por amor e respeito pelo seu marido, ótimo. Se não, entenda que amor e relacionamentos são muito emocionais para quase todo mundo. “Crimes Passionais” não são incomuns quando uma pessoa trai seu cônjuge.

  1. Eles se permitem discordar

Mesmo no melhor casamento, você e seu marido podem não concordar em tudo. Esperançosamente, vocês concordam um com o outro nas questões importantes. Se não, vocês têm que chegar a um acordo sobre elas para poderem continuar.

Entenda que quando vocês discordam em alguma coisa, é destrutivo ficar insistindo e tentar fazer o outro concordar com você. É melhor, nesse ponto, “concordar em discordar” e permitir que seu parceiro mantenha seu ponto de vista.

Se vocês se amam, vocês já têm muitas, muitas coisas em comum. Dedique-se aos pontos de concordância e deixe para trás os de discordância para ter um casamento feliz.

Adicionalmente, se você tem discussões ou desentendimentos com seu marido, não xinguem um ao outro nem digam coisas prejudiciais. Isso tem um efeito e o dano não pode ser desfeito com um pedido de desculpas. Essas pequenas cortesias devem ser regras se você quer que seu relacionamento dure.

  1. Assinalam as coisas boas de seus cônjuges

Depois de um tempo, você pode começar a ver apenas o que você acha que seu marido precisa mudar. Ao invés de ver apenas isso, procure as coisas que ele faz que você adora, e faça alarde sobre isso. Você ficaria surpresa ao ver como eles reagem. Todo mundo quer ser assegurado de que eles estão mais certos do que errados. Dê a eles esse presente. Apenas isso, feito pelas duas partes, poderia completamente reacender um amor perdido.

Não se esqueça de que se gabar do quanto seu marido é bom para outras pessoas também. Algumas pessoas podem pensar que isso é ostentação, mas isso me faz respeitar a pessoa que o faz. Se eles falam de seu parceiro de forma elogiosa, eu aposto que também falam de outras pessoas assim. Essa é a marca de uma grande pessoa.

  1. Eles se ouvem

Desentendimentos são estressantes para qualquer casamento, mas eles não têm que te destruir. Se seu marido está realmente chateado, e isso é uma coisa que ele tem tentado fazer você manejar, por favor, faça. Pegue suas meias ou faça um balanço do seu talão de cheques, se isso é um problema. Controle qualquer problema que se repita para que isso não cause mais ressentimento. Viver com alguém é difícil, e cortesia é importante.

Reconheça que a pessoa está chateada. Pode ser tão fácil quanto dizer “Poxa, eu vejo que você está mesmo chateado com isso!” Então ouça o que ele está tentando te dizer. Não se envolva ou faça com que se sinta mal por estar chateado, ouça e veja se você pode ajudá-lo a resolver o problema. Você se surpreenderia com quão rápido uma situação ou briga em potencial pode ser desarmada apenas reconhecendo os sentimentos do outro e estando disposta a ajudar a pessoa a resolver isso.

  1. Eles passam por inconvenientes para fazer coisas gentis pelo outro

É preciso tão pouco para fazer uma pessoa e um casamento feliz. Parar em um supermercado e comprar o sorvete favorito dele ou dar a ele um cartão que diz uma coisa amável é tão apreciado e tão fácil.

  1. Eles se mantêm em comunicação

Uma das coisas mais importantes que você pode fazer para manter um casamento feliz é a comunicação. A maioria das discussões começa porque houve alguma forma de falta de comunicação. Há muitas decisões feitas diariamente e sendo casada, algumas delas afetam você e seu marido.

Sempre que há uma decisão assim, mande uma mensagem ao seu marido para avisá-lo. Podem ser decisões simples como o que fazer pro jantar ou o fato de que você tinha alguns minutos extra e pegou as crianças mais cedo. Comunicação é o suporte principal de um casamento feliz e mais comunicação é sempre melhor.

Jantar junto é uma forma muito importante de reforçar a comunicação em uma família. Se seus horários não permitem que jantem juntos, separe um tempo diariamente para se unirem e se reagruparem. É uma hora vital para a família inteira.  Também compreenda que comunicação sobre coisas tristes devem ser contrabalançadas com comunicação sobre coisas felizes.

Comunicação é a cola que une famílias.

  1. Eles protegem e defendem um ao outro

Mesmo o casamento mais perfeito com parceiros dedicados pode ser destruído por ataques abertos ou dissimulados contra um cônjuge ou outro. Um exemplo estereotipado é o parente mediador que leva o marido para um canto e difama a mulher pelas costas dela. Também pode vir de alguém que tem um interesse romântico em um dos cônjuges.

Esses são ataques viciosos contra o casamento e a unidade familiar, incluindo os filhos. Isso destrói casamentos e aqueles que querem manter suas famílias reconhecem isso pelo ataque que é, colocando um fim a eles imediatamente.

Ataques podem nem sempre ser completos e evidentes. Na maior parte do tempo, são comentários farpados e críticos feitos com a intenção de “ajudar” ou “educar” a pessoa sob ataque. Isso debilita a validade e inteligência da vítima para aqueles à sua volta e corrói sua autoconfiança e autorrespeito. É uma forma covarde e dissimulada de bullying. É preciso coragem para se defender desse tipo de abuso, mas se não o fizer, perderá seu marido e seu auto respeito.

  1. Eles vivem suas próprias vidas

Você certamente já conheceu alguém carente. Lembra-se das meninas que se sentavam ao lado do telefone esperando uma ligação do namorado? Elas também se sentiam incompletas ou perdidas sem um homem. Essas pessoas se colocam em uma situação precária. Se seu mundo inteiro é uma pessoa e essa pessoa vai embora, seu mundo acabou.

Não existem pessoas felizes nesse tipo de situação. Mais cedo ou mais tarde, a outra pessoa se sente sufocada pela carência de seu parceiro e o relacionamento acaba. Os casamentos mais fortes são construídos sobre respeito mútuo e espaço. É importante que cada parceiro passe tempo com outros amigos ou interesses diferentes.

A vida de uma pessoa é como um bolo, e o relacionamento amoroso é como a cobertura. Sem o bolo, a cobertura não tem onde se apoiar.

Àquelas que estão infelizes e acham que um homem irá fazê-las felizes: encontrem a felicidade primeiro e então encontre o homem dos seus sonhos. Em outras palavras, faça o bolo primeiro e então encontre sua cobertura. Essa é a única forma que funciona para você ter um casamento feliz no futuro.

Estas ferramentas acima são valiosas e fazem de você uma pessoa valiosa para se ter por perto. Qualquer pessoa que consegue administrar relações pessoais é uma pessoa muito poderosa. Tornar-se proficiente com essas ferramentas te dá o poder de mapear o andamento do seu relacionamento e ter sempre um casamento feliz sem depender da sorte para te ajudar.

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: