Como ter um relacionamento mais romântico com seu parceiro de longa data?

Como ter um relacionamento mais romântico com seu parceiro de longa data?
Avalie esse artigo

Para manter um casamento longo sem perder o romantismo, é preciso mais do que amor. As expectativas quanto ao relacionamento e, principalmente, o que se espera do companheiro no começo da união é diferente do que se busca anos depois.

Portanto, o que faz um casamento durar é entender a necessidade e a importância destas adaptações ao longo da vida como um dos principais requisitos para manter a felicidade e o romantismo entre os dois.

Quem começa um casamento precisa saber que não existe relacionamento em que se viva só de beijos e às mil maravilhas. É inevitável que diversas situações no cotidiano do casal se tornem motivos para brigas e desentendimentos que podem colocar à prova o relacionamento.

Ver também: O que é preciso para um relacionamento durar?

Por isso, a convivência de muitos anos deve servir como um aprendizado e com o tempo, se aprende a distinguir o que é importante do que não é, quais situações e sentimentos são relevantes ou não.

Ter projetos em comum também é outra forma de se manter em sintonia com o seu amado. Pode ser comprar uma casa, organizar uma viagem ou simplesmente a criação dos filhos. O companheirismo é outro aspecto primordial.

Não existe uma fórmula exata, muito menos uma receita a ser seguida passo-a-passo por quem deseja ter um casamento longo e feliz. Entretanto, buscar formas de manter o romantismo, mesmo depois de muitos anos juntos, é uma maneira de manter aquela sensação boa, aquela felicidade do início do namoro.

É preciso conquistar o outro todos os dias e não deixar o casamento cair na monotonia. Isso não se limita apenas à vida íntima do casal, apesar de este ser um dos pontos que merece bastante atenção – e uma apimentada no sexo não faz mal a ninguém.

Maneiras de tornar a relação mais romântica

Toda relação precisa de pequenos gestos de carinho para manter o coração cheio, não é verdade? Mas no vaivém da rotina, das vidas atribuladas com o trabalho, problemas familiares, falta de tempo, dinheiro ou cansaço de sobra, muitas vezes ignoramos a necessidade de nos dedicar mais a quem está do nosso lado.

E é nessa que um toque de romance no  relacionamento vem para melhorar a situação. E não vale dizer “eu te amo”, não. A verdadeira declaração de amor está nas ações. Mas ninguém precisa ostentar esbanjando presentes caros ou declarações que podem fazer o parceiro até passar vergonha.

O legal mesmo são aquelas ações singelas, sutis, que só o outro vai perceber mas vai ser uma grande diferença. Não basta ser romântica, é preciso agir com romantismo, o que é diferente de ser uma namorada melosa ou chata. Veja algumas dicas que vão agradar qualquer tipo de parceiro!

Seja amorosa

Seja amorosa com o parceiro, mas não ao ponto de ser babona. Sorria quando estiver com ele, não só com a boca mas com os olhos; dê atenção ao que ele diz, olhe no olho, seja educada também.

Mostre o quão importante é o que ele diz ou o que ele pensa, converse mais, elogie mais. Elogios sinceros fazem o outro se sentir admirado, fortalece a relação e ainda aumenta o desejo sexual, além de manter vivo o amor romântico!

Aja com mais gentileza

Deixar o último pedaço da torta que ele tanto gosta, preparar um chá quentinho, gravar algo que ele queria assistir na TV mas não pôde, comprar um ingresso pro show que ele tanto quer ir, essas coisas. Inclusive prestar um auxílio, como buscar uma encomenda no correio se ele estiver ocupado no trabalho, enfim, atos de gentileza também são românticos quando feitos com muita boa vontade e amor!

Invente uma brincadeira de casal

Aqui dá pra ser criativa e também aproveitar e fazer algo útil para o casal. Um caderno de perguntas e respostas por exemplo. Além de divertir, ambos ficam mais próximos ao saber mais um do outro.

Dá para fazer uma pergunta diferente todo o dia – vale qualquer uma! Também dá pra separar um dia de “sessão nostalgia”, vendo fotos e bilhetes de outra época, do início do namoro. Essa volta no tempo resgata a paixão e o sentimento de união.

Arranje um horário do dia para um rápido encontro

Tomar um cafezinho numa tarde fria de inverno, entregar uma lembrancinha (como uma revista ou livro) no fim do dia, ou simples 10 minutinhos com seu amor para ficar nem seja só abraçadinhos, demonstra que mesmo com agendas incompatíveis dá pra fazer um forcinha só pra matar a vontade e a saudade de estar com o seu par!

Troque cartas ou bilhetinhos

Crie o hábito de escrever cartas de amor ou mensagens românticas, deixe um bilhetinho  carinhoso, divertido ou picante e deixe dentro da carteira. Ler o que o outro sente por você sempre estimula e reacende a paixão e o sentir-se amado.

Use a criatividade e separe uma cadernetinha para os dois deixarem mensagens um pro outro lá. Imagina chegar depois de um dia estressante no trabalho e encontrar uma frase de motivação do seu parceiro com as palavras que você realmente precisava ler naquele dia! Uma mensagem em áudio também vale!

Celebre pequenas conquistas

Pode ser o aniversário de trabalho do seu companheiro ou qualquer outra coisa: vale comemorar com um presentinho ou um jantar romântico! Todo dia é dia de celebrar a vida, pequenas conquistas e a união dos dois!

Planeje uma surpresa

Seja uma pequena ou longa viagem, um fim de semana no spa, uma noite sexy com direito a striptease, um restaurante chique, ou mesmo um piquenique no parque. Programar um dia mais especial a dois aquece a chama do relacionamento.

Dê presentes significativos

Aqui o segredo não é esbanjar, pelo contrário: o lance é apostar na criatividade e na intimidade que você tem suficiente para saber do que ele precisa ou gosta, sem precisar gastar muito. Por exemplo: um kit personalizado com várias coisas que ele adora: um ingresso pro partida de futebol no domingo, a foto sua que ele mais gosta, um vale-massagem, vale- beijo, um DVD da série preferida, bombons, um caderninho com uma lista dos motivos porque você o ama, etc!

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: