Como terminar um relacionamento amigavelmente

Como terminar um relacionamento amigavelmente
Avalie esse artigo

Deixar de gostar de uma pessoa não é algo incomum e pode acontecer em qualquer etapa de um relacionamento, seja nos primeiros meses de convivência ou após anos juntos.

Quando os sinais do desgaste começam a aparecer, o mais natural é que a pessoa fique confusa e com medo de tomar a decisão de terminar. Entre as maiores preocupação está a possibilidade de se arrepender, a falta de certeza do que realmente quer e o medo de ficar sozinha novamente.

Principalmente nos relacionamentos mais longos, todas essas aflições se intensificam e pode demorar muito até que a decisão de acabar tudo seja tomada.

Se você pensou muito, refletiu sobre o relacionamento e chegou à conclusão de que está infeliz e quer terminar, é preciso agora enfrentar o problema mais complicado: contar ao parceiro sobre a decisão.

Se a relação teve uma longa duração, é comum que a mulher queira acabar de forma amigável e sem magoar o companheiro. Porém, nem sempre isso é possível e a forma como a conversa final vai ocorrer será fundamental para que haja mais ou menos sofrimento no momento da separação.

Ver também: Como esquecer um amor não correspondido

Como agir na hora de terminar um relacionamento?

  • Pense com cuidado nas palavras;
  • Seja atenciosa e paciente;
  • Mostre que tem consideração;
  • Não jogue a culpa nele;
  • Não de esperanças;

Uma conversa difícil precisa iniciar com muita atenção e paciência para que não se transforme em uma briga. Para isso, é preciso medir as palavras, contar apenas os motivos pessoais e não jogar coisas em cima dele.

Mesmo que o motivo principal sejam atitudes dele, é preferível dizer que precisa de um tempo para si, por exemplo, do que falar que ele é muito ciumento ou pouco compreensível.

Se colocar a culpa no parceiro, as chances dele se justificar, apelar para promessas de mudança ou até mesmo tentar inverter a situação são grandes. Nesses casos, a conversa pode terminar em briga e mal estar para os dois lados, o que não é o objetivo.

Evite também dar esperanças apenas para não magoar o parceiro, pois essas esperanças podem machucar muito mais se não houver muitas chances de você mudar de ideia.

Outro detalhe fundamental na hora de terminar um namoro é ter consideração com o parceiro, seja pelo tempo que passaram juntos ou pela amizade que se formou na relação.

Nunca termine um namoro pela internet ou por telefone, pois isso significa falta de respeito com a pessoa e falta de coragem de encarar o problema de frente.

Terminar por telefone ou virtualmente é algo aceitável apenas nos casos de relacionamento a distância em que não é possível encontrar para conversar sobre o assunto.

E se ele não aceitar o término?

A reação do parceiro é a parte mais assustadora quando chega o momento de terminar o relacionamento. Há pessoas que reagem de forma tranquila mesmo com a rejeição, enquanto outras perdem o controle e acabam se humilhando e falando coisas que não gostariam de dizer, apenas pelo impulso.

Não é possível saber como ele irá reagir antecipadamente e, por isso, é necessário estar preparada para qualquer tipo de reação. Há chances dele se alterar, chorar e se humilhar e, nesses casos, é preciso agir com calma, respeito e paciência.

Não seja agressiva e tenha consideração pelos sentimentos dele, pois o momento poderá ser muito mais difícil para ele do que para você. É possível também que ele aceite bem inicialmente mas depois tome atitudes desesperadoras por não conseguir superar a perda.

Nesses casos, há chances dele ligar, mandar mensagens e até fazer visitas inesperadas com presentes para tentar uma reconquista. Tente ser paciente e esteja disponível para novos diálogos se não quiser machucar ainda mais ele.

Porém, deixe claro os seus sentimentos e que você não está em condições emocionais favoráveis para restaurar a relação.

É possível terminar sem magoar?

Quando a vontade de terminar parte de apenas um lado é muito difícil acabar a relação sem que o parceiro fique triste ou magoado. Nos casos em que os dois concordam que não dá mais, é possível acabar bem e até mesmo construir uma forte amizade mais tarde.

Entretanto, é fundamental que o sentimento tenha acabado dos dois lados e não apenas de um.

No caso dos relacionamentos mais longos, provavelmente haverá sofrimento também para quem termina, mesmo que a pessoa tenha certeza de que é melhor acabar o namoro.

Esse sofrimento ocorre pela mudança total de rotina, a falta de alguém que já tinha uma presença natural na vida e também pela solidão. Porém, essa tristeza tende a ser superada com o tempo e, se a decisão foi realmente a melhor, os dois encontraram novos caminhos e poderão restaurar a felicidade ao lado de outras pessoas.

Não há feridas que o tempo não cure e, por isso, por mais que o parceiro fique magoado e você também, este sentimento provavelmente irá embora e talvez em menos tempo do que o previsto.

Lide com a dor do término

Na maioria das vezes se separar é a melhor opção. Especialmente se já se tentou de tudo e nada mudou. Até porque, é muito difícil criarmos um sentimento do nada.

Falo isso para aqueles casos em que se descobre que o amor não era mais cultivado entre vocês. Se amar e ser amado fosse fácil, hoje eu estaria namorando o Johnny Depp. Brincadeiras à parte, digo isso porque esses assuntos do coração são mais complicados do que a gente pensa.

Fica tudo mais complicado quando apenas uma das partes sente que não dá mais pra vocês ficarem juntos. Aí é preciso muito jogo de cintura pra conversar, esclarecer certos pontos, e enfim aceitar sem ‘maiores danos’. Nenhum relacionamento é sempre a mesma coisa.

( Como reconquistar um amor) O tempo passa e as coisas podem mudar. Quando ambos percebem que o relacionamento está indo por água abaixo, conversar e dar uma reviravolta é possível, mas pode não ser suficiente. Se vocês tomaram juntos a decisão de se separarem, talvez fique mais fácil aceitar todo o luto do processo.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: