Como terminar um relacionamento sem brigas

Como terminar um relacionamento sem brigas
Avalie esse artigo

Terminar um namoro é sempre uma tarefa difícil. Um coração partido e a tristeza de ver todo o investimento emocional escorrendo pelo ralo da sensação do ‘não deu certo’ são uma das piores dores experimentadas pelo ser humano.

De acordo com especialistas, por uma questão de apego, necessidade de completar-se através do outro e nossa natural (mas não imutável) intolerância à frustração, a ruptura de um relacionamento amoroso torna-se tão desagradável. Mesmo para quem tomou a decisão de terminar o namoro.

Existe em nós uma tendência pouco percebida de desejar sempre situações confortáveis e agradáveis, assim como de rejeitar tudo o que gera desconforto e sofrimento.

O rompimento com a pessoa amada, é sem dúvida, um evento que desperta muito sofrimento. Em decorrência disso, torna-se muito difícil neste momento tolerar a frustração diante de algo que não pode ser controlado. E é por isso que tanta gente ‘erra a mão’ ao terminar um namoro.

Ver também: Como esquecer um amor que marcou sua vida

Terminar um namoro com respeito

Mas existem formas de dar  fim a um relacionamento sem necessariamente magoar ainda mais quem está sendo deixado. Uma das primeiras posturas a serem adotadas quando se toma a iniciativa de terminar uma relação é se colocar no lugar do outro.

A famosa empatia é um exercício relativamente simples: basta imaginar ‘e se fosse ao contrário?’ Ao mesmo tempo, é bom ter em mente que a hora de terminar um namoro não é momento de se discutir a relação.

Caso a decisão esteja realmente tomada, do que vai adiantar tentar aparar arestas ou apontar o que incomoda no outro?  E, o mais importante: a pessoa que não quer acabar o namoro tem tendência a levar o momento para esse lado.

E de acordo com especialistas, é nessa hora que quem tomou a decisão de terminar o namoro deve ter o controle da situação. É preciso usar o diálogo, e fazer o outro entender claramente as razões para o fim do relacionamento.

Ninguém espera que seu relacionamento chegue ao fim. E muitas vezes, mesmo sabendo que ele não está indo muito bem, relutamos em colocar um fim.

Por mais que vocês estejam infelizes e insatisfeitos com o rumo que as coisas tomaram, a relutância acontece porque os momentos bons ficaram gravados em vocês dois.

Assumir as próprias questões, sem cobrir a outra parte de culpa e defeitos também ajuda bastante, diz o especialista.  Jamais se deve atacar a autoestima da outra pessoa nessas horas”, completa o psicólogo.

Um discurso egoísta, à procura de um único culpado para o insucesso do relacionamento, é o pior erro na hora de terminar um namoro.

Por que os homens ‘somem’

As mulheres costumam reclamar muito que os homens preferem sumir a terminar um relacionamento de forma direta. “Isso se dá devido à nossa cultura machista, e o homem sente-se permitido a fugir do desconforto gerado no enfrentamento da situação.

Não posso deixar de pensar também que isso ocorre por que há uma subcultura de desvalorização da mulher nos relacionamentos”, aponta o psicólogo André Fabrício.

Quando se está decidido a terminar um namoro, o que leva o homem a evitar o confronto e sumir é a fuga da responsabilidade. E nem sempre eles fazem isso de forma consciente.

O egoísmo pode nem chegar a ser percebido nestes casos. Pode-se observar ao longo do relacionamento se o parceiro emite sinais de que entende a relação na mesma proporção de seriedade e compromisso que a mulher.

E, por pior que seja reconhecer sinais de que parceiro não leva a sério a relação, quando isso acontecer a conversa é a melhor solução. O único cuidado é não projetar na situação uma expectativa de que tudo será solucionado.

Por que é justamente neste momento, no qual a mulher resolve conversar, que muitos homens encontram a oportunidade de terminar um namoro.

E pode não haver um jeito de terminar o namoro numa boa, mas certas atitudes minimizam o sofrimento:

  • Não fuja É normal que você não queira enfrentar a situação de frente e comece a inventar maneiras de se distanciar da pessoa. Mas por mais que doa, essa é a hora de mostrar que você não é mais criança. Então não comece a evitar a pessoa, recusar chamadas e esperar que ela se toque e deixe você em paz.
  • Olho no olho Terminar uma relação por SMS, telefone, e-mail e afins é só mostrar-se extremamente covarde. Marque de conversar com a pessoa, de preferência num lugar neutro – evite shoppings, bares e afins – pois você não sabe qual vai ser a reação dela.
  • Tenha seus motivos claros Antes de partir pra temida conversa, passe um tempo sozinho pensando nos porquês que levaram ao fim da relação. Até porque, se nem você sabe direito quais os motivos, o outro vai se sentir ainda mais descartado. -> Desculpas mais usadas para terminar um namoro
  • Não se exalte A não se que o outro também já estivesse querendo colocar um fim na relação, ninguém reage bem aos términos. No entanto, isso não é desculpa para vocêcomeçar a se exaltar como se seu time de futebol estivesse perdendo. Evite palavrões e não erga sua voz. Procure manter a calma. -> As piores formas de terminar um relacionamento
  • Não culpe o outro É muito fácil culpar o outro pelo fim. Mas muita gente parece não perceber que ninguém é perfeito, e que você também deve ter cometido seus erros. Na hora de colocar um ponto final, nada de ficar falando “foi tudo culpa sua” ou “você não mudou o suficiente por mim”.
  • Fale com jeitinho Falar com a voz mansa numa situação dessas é uma arte. E não é só o tom de voz que ajudará seu parceiro a não surtar tanto. Procure não ofendê-lo, e a cada ponto negativo que você disser, relembre 5 momentos felizes que vocês tiveram. Diga que foi bom, que a pessoa lhe fez muito feliz, mas que infelizmente acabou. Não venha com clichês do tipo “o problema sou eu” ou “você será mais feliz sem mim”. Seja franco, e diga que não é justo enganá-lo(a) ou iludi-lo(a).
  • Cuidado com promessas Ao perceber que você está prestes a terminar, a pessoa vai fazer de tudo pra você mudar de ideia. E isso inclui até um estado de negação, onde a pessoa vai começar a te beijar e não dar ouvidos ao que você está dizendo. Ela pode começar a prometer milhares de mudanças, alegando que fará tudo diferente dessa vez. E a não ser que você esteja disposto a se darem uma segunda chance, não engula esse papo.
  • Seja compreensivo Por mais que seja você quem está dando o fora, é imprescindível que você se compadeça da situação e dos sentimentos da pessoa. Sendo assim, não aja como uma pessoa fria e sem coração.

Nessas horas, coloque-se no lugar da pessoa e aja como você gostaria que agissem e fale o que você gostaria de ouvir.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: