COMO VIVER EM CASAL NA CASA DOS PAIS? (IMPERDÍVEL)

COMO VIVER EM CASAL NA CASA DOS PAIS? (IMPERDÍVEL)
Avalie esse artigo

Casais na Casa dos Pais

Uma crise econômica como aquela em que vivemos e inúmeras circunstâncias pessoais podem nos levar a viver como um casal com nossos pais ou com nossos sogros. Às vezes, algo que pode ser considerado uma boa solução para os problemas econômicos pode se tornar um verdadeiro pesadelo se não soubermos nos mover dentro das margens de respeito e generosidade. Seja qual for a situação em que você vive, seja você quem se mudou para morar com eles ou os que vão morar com você, tome nota dessas dicas de como viver em casal com os pais e sempre lembrar que com pouco você pode conseguir uma coexistência saudável e agradável para todos.

Dicas para viver como um casal na casa dos pais ou sogros

Sabe-se que a coexistência de pessoas de diferentes gerações pode causar atritos e desentendimentos. Mas talvez seja melhor colocar de lado estereótipos altamente divulgadas cinema e televisão, acho que os filmes como engraçadas como “Meet the Parents” e pensar sobre o quão gratificante pode ser a experiência de seus filhos vivem com os avós, aprenda todos os seus conselhos, aprenda a compartilhar e respeitar o espaço e as opiniões de cada um, alcançando assim o vínculo emocional que une todos vocês. Para alcançar uma coexistência 10 com os pais do seu parceiro, tente:

  1. Concordar entre todos como a coexistência deve ser

Não é suficiente ir e viver juntos sem falar sobre isso de antemão e estabelecer uma série de normas de coexistência válidas para mulheres e homens. Este é um dos erros cometidos quando se vive como casal quase sempre. Antes de se mudar haverá tempo para sentar e analisar quais os problemas que podem aparecer são as obrigações que todos terão de adquirir para manter a casa limpa e arrumada, como eles vão dividir os custos e chegar a um acordo para sair Vá em frente juntos, sem conflitos. Estabelecer uma série de regras e rotinas será um bom ponto de partida. Assim, estabelecer a rotina de café da manhã ou almoço ou jantar juntos ajudará a fortalecer esse vínculo e nos fará sentir mais próximos um do outro.

  1. Estude como acomodar todos no mesmo espaço

Como viver como casal na casa dos pais? O principal será sempre respeitar as decisões dos pais ou sogros quanto à distribuição de salas e espaços para todos. O importante é que todos respeitemos o espaço dos outros e sua privacidade. Também será necessário adaptar áreas de acesso, banheiros e outros espaços se as crianças estiverem voltando para casa ou se os avós forem os que chegam em casa e têm problemas de mobilidade. O importante no casal é que todos estamos confortáveis ​​e tornamos a vida mais fácil e agradável para o outro.

Se você quer se juntar os casais a viver com os sogros pacificamente, devemos também ter em mente que cada pessoa deve ter o seu espaço ou eles podem ser zona íntima pessoal: próprio quarto, uma área de estudo, costura, etc. Se a casa não tiver muitos metros, será possível recorrer a soluções como camas de rodízio, sofás-cama ou compartilhar o uso de espaços comuns em momentos diferentes.

  1. Manter a diplomacia e respeitar as decisões dos outros

Outra das dicas para viver como um casal com seus pais ou seus sogros é o respeito. A coexistência não significa que todos nós possamos entrar no caminho de uma opinião ou tentar influenciar as decisões e a vida do resto. Precisamos saber como manter uma certa distância e deixar que cada um seja o único a decidir sobre sua vida. Conselhos podem ser dados se solicitados, mas nunca tentem lidar com os outros por capricho ou recriminá-los por não seguirem a nossa maneira de ver as coisas. Diálogo e respeito são mais uma vez a solução para esse tipo de conflito.

  1. Seja generoso com o outro e crie uma rede sólida de memórias e momentos felizes

Às vezes é tão simples quanto compartilhar boas notícias, fazer um pequeno presente, sentar para ouvir e entender o outro ou ter um detalhe que é mínimo. O segredo da convivência está sempre na generosidade e saber aproveitar pequenos momentos.

Você vê, o sucesso de viver como um casal na casa dos pais pode parecer complicado, mas é apenas uma questão de querer e saber como entender, ouvir e respeitar um ao outro.

O problema de viver com os sogros

“O casado quer casa”, diz um velho ditado, que se refere à vida como casal, embora em muitos casos isso não seja aplicado.

Especialmente aqueles casais que decidem compartilhar a habitação com os sogros, muitos apenas fazê-lo para o desejo de viver com eles, outros por razões económicas, costume ou casamento apressado.

Em qualquer caso, podem surgir conflitos notórios que não levam a um relacionamento saudável para o casal.

Segundo a psicóloga Raschid Guardia viver em-leis casa é a pior coisa que pode acontecer a um casal “porque a casa leis é o território de algum dos cônjuges e sempre vai fazer a outra sensação que este espaço é estranho” .

Contraceptivos que duram mais

AS CONSEQUÊNCIAS

Vivendo na casa de sogros só vai levar a criar uma série de antipatia do casal que é estranho ao núcleo, quer ao parceiro ou diretamente para os sogros ou o meio em que a vida acontece.

Além disso, tenha em mente que na casa dos pais da sua esposa as regras são estabelecidas por eles e não por você como um casamento.

Além disso, morar na casa dos pais em pouco tempo está destruindo o casal.

Porque um dos cônjuges, especialmente o proprietário, não perfeitamente assume seu casamento como ele continua em sua casa, seus velhos hábitos, sua rotina continua com tudo que já viveu; então isso estraga e danifica o casamento a longo prazo.

TRABALHO DOS PAIS E DO FILHO

Por outro lado, recomenda-se que as crianças deixem o núcleo dos pais, pois há casos em que podem ter casa própria e não:

Este é um sinal de imaturidade e irresponsabilidade. É por isso que é melhor formar um lar antes de assumi-lo com a responsabilidade que isso merece e não de ânimo leve.

Os pais devem incentivar e, além disso, forçar o casal a começar a viver sozinho. Não é que eles não possam ajudá-los, mas podem fazê-los formar suas próprias vidas, aprender a crescer, lutar, se reconciliar e respeitar uns aos outros.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: