Comprar imóvel com parceiro: será que está na hora certa?

Comprar imóvel com parceiro: será que está na hora certa?
Avalie esse artigo

Você deve ter tido alguns critérios para escolher alguém como seu namorado, pois mesmo que haja sentimento, é preciso de outros fatores para que o relacionamento dê certo. Quando o relacionamento está querendo dar mais um passo e o casal decide morar junto, é preciso também avaliar uma série de requisitos antes de comprar uma casa. Comprar imóvel com o parceiro: será que está na hora certa?

Ver também: Como posso ajudar meu parceiro a cuidar de si mesmo

Vocês possuem objetivos em comum?

É importante que haja amor no relacionamento, mas isso não mantem uma relação duradoura em não faz as coisas andarem na melhor sintonia. É preciso que vocês tenham objetivos de vida parecidos para que o relacionamento ande para frente.

Quando isso não acontece, um acaba sempre tendo que ceder para o outro e isso desgasta qualquer relação. Vocês devem sentar e ter uma conversa franca sobre o que cada um espera para o futuro, onde querem morar, que bairro querem e que tipo de trabalho vocês pretendem ter.

O relacionamento está em perfeito estado?

Há muitos casos que o casal permanece junto só por costume ou rotina. Você já está acostumada com a presença do outro e já não imagina como seria sua rotina sem ele. E isso até parece bonito, mas na verdade não é o que vale na hora de se pensar em dividir um teto com essa pessoa.

Nessas horas é preciso ter um pensamento mais frio para tentar pensar sobre a relação de forma mais ampla. É necessário ter noção de que é um passo muito grande e é um investimento que não será fácil de dar para trás. Então só sigam em frente se tiverem convicção de que o relacionamento está bom o bastante para funcionar enquanto os dois moram juntos.

Sem egoísmo

Você provavelmente já está habituada a morar com seus pais ou pelo menos dividir a casa com alguém. Você sabe então que tem complicações no dia a dia com outras pessoas, principalmente no que se refere a compartilhar.

Para que isso dê certo, é preciso que o casal deixe o egoísmo de lado para pensar um pouco mais no outro, isso para qualquer decisão. Empatia é um sentimento que faz relacionamentos funcionarem.

Cumplicidade é fundamental

É preciso que haja cumplicidade no casal e que vocês sejam parceiros em tudo. Isso é fundamental dentro de um relacionamento. Vocês precisam estar firmes e fortes um ao lado do outro para qualquer eventual problema que possa acontecer.

É preciso que os dois sintam que o outro está ali para apoiar e que em nenhum momento se sintam desamparados. Momentos difíceis virão com a decisão de dividir um lar, então estejam preparados para se apoiarem.

Tentem não brigar por qualquer coisa

Isso é um conselho de relacionamento, mas principalmente para quem está pensando em dividir um imóvel. Discutir por qualquer problema gera um desgaste dentro do relacionamento que com o passar do tempo, será cada vez menos tolerável. Se querem morar juntos, não brigar por coisas desnecessárias é ainda mais importante.

Já pensou a discussão que seria assim que o primeiro discordasse da cor da pintura do quarto? No fim da mudança o relacionamento já estaria destinado ao fim e nada teria valido. Muitas coisas acontecem e facilitam para que as brigas aconteçam, mas pensar em evitar isso já ajuda.

Comprometimento e trabalho sério

Já foi dito, mas a relação tem que estar muito boa. Vocês dois devem estar comprometidos e tentando fazer de tudo para que dê certo. Quando começa a envolver dinheiro no meio, é preciso deixar um pouco de lado o sentimento e dar lugar a razão.

Vocês dois precisam estar em um emprego estável e que com o salários os dois consigam dar conta com um financiamento ou uma poupança. É preciso se planejar, fazer contas e deixar muito claro o que cada um pode fazer para dar certo esse momento tão importante dentro da relação.

Orçamentos realistas

Vocês podem ter mantido esse relacionamento até o momento sem se envolver um na conta do outro. Sem saber quanto o parceiro ganha por mês e quais os seus gastos. Mas no momento em que decidem comprar um imóvel, é preciso que esteja bem claro isso.

Vocês vão precisar analisar quanto ganham e quanto podem gastar para aí sim pensar em que tipo de imóvel vocês poderão comprar. É preciso ter noção disso para que não façam uma compra que futuramente não consigam dar conta de pagar. Por isso, é preciso fazer um orçamento realista.

Pesquisar e planejar

Então lendo isso tudo, vocês perceberam que vocês são um casal que tem todos os requisitos e podem pensar em comprar um imóvel. Agora vocês terão que partir para o plano de ação. Mas não será já sacando o dinheiro no banco para comprar não.

Primeiramente vocês devem fazer uma pesquisa, olhar os imóveis que existem e quais as formas de pagamentos que podem ser feitas. Aí vocês precisarão desenvolver um planejamento financeiro que se encaixe dentro do orçamento que vocês já combinaram.

Controlem-se

Você é uma daquelas pessoas que acabam sempre estourando o limite do cartão de crédito? Ou quem sabe o seu parceiro seja assim? Vocês possuem dívidas ou um histórico de dívidas? Essa é a hora em que vocês precisam se controlar em relação aos gastos.

Evitem gastos desnecessários e exagerados, é por um bem maior. Vocês agora farão um grande investimento e isso traz uma responsabilidade maior, pois vocês serão responsáveis um pelo outro.

Pequena grande conquista

Vocês devem se sentir muito realizados e felizes por darem um passo desses. É preciso valorizar essas pequenas conquistas ou até mesmo grandes conquistas, todo objetivo alcançado deve ser valorizado e celebrado.

O esforço fica vez maior e mais fácil de realizar se vocês comemoram essas pequenas vitórias ao longo do caminho. Poder saber que vocês estão chegando nos objetivos de vida de um casal e que os obstáculos estão sendo ultrapassados um a um, é um motivo para se sentir feliz e pleno.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: