CONHEÇA AS DIFERENÇAS ENTRE AMOR, AMIZADE E FAMÍLIA

CONHEÇA AS DIFERENÇAS ENTRE AMOR, AMIZADE E FAMÍLIA
3.8 (75.17%) 29 votes

Sempre que conhecemos alguém diferente nos perguntamos em qual categoria da nossa vida ela se encaixa. De forma natural separamos as pessoas pelo o que sentimos, mas em muitos casos fica difícil de saber o que cada categoria significa.

Afinal, quem consegue dizer com plena certeza (e sem recorrer a exemplos abstratos) o que é o amor? Como podemos considerar alguém como nosso amigo? O tempo que conhecemos ele deve ser levado em consideração?

É difícil explicar o que é cada um, pois eles envolvem sentimentos que temos mais facilidade em explicar quando estamos agindo do que quando estamos falando. O fato é que sempre vamos acabar relacionando um ao outro, pois são sentimentos que se completam, não que vão fazer com que você se sinta na necessidade de excluir um ou outro. Se isso acontecer, algum sentimento não é verdadeiro.

Ver também: Concilie amizades e relacionamento sem criar conflitos!

Entretanto, na maioria das vezes acabamos relacionando os sentimentos amorosos aos relacionamentos a dois, nos esquecendo que amor é um sentimento que pode passar pelas amizades, de pai, mãe e irmãos.

As dúvidas são inúmeras e é sempre muito complicado dizer o que cada uma delas, pois seus significados acabam sendo muito relativos. Por que não começar por aquela pergunta que nos cerca todos os dias e nunca sabemos se realmente ainda existem algumas que sejam verdadeiras: o que é a amizade?

COMO PODEMOS DEFINIR O QUE É AMIZADE?

Talvez a amizade seja a verdadeira arte da vida. A amizade é composta por diferentes personalidades, energias e crenças, além de um sentimento amoroso que não conseguimos explicar, só sabemos que quando a amizade é verdadeira o amor parte dos dois lados.

Esse sentimento reciproco e a troca de energias e conhecimentos é o que torna a amizade uma bela obra de arte da vida. Não podemos manter uma amizade que não tenha o sentimento mútuo de amor.

Assim como tudo o que fazemos na vida e assim como a felicidade que sentimos, não conseguimos explicar o porquê de nós nos sentirmos assim em relação a outra pessoa. Talvez isso aconteça porque não há uma explicação certa.

Só sabemos que sentimos quando isso nos é estimulado e colocamos a prova quais são os nossos sentimentos. Sempre vamos buscar por pessoas que nos façam sentir bem. O amor é algo que parte de nós para a vida, como se fosse um presente que damos a todos ao nosso redor.

COMO AS ARVORES FRUTIFERAS

Do mesmo jeito que devido a única explicação para as arvores darem os seus frutos é a sua natureza, nós devemos dar os nossos frutos ao mundo, sem precisar de um outro motivo além do lógico “é a nossa obrigação”.

O amor é a grande revolução do mundo e não devemos esperar menos desse poderoso sentimento que sempre moveu grandes histórias épicas. Essa é a força que nós temos.

Não temos as mesmas características dos outros animais: não somos os mais fortes, nem os mais rápidos e não possuímos muitas das adaptações que os animais selvagens tem de ser excelentes caçadores e sobreviventes na natureza.

Por outro lado, temos o diferencial de sentir. Por isso temos que fazer do amor a nossa arma, não a nossa fraqueza. É sempre importante lembrar que o amor realmente pode mudar as pessoas e que só ele pode nos libertar das nossas prisões.

O AMOR E A AMIZADE ANDAM JUNTOS

A amizade é vista como um campo em que somos destinados a ficar e de que nunca poderíamos sair dali. O que muitas pessoas esquecem é que o amor não é oposto de amizade, não é porque vocês começam uma amizade que você deve começar logo a se envolver a mais com a pessoa para surgir o amor e não ficar preso na “friendzone”.

Não adianta fazer coisas que te deixarão felizes momentaneamente para que você se sinta feliz. A verdadeira felicidade se encontra em ser feliz em primeiro lugar, antes dos prazeres momentâneos.

A partir do momento em que você é uma pessoa que dá e está apta a receber o amor, você conhecerá pessoas boas que, se forem compatíveis com você, poderão virar seus amigos.

FAMÍLIA EM PRIMEIRO LUGAR: SEMPRE!

Com o amor vem a amizade e aí então temos a família: um sentimento de união que você sempre vai defender, sem se importar com o que eles fizeram de errado ou com o que vem como oposição a isso.

Do mesmo modo que o amor, não conseguimos explicar o porquê, só sabemos que vamos defender sem nos importarmos com os custos. Ou seja, a família sempre terá o primeiro lugar em nossos corações.

Não importa o quão racionais nós podemos ser, se sabemos que as chances de vencer são praticamente nulas, pela família sempre acreditamos no impossível e aceitamos isso. Eles sempre vão se sobressair em relação a qualquer aspecto da nossa vida, até mesmo desafiando a nossa lógica.

É tudo isso que torna a humanidade bela: sempre seremos estúpidos o suficiente para enfrentar desafios muito maiores que nós, tudo em nome das nossas famílias e amizades. Talvez possamos resumir a essência dos humanos nisso, em sempre lutar pelo que acreditamos e amamos.

O QUE É AMIZADE VERDADEIRA?

Se insistirmos em viver sem amizade e família vamos acabar parando de dar frutos. É como deixar a árvore que dá frutos sem sol e água. Ela seca e perde a sua função e a sua essência.

A verdadeira amizade é sinônimo de amor maior. Do mesmo jeito que colocamos a família em primeiro lugar, a amizade verdadeira sempre vai ocupar as nossas mentes e sempre vamos lutar por elas, como se não houvesse outro motivo para vivermos.

As amizades verdadeiras são o amor maior pois não podemos achar algo ou alguém que possua uma força maior do que essa, é insuperável. Quando dois amigos estão juntos, não importa se tudo falhar, se tudo der errado – eles sempre vão continuar unidos e vão seguir em frente com a amizade, como se nada tivesse mudado.

Afinal, eles tem o maior bem que alguém poderia ter: eles tem a amizade verdadeira.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: