conselhos essenciais para sobreviver ao primeiro ano de casamento (O GUIA COMPLETO)

conselhos essenciais para sobreviver ao primeiro ano de casamento (O GUIA COMPLETO)
Avalie esse artigo

Diversos terapeutas e psicólogos relatam como são procurados por homens e mulheres que acabaram de se casar e já questionam a relação logo no primeiro ano. Ainda que ambos tenham namorado, viajado, passado férias juntos… quando passam a dividir o mesmo teto a coisa muda de figura.

Isso é natural, tendo em vista que algumas diferenças e características peculiares do cônjuge só são descobertas com a convivência diária e a longo prazo. Além do mais, conforme as borboletas no estômago passam e a relação se estabiliza, ficamos de olhos mais abertos para as imperfeições da pessoa amada.

Acontece que aquele casamento de contos de fada em que as pessoas vivem felizes para sempre fica muito mais no campo da ficção do que na prática. O choque de realidade pega muitos de surpresa.

Há casais, inclusive, que optam por fazer uma espécie de “test drive”, morando um tempo juntos antes de casar para tirar uma temperatura sobre a conivência. Se esse não foi o seu caso e você quer saber como sobreviver ao primeiro ano de casamento, as próximas dicas podem ajudar muito.

O importante é ter em mente que pequenos desentendimentos e ajustes vão acabar acontecendo. E isso não se limita somente ao primeiro ano, mas à toda a trajetória do casal. Mas vamos nos deter ao princípio. Bora lá!

 

1. Reflitam juntos sobre suas expectativas quanto ao casamento

 

Vamos começar logo com o mais óbvio e que já deve estar sendo realizado muito tempo antes da cerimônia de casamento. Antes de iniciar a vida a dois, muitas expectativas e idealizações passam pela nossa mente. É preciso alinhá-las com a realidade.

Que tipo de marido você espera ao seu lado? Que tipo de esposa seu marido espera ter? Vocês pretendem ter filhos ou não? O sentimento entre vocês é essencial, mas agir racionalmente sobre os predicados e limitações do cônjuge faz-se essencial.

A melhor maneira de fazer essa análise é juntos. Tenham sempre uma comunicação muito aberta e contínua. Isso, certamente, contribui para um casamento mais harmonioso.

 

2. É preciso ajustar e planejar a rotina do casal

 

Um gosta de acordar tarde nos fins de semana, o outro não. Um gosta de ouvir música alta, o outro detesta. Um gosta de comer na cama, o outro não admite isso. Como faz para combinar tantas diferenças?

Um primeiro passo pode ser estabelecer as próprias regras do casal e do ambiente onde vocês vivem. Sem grosserias e sem ser inflexível, há possibilidades honestas e carinhosas de combinar o que funciona para os dois.

 

3. Encarem os problemas com sabedoria

 

Você provavelmente já conheceu alguns dos pontos negativos na personalidade ou nas atitudes de seu cônjuge durante o namoro. Eles não vão desaparecer num passe de mágica após o casório.

Sempre que encontrarem problemas, procurem por uma solução juntos. Evitem o hábito de deixar para depois ou fugir do diálogo. Encarem com serenidade e paciência as pequenas adversidades do caminho.

Principalmente no primeiro ano, a postura que vocês adquirem vai permear o seu modus operandi nos anos vindouros. Cresçam juntos com isso. É saudável para a relação.

 

4. Não durmam sem fazer as pazes

 

Complementando o item anterior, não deixem de fazer as pazes quando discordarem ou se magoarem. Pedir desculpas e desculpar é fundamental. Mas não vale fazer só pelo protocolo, precisa ser genuíno.

 

5. É vital impor limites aos outros familiares de ambos os lados

 

Quando casamos, acabamos recebendo uma série de outros familiares “no pacote”. No primeiro ano do casamento, é o momento ideal para se estabelecer limites e não permitir que as famílias interfiram demasiadamente na rotina do casal.

As decisões precisam ser tomadas por vocês dois. Contar com a opinião dos outros, às vezes é bom. Mas somente quando ela é solicitada!

 

6. Continuem namorando!

 

Jantares românticos, um filminho debaixo do edredom no sofá, presentes, mimos simples no dia a dia, declarações de amor inesperadas… tudo isso precisa continuar durante o casamento, especialmente no primeiro ano.

Vocês não estão apenas dividindo uma casa e uma cama, mas sim uma vida amorosa a dois. Sempre mantenha aquele clima gostoso de namoro, ainda que a relação amadureça. Isso é imprescindível para a intimidade e proximidade emocional.

E quanto ao sexo… esse nunca pode faltar, faz parte da nossa natureza. Agora, há novas possibilidades para realizar suas fantasias de forma calorosa e com mais frequência. Aproveitem!

 

7. Organizem sua vida financeira

 

Não permita que questões financeiras interfiram negativamente no seu quotidiano. Estabeleçam combinados quanto às suas contas bancárias, despesas da casa, dívidas e economias.

A boa notícia é que estudos apontam que o casamento faz as pessoas acumularem mais riquezas. Basta administrá-las com sabedoria e respeito mútuo.

Uma dica é sempre reservar um valor todos os meses para aquela viagem nas férias. Ter essa ou outras metas em comum é muito divertido e traz mais sentido ao dinheiro, que é apenas dinheiro. Seu relacionamento vale mais.

 

8. Tenham tempo a sós ou com outras pessoas

 

Estar em um casamento resulta em dividir toda a sua vida com outra pessoa. No primeiro ano, a tendência é de criar uma conexão tão forte que vocês acabam passando todo tempo possível juntos.

Todavia, é importantíssimo ter um tempo livre a sós e curtir a própria companhia. Vocês são dois indivíduos que caminham juntos, mas que não deixam de ser únicos. Encontrar os amigos também é primordial, até mesmo para trazer novos assuntos e experiências para a relação.

 

9. Estabeleçam os limites da relação claramente

 

Para evitar cenas de ciúme e possessividade, estabeleçam limites claros sobre até onde cada um pode chegar. Até que ponto a relação com outras pessoas e colegas de trabalho pode ir? Qual a sua opinião a respeito da presença em festas ou outros eventos sem estarem juntos?

Os contrastes nos pontos de vista a respeito da conduta de cada um podem ser ajustados. Mas, mais uma vez, para isso o diálogo é insubstituível.

 

10. Priorizem sempre o respeito

 

Nesse primeiro ano de casamento, ficará muito claro para vocês que ambos são humanos, têm fraquezas e têm pontos fortes também. Estabelecer um círculo virtuoso de respeito, ajuda a criar dinâmicas que serão benéficas no presente e também no futuro.

Respeitem, não julguem um ao outro, não pressionem demais. Empatia é a chave para qualquer relacionamento de sucesso.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: