Conselhos Práticos para Melhorar o Relacionamento do Casal

Conselhos Práticos para Melhorar o Relacionamento do Casal
Avalie esse artigo

Fazer o amor durar é o truque para fazer o casal trabalhar. Mas como você faz isso? Aqui estão algumas dicas práticas. Um dos maiores mistérios de todos os tempos? O casal. Ninguém, mesmo aqueles que viveram lá por muitos anos, ainda entendeu como funciona, a fórmula de um sucesso certo.

Para começar, requer afinidade, cumplicidade, paciência: em uma palavra, há necessidade de amor. Mas para garantir que isso não termine? Porque todos sabemos como é: no começo é tudo um brilho de olhos e borboletas no estômago, mas isso é chamado de se apaixonar.

Então, como você transforma isso em amor, aquela condição permanente pela qual estamos dispostos a suportar tudo e fazer tudo um pelo outro? Boa pergunta. Como escrevemos anteriormente, uma fórmula absoluta que se aplica a todos ainda não existe. Mas há pequenos momentos, pequenos gestos diários que todos podemos fazer, para lembrar ao outro o motivo de tê-lo escolhido algum tempo antes.

Ver também: Como Recuperar o Amor do Meu Marido? Ajuda! (IMPERDÍVEL)

Confira os conselhos

Definir metas

Além de estabelecer suas metas de vida, você também define as metas de relacionamento. Por exemplo: queremos passar mais tempo juntos do lado de fora do que em frente à televisão. Coisas simples, mas que ajudam a ter objetivos comuns, que aumentam a vontade de estar juntos.

Leve sua felicidade ao coração

O amor é importante para ser feliz, mas no final de tudo, a única pessoa que podemos responsabilizar pela nossa felicidade é nós mesmos. Voluntariado, atividade física, organização de jantares ou festas: encontre o que mais lhe convier e comece a partir daí.

Estudar os hábitos de conflito um do outro

Faça um esforço para entender os hábitos de conflito do seu parceiro em relação ao seu, para que você possa quebrar os padrões defeituosos e encontrar um meio termo que seja produtivo e respeitoso.

Definir amor

“Eu te amo” é uma coisa extraordinária de se dizer e tão maravilhosa de se ouvir, mas pode significar algo diferente de pessoa para pessoa. Tente definir juntos o que você quer dizer quando diz essas palavras mágicas. Eles podem conter muitos sentimentos ou intenções diferentes, como “Eu faria qualquer coisa por você” ou “Eu confio em você completamente”.

Configurar compromissos

Por sua vez, toda semana você organiza uma noite em que só há dois, uma espécie de primeiro encontro, para renovar emoções e sentimentos. As noites baseadas em take-away e TV não valem a pena.

Aproxime-se dos problemas do parceiro

Os problemas do outro são seus problemas, tudo bem. Mas não as amplie ou minimize ao seu modo: resolva-as na medida em que elas afetem seu relacionamento. Desta forma, você reduzirá as chances de a outra pessoa se sentir pessoalmente atacada sem motivo.

Mime-se

Demorar muito tempo para abraçar. Se isso leva ao sexo ou não, afeto físico é importante em um casal.

Nunca esqueça de dizer “eu gosto de você”

É o maior elogio que alguém pode dar a um parceiro, especialmente a longo prazo: então você estará lembrando a ele que não apenas o ama, mas que ele ainda o excita como no primeiro dia.

Organize pequenos encontros espontâneos

Envie uma mensagem na hora para ver você na hora do almoço, sem planejar. Ou propor algo para fazer algo novo no fim de semana, sem pensar muito. Aproveite os momentos para ficar juntos.

Viajar juntos

Vendo o mundo juntos cria memórias compartilhadas surpreendentes. E momentos intermináveis ​​de relaxamento e cumplicidade, que são benéficos para o bem-estar de um casal.

Conselho alerta: Amor, o que o outro não diz!

Em um relacionamento, não é apenas importante ouvir, mas também interpretar. Às vezes um “eu te odeio” é um pedido disfarçado de carinho.

Ser capaz de entender o que uma mulher ou homem realmente quer dizer se tornou comum. Da série: “Eu engordei? Mesmo que fosse verdade, é óbvio que o que ela implicitamente quer ouvir é “não”. E um homem deve ser capaz de entender isso, assim como as mulheres precisam entender que “nada” é realmente nada.

Além dessas trivializações, esse tipo de interpretação emocional é uma das coisas mais importantes do amor. É verdade que se deve sempre confiar no que o parceiro diz, mas algumas vezes certas palavras escondem um significado mais profundo e contraditório.

É por isso que a qualidade de saber como colocar em prática a tradução emocional, que é a empatia em relação ao que esconde o outro em sua interioridade, a lacuna entre o que uma pessoa diz e o que ela realmente quer dizer é uma qualidade muito apreciada e difícil aprender.

Tradução emocional

No amor, deve-se sempre confiar no que o parceiro diz, mas algumas vezes certas palavras escondem um significado mais profundo e controverso. É por isso que a qualidade de saber como colocar em prática a tradução emocional, sinônimo de empatia em relação àquele que esconde o outro em sua interioridade, é uma qualidade muito apreciada e difícil de aprender. Aqui estão alguns exemplos de como cavar além da superficialidade das palavras.

“Estou bem, não há nada de errado”

Tradução emocional: “Estou doente, estou triste, magoado”. Às vezes você tem medo de se expor completamente e se sentir vulnerável com seu parceiro e prefere não demonstrar sua fraqueza.

“Eu te odeio, você é um fud***”

Tradução emocional: “Por favor, venha aqui para me abraçar”. Essa raiva não é nada além da busca desesperada de afeição e amor. Não podemos dizer determinadas coisas ruins para aqueles que têm pouca importância para nós, só fazemos isso com nosso parceiro, de quem temos expectativas muito altas.

“Faça o que quiser, eu não me importo”

Tradução emocional: “É óbvio que gostaria de fazer isso”. Gostaríamos que o parceiro fizesse algo, mas não podemos impor isso. E é por isso que essa frase se transforma em uma reivindicação sem solicitação explícita.

“Você vai voltar às 19h?” “Onde você esteve?”

Não é uma mania de controle. Mas o simples medo de perder o parceiro. E o controle de suas ações é na verdade uma vontade de controlar suas emoções.

Atitude despótica

Muitas vezes é apenas um pedido de carinho mascarado.

Ser doce às vezes esconde outro tipo de realidade

Muitas vezes é doce na superfície esconder uma realidade negativa. É uma atitude que colocamos em prática para nos enganar e evitar problemas.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: