Cronograma Capilar Para Iniciantes

Cronograma Capilar Para Iniciantes
Avalie esse artigo

Talvez você pense: mas, eu já faço hidratação no meu cabelo… Para quê devo ter um programa capilar? Aí eu lhe digo miga, nem só de hidratação viverá o seu cabelo, então se liga! Se assim como eu antes desse post, você tem dúvidas sobre o assunto, permanece aqui que vou te explicar tudo direitinho!

O cronograma capilar é um programa que envolve muito compromisso, atenção e paciência, mas que no final te trará excelentes resultados. Essencialmente, é uma agenda do seu cabelo e o objetivo é repor todos os nutrientes e a massa capilar perdida ao longo dos anos pela exposição ao sol, uso de água muito quente para lavar os cabelos ou uso de água com cloro, o uso demasiado das ferramentas de calor, poluição e outras coisinhas do dia a dia.

O programa segue três etapas fundamentais. A hidratação é a primeira delas, que com o auxílio das vitaminas e extratos vegetais encontrados nas máscaras e nos cremes hidratantes para cabelo, conseguiremos repor a água dos fios e deixá-los mais macios, saudáveis e preparados para receber as outras duas etapas.

Ver também: Conheça Tratamentos para Acabar com os Fios Espetados

A segunda etapa é a da nutrição, nesta etapa vamos repor os lipídeos, as gorduras e os óleos do cabelo com a ajuda dos óleos vegetais, manteigas e ceramidas, o que deixará seus fios bem mais flexíveis, maleáveis e os ajudará a segurar a água recebida pela hidratação. A última etapa é a da reconstrução, usaremos queratina, cisteína, arginina e colágeno para repor as proteínas e darmos “corpo” e força aos nossos cabelos novamente.

No primeiro mês, o indicado é que você use o cronograma oficial, por ser bem mais completo. Entretanto, quando você começar a notar as melhoras nos seus fios e pegar o jeito da coisa, você poderá facilmente montar o seu próprio cronograma capilar de acordo com o seu gosto.

O modelo padrão é composto por oito hidratações mensais, três nutrições e uma reconstrução. Cada um será feito em dias alternados e com o intervalo de 48 horas entre cada procedimento. Na primeira semana, você deve aplicar duas hidratações e uma nutrição.

Na segunda semana você fará o mesmo, alternará hidratação, hidratação e uma nutrição. Na terceira semana, alterne hidratação, hidratação e uma reconstrução. E na última semana, você deve fazer como na primeira e segunda semana: hidratação, hidratação e uma nutrição. Então, recomece.

Vou te ensinar agora como montar seu próprio cronograma capilar, vamos começar?

O primeiro passo é identificar o seu tipo de cabelo e analisar o estado em que ele se encontra. Por exemplo, ele está quebradiço, fino, poroso, com frizz, caindo, secando rápido, armado, ressecado, desalinhado, com pontas duplas, ralo e sem brilho?

Você fez químicas como tinturas, luzes, mechas, progressivas, alisamentos, ou relaxamentos? O tipo do seu cabelo é seco, oleoso, misto, afro, liso, ondulado, cacheado, fino ou grosso? Viu? Você precisará de todas estas informações na hora de montar seu cronograma próprio, pois elas vão lhe ajudar e dar todo o suporte que você precisará na hora de identificar o que seu cabelo está precisando.

Identificando o que seu cabelo precisa:

Se ele estiver ressecado, armado, sem brilho ou se ele embaraça muito ou começa fazer nós quando você molha o que ele está precisando é da boa e velha hidratação! Então use e abuse dela, pois não há contraindicações nem problema de fazer em excesso; a hidratação não danifica o fio e até os cabelos mais oleosos com certeza precisam dela. Você pode fazer quantas vezes quiser na semana, só lembrando que como no cronograma com a alternância de 48 horas de uma para a outra.

Se seu cabelo estiver com frizz, poroso e desalinhado o que você precisa fazer é nutri-lo, umectá-lo! Os cabelos oleosos já possuem seus óleos naturais próprios, mas quando aplicamos os óleos vegetais em nossos cabelos, eles ajudam a controlar a oleosidade!

Isso ocorre porque o couro cabeludo não produz mais tanto sebo quando aplicamos outros óleos no couro cabeludo. Interessante…, não?! Além de a nutrição ajudar a selar a hidratação dentro da fibra capilar, ela alinha os fios e dá brilho! Esta etapa pode ser refeita toda semana ou a cada 15 dias. Mas, atenção: não adianta tentar nutrir um cabelo que está precisando de apenas hidratação, pois nesse caso você só irá ressecá-lo ainda mais.

Se o seu problema for seu cabelo que está com pontas duplas, ralo, fino, elástico e quebradiço, prepare já a reconstrução! Todos os tipos de cabelo necessitam de pelo menos uma reconstrução por mês para que possa ser reposta toda a queratina dos fios e a massa capilar perdida.

Você pode fazê-la a cada 15 dias se seu cabelo possuir algum tipo de química ou a cada uma vez no mês se não tiver.

A queratina irá reconstruir a película que envolve os fios, dando a proteção e o fortalecimento que o seu cabelo necessita. Apenas tome cuidado com o excesso dela, pois com o mau uso, de mocinha ela pode se tonar a vilã! O excesso dela pode deixar seus fios rígidos, o que os fará se quebrar, mas é só ter cuidado que está tudo certo!

Então é fácil, agora que você já aprendeu o que fazer e como fazer e já sabe o que seu cabelo está precisando, tudo o que você tem que fazer é organizar numa agenda o seu cronograma capilar. A dica para novos adeptos é começar sempre pela hidratação e depois focar na etapa em que mais atenderá as necessidades do seu cabelo.

Não adianta apenas uma hidratação aqui e ali ou uma nutriçãozinha de século em século, pois todos os processos feitos em nossos cabelos tendem a sair com o tempo conforme lavamos, por isso é tão necessário e de suma importância para ter cabelos bonitos e, acima de tudo, saudáveis, estes cuidados frequentes.

Então, pegue todas essas dicas e tenha disciplina que muito em breve você estará feliz da vida exibindo as suas lindas e saudáveis madeixas por aí! Entendeu tudo? Você está esperando o que para começar?! Se joga e nos conte nos comentários como tudo sucedeu.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: