Cuidado Com Seu Cabelo na Piscina

Cuidado Com Seu Cabelo na Piscina
Avalie esse artigo

Entenda porque o cloro é tão prejudicial à saúde dos seus fios e aprenda dicas que tornarão a sua diversão muito mais saudável! No Brasil já existem outras formas usadas no tratamento de piscinas, como tratá-las com hidrogênio, ozônio e sal que agridem bem menos os cabelos, mas o cloro ainda é o principal produto usado nisso.

Ele é uma substância química que utilizamos para eliminar microorganismos causadores de doenças e infecções e decompor a matéria orgânica, proteger a água contra algas e deixar a água da piscina sempre limpa. Entretanto, o cloro por si só não é tão nocivo assim à saúde dos cabelos, mesmo sendo uma substância ácida.

O que o torna tão perigoso é a mistura dele com a água da piscina, pois ele deixa água da piscina com o pH alcalino que quando a água entra em contato com os cabelos, ela é rapidamente absorvida pelas células de queratina presentes na estrutura dos fios, os deixando inchados e isto faz com que se abram pequenas aberturas nas cutículas dos fios, fazendo frestas, os deixando mais suscetíveis à penetração do cloro na estrutura interna dos fios, o que os farão se tornarem opacos, fracos, quebradiços e muito mais propensos à queda.

Ver também: Como Ter Cabelos Bonitos E Longos

Quem pratica natação, nado sincronizado, hidroginástica, polo aquático e quaisquer outros esportes de piscina obviamente também sofre com os males que o cloro pode acarretar aos fios. Confira agora alguns cuidados específicos que ajudarão a proteger seus fios dos efeitos maléficos que a água com cloro pode trazer:

Molhe o cabelo antes de entrar na piscina:

Molhar o cabelo com água sem cloro antes de entrar na piscina é uma dica muito boa. Assim, os fios já estarão cheios de água, o que evitará entrar mais água nos fios e fará com que a mistura do cloro com a água não seja tão prejudicial aos cabelos. Vale aplicar um leave-in, este serve como um tratamento instantâneo, que não deixa os fios pesados e auxiliam na redução do frizz e na modulação das formas do cabelo, além de deixar seus fios mais hidratados e brilhosos.

Proteja os fios:

É importante se utilizar sempre de xampu e condicionador que contenham filtro solar em suas fórmulas antes de ir para a piscina no mínimo, pois o ideal é sem dúvidas investir em cremes sem enxague e protetores térmicos antes de entrar na piscina para selar os fios e dificultar o contato deles com a água com cloro. Entretanto, alguns clubes e academias proíbem o uso de tais produtos, por questões de higiene coletiva, então pode sempre se utilizar de produtos em spray com filtro solar e vitamina E, que impermeabiliza os fios antes do contato com a água.

Tome cuidado com a touca que você usa:

As toucas são bem apertadas e, em geral, constituídas por látex e outras fibras elásticas. Isto pode acabar gerando um atrito forte com os cabelos e poderá romper as fibras capilares, o que pode resultar em um cabelo com frizz. Além disso, é importante que ela seja colocada e retirada com muito cuidado, uma vez que pode embaraçar ainda mais os fios e sabemos que é bem mais difícil desfazer os nós dos fios endurecidos pelo cloro. O indicado é utilizar-se de uma toca de tecido, para então só depois colocar uma de silicone.

Não deixe o cloro agir:

Quanto maior a exposição ao cloro, maior são as consequências aos seus fios. Portanto, é essencial lavar os cabelos com a água doce assim que você sair da piscina, deve ser antes mesmo que eles sequem, para retirar os resíduos de cloro dos fios, evitando que fiquem ressecados e com pontas duplas.

Um xampu antirresíduo é o ideal para uma limpeza mais profunda, promovendo a saúde e o brilho natural dos fios. Porém, atente para os exageros e não use o xampu antirresíduos com muita frequência. E após o banho, será necessário fazer uma boa hidratação e tome muito cuidado com as pontas de seus cabelos, pois elas são as primeiras que sentem os efeitos do cloro em seus fios.

Aplique seu creme hidratante específico para seu tipo de cabelo, aguarde o tempo indicado e enxague seus fios. Quem tem cabelos oleosos, se preferir, pode usar de cremes de tratamento noturno nos fios ao invés de fazer hidratações, pois este tipo de produto faz efeito enquanto você dorme e não tem a necessidade de ser enxaguado na manhã seguinte. E não se esqueçam de fazer do uso de um bom reparador de pontas a sua rotina.

Para cabelos tingidos:

Vale lembrar também que os cabelos quimicamente tratados precisam de cuidados e atenção redobrada, além de todo um cuidado específico. Antes mesmo de ir à piscina, invista em hidratações mais profundas com cremes e máscaras próprias para seus cabelos e cabelos tingidos, assim você já estará um passo a frente do ressecamento que nos persegue.

Usar de xampus de pH baixo é uma ótima alternativa para manter as cutículas dos fios fechadas e segurar mais o pigmento. Não se esqueça de aplicar um protetor solar para o cabelo toda vez que for à piscina e em cada saída da água tomar uma chuveirada ou jogar água mineral nos cabelos para retirar um pouco do cloro dos fios e aplicar um pouco de protetor novamente nos fios.

E muito cuidado ao pentear os fios molhados de cloro, eles podem se quebrar muito facilmente, portanto, use sempre escovas macias e com bolinhas nas pontas das cerdas. Na hora do banho depois da piscina, é imprescindível lavar os cabelos com um xampu antirresíduos, para retirar todo o cloro.

Depois, faça uma boa hidratação. E para evitar que o seu cabelo desbote, se preferir, pode fazer uma reconstrução com queratina, que além de repor a massa que geralmente perdemos por vários fatores do dia a dia, ajudará seu cabelo a não perder os nutrientes nem a hidratação natural.

Aprenderam tudo sobre o efeito do cloro em seus cabelos? E gostaram das dicas? Siga o blog e continuem acompanhando as novidades que sempre temos para vocês!

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: