Cuidados com a pele oleosa

Cuidados com a pele oleosa
Avalie esse artigo

Quem tem pele oleosa sabe como é difícil controlar o excesso de brilho, sem contar a dificuldade que é manter aquele aspecto de engordurado longe da pele. Se você acha que é a única que sofre com a pele oleosa, saiba que cerca de 70% da população brasileira sofre com o excesso de oleosidade presente na pele.

Antes de iniciar qualquer tratamento é essencial entender o que é, de fato, a pele oleosa: o excesso de oleosidade é decorrente de um grande estímulo das glândulas sebáceas, resultando em uma produção exacerbada de sebo (óleo).

Os motivos mais comuns encontrados para explicar a causa são os hormônios e a pré-disposição genética. A alteração também pode ser reflexo de algum tratamento com produtos inadequados.Manter a pele bonita e saudável exige cuidados diários, e essa ideia se reforça ainda mais se a pele da mulher for oleosa.

Ver também: Conheça os tipos de blush

Quem tem esse tipo de pele sabe como é difícil lidar com o brilho excessivo no decorrer do dia e com outras características da pele oleosa que, geralmente, são bem evidentes.Normalmente, a oleosidade da pele se concentra na chamada zona T do rosto – região entre o nariz, testa e queixo – e resulta no aparecimento frequente de cravos e espinhas. Por esses motivos, a pele oleosa exige cuidados especiais.

Geralmente, na adolescência a pele é mais oleosa, porém, algumas peles adultas permanecem assim.A pele oleosa está relacionada a diversos fatores, dentre eles, o fator hormonal é o mais comum. Mas o uso de produtos inadequados também pode deixar a pele oleosa e com os poros abertos.

A pele oleosa ainda apresenta características muito peculiares. Ela sofre com o excesso de brilho, é mais espessa, possui relevo irregular e poros dilatados. Os poros apresentam-se mais dilatados na tentativa de eliminar o sebo para a superfície.

A região mais afetada é a chamada zona T (testa, nariz e queixo). No entanto, as pessoas também podem apresentar oleosidade no colo e nas costas. Isso ocorre por causa da exposição ao sol e ao calor excessivo que estimulam a atividade das glândulas sudoríparas e sebáceas, aumentando a produção de sebo e suor.

Por isso, é tão comum ficar com a pele oleosa depois das férias de verão. Os produtos para uso diário, como sabonetes, tônicos, hidratantes e filtro solar, devem ser adaptados a esse tipo de pele e não comedogênicos, ou seja, não devem obstruir os poros, pois isso pode levar ao aparecimento de acne e comedões (cravos fechados, lembrando da importância dos cuidados diários com a pele, tudo com o intuito de manter os poros desobstruídos.

Para cuidar das peles oleosas é preciso seguir basicamente os três passos básicos para uma limpeza eficaz da pele: a utilização de sabonete específico para o seu tipo de pele, aplicação do tônico e uso do hidratante facial com fator de proteção solar.

Além desses três passos básicos, a especialista dá a dica final: esfoliar a pele duas vezes por semana também ajuda no controle da oleosidade e na desobstrução dos poros, além de melhorar o relevo cutâneo.

Cuidados básicos e necessários

Abaixo, conheça quais são as principais orientações que a mulher que tem a pele oleosa deve seguir no seu dia a dia:

O cuidado principal é usar produtos adequados à pele oleosa, para não agravar o caso.

É fundamental lavar o rosto com água fria e sabonetes especiais duas vezes ao dia, e usar um tônico depois. Se, concomitante com a pele a oleosa, também houver acne, deve-se ter o tratamento adequado.

Os sabonetes usados para a lavagem do rosto duas vezes ao dia devem ser específicos, à base de ácido salicílico, enxofre, dentre outros princípios ativos que serão recomendados pelo dermatologista.

Existem hidratantes para pele oleosa que hidratam e diminuem a oleosidade ao mesmo tempo, evitando aquele brilho característico. O ideal é consultar um especialista para avaliar a pele e prescrever o produto certo. Hoje em dia existem vários produtos inteligentes que acumulam diferentes benefícios para a pele.

O uso de protetor solar diariamente é fundamental para todas as pessoas. Mas aquelas que possuem pele oleosa devem optar por versões oil-free (livre de óleo). Não deixe de conversar com seu dermatologista sobre o assunto e escolher um produto ideal para o seu caso.

Produtos para pele oleosa

Apostar em produtos feitos especialmente para o seu tipo de pele é essencial para evitar que o problema se agrave. Confira algumas opções:

Maquiagem

Algumas mulheres têm certo receio de se maquiarem por terem a pele oleosa. Muitas vezes fica a dúvida se a maquiagem ficará realmente bonita – e sem aquele brilho excessivo, característico das peles oleosas – e se, no dia seguinte, a pele não acordará pior, com o surgimento de acnes, por exemplo.

No caso de peles oleosas, é preciso ter cautela ao usar maquiagem. Os produtos devem ser livres de óleo, específicos para pele oleosa. Desde o corretivo, passando pelo pó compacto, blush, sombra e o demaquilante.

Mas o cuidado principal básico é retirar toda a maquiagem antes de dormir.Os produtos matificantes são boa opção, pois reduzem a oleosidade e ao mesmo tempo amenizam o brilho da pele.

Tratamentos estéticos

Muitas mulheres, por se sentirem de fato incomodadas com as características da sua pele oleosa, buscam nas clínicas de dermatologia e estética tratamentos que possam ajudar a pele a ter uma aparência mais bonita, com menos oleosidade.

Os peelings continuam sendo a melhor opção para isso. O peeling de ácido mandélico, por exemplo, é retirado das amêndoas amargas, e ajuda a reduzir a espessura do estrato córneo, diminuindo a oleosidade da pele.

Outra ótima opção, é o laser de CO2. Ele atua nas moléculas de água presentes em todos os tecidos, remove a camada externa da pele danificada, e promove o desenvolvimento de novo colágeno na derme e epiderme.

Então, caso esse seja o seu tipo de pele, ficam as dicas! E, principalmente, não deixe de consultar um(a) dermatologista que possa te indicar os melhores produtos (desde sabonete, hidratante, protetor solar até maquiagens) e tratamentos ideais para você. Afinal, é fundamental se sentir bem com a sua aparência!

 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: