Desejo sexual: confira se sua frequência sexual está atrapalhando sua libido

Desejo sexual: confira se sua frequência sexual está atrapalhando sua libido
Avalie esse artigo

Quem conversa sobre sexo com amigos ou participa de debates por aí já pode ter saído com algumas dúvidas. Afinal, qual frequência sexual seria a considerada “normal”? Algumas pessoas dizem necessitar de sexo constantemente, outra parcela é mais tranquila sobre o assunto, conseguindo se manter por períodos mais longos sem a atividade.

E é aí que surgem as dúvidas. Como em quase tudo relacionado ao sexo, quando se vê que outras pessoas não se comportam da mesma maneira, suas certezas podem estremecer. E também como tudo no sexo, essa frequência é uma questão pessoal e depende das experiências e necessidades de cada um.

Na verdade, a frequência sexual feminina tem íntima relação com o seu momento de vida, com o tipo de relação que a mulher está vivenciando, além das experiências sexuais passadas. Uma mesma mulher, em diferentes momentos de sua vida pode ter uma baixa ou alta frequência sexual e isto independe da sua idade.

Ver também: Como aumentar o desejo do seu marido

Ela pode estar numa relação conjugal insatisfatória e isto irá contribuir para que a frequência sexual seja baixa. Da mesma maneira, se estiver numa relação conjugal satisfatória, a frequência sexual será maior. Existe uma estreita relação entre vida conjugal e sexo.

A idade influencia na frequência sexual?

De acordo com as pesquisas, dois fatores são mais significativos quando se fala de frequência sexual: a idade e o tipo de relacionamento. As mulheres casadas tendem a ter uma vida sexual mais ativa, enquanto as solteiras dizem praticar bem menos. Faixas etárias também apresentam diferenças substanciais, como uma queda forte após os 50 anos.

É natural que o número de relações diminua ao longo da vida. Alguns fatores que contribuem para a queda do desejo podem ser de ordem física (como a queda dos hormônios) ou as psicológicas, as quais atingem 70% das mulheres, como o sentimento de rejeição, a perda da vaidade, a preocupação excessiva com os filhos, a falta de cumplicidade entre o casal, entre outras.

Mas essas mesmas pesquisas mostram que apesar da idade mais avançada, as mulheres que estão em relacionamentos estáveis continuam fazendo sexo mesmo que a quantidade seja reduzida. Por outro lado, as jovens solteiras têm números muito baixos. Isso pode significar que boa parte da frequência sexual feminina não depende somente da idade, mas principalmente do tipo de relacionamento.

Quanto de sexo é o suficiente?

A frequência do sexo pode depender de vários fatores físicos, emocionais e mesmo sociais. Já falamos sobre a idade e o tipo de relacionamento e quanto eles podem influenciar nesse sentido.  Não se preocupe se sua situação não é a mesma mostrada nas pesquisas. Afinal a única certeza é de que cada um tem suas necessidades físicas e emocionais.

Não há pesquisas científicas que comprovem o quanto de sexo é suficiente para as mulheres. Mulheres, em sua grande maioria, pensam sexo de maneira diferente dos homens. Mulheres são muito mais mentais, enquanto que os homens são absolutamente visuais. Sexo começa na cabeça das mulheres. Portanto, elas esperam mais do sexo do que o simples ato em si. A frequência é o que menos importa. Acima de tudo, está a qualidade.

Não existe uma regra para a frequência sexual. Não podemos fixar a quantidade de relações ideal já que isso depende muito de pessoa para pessoa. Quando falamos de relação sexual estamos falando do ato sexual entre duas pessoas e não um ato individual como a masturbação. Portanto, vários fatores entram em jogo, principalmente, o vínculo, o desejo e a intimidade do casal e isso é o que vai definir a frequência das relações entre eles.

Como saber se sua vida sexual anda saudável?

O que se pode falar sobre a frequência sexual são as estatísticas baseadas em pesquisas. Cada pessoa tem (e pode ter, sem ser diferente) suas preferências e referências, raramente vindo a ser um problema físico ou psicológico. Caberá a você perceber se sua situação chegar a um ponto que realmente te incomode e procurar análise médica.

A quantidade de sexo indicada é a necessária apenas para suprir as suas necessidades, sejam elas físicas ou emocionais, e não se encaixa em tabelas. Mais ou menos vontade de sexo do que os números não significa que você tem qualquer forma de disfunção, a não ser que atinja níveis críticos.

1. O sexo está sendo feito para os dois?

Se você está constantemente se submetendo às vontades de seu parceiro, você pode estar se corrompendo. Sexo é troca de energia positiva e é bom quando todos estão com vontade. Então, se você está frequentemente fazendo sexo sem vontade, está sendo abusada ou está se deixando abusar. Muitas mulheres passam por isso e não têm coragem de mudar essa condição. Mas é importante saber que a situação pode ficar insustentável e trazer problemas.

2. O problema é físico ou emocional?

Sexo e vida conjugal raramente caminham separados. Um tem capacidade de influenciar o outro e problemas afetivos podem atrapalhar a vida sexual e vice e versa. As dificuldades sexuais podem afetar consideravelmente as pessoas e as relações internas. O funcionamento sexual não implica apenas determinadas respostas fisiológicas, mas todo um conjunto de variáveis situacionais, pessoais e relacionais.

3. Será que é pouco?

Cada um tem seu ritmo, seu tempo e sua necessidade, mas se você não sentir falta alguma de sexo, é possível que tenha algo errado. Sexo faz parte da vida e é uma das nossas necessidades mais básicas. Tudo bem, podemos sublimá-lo, mas geralmente isto é feito por pessoas que adotam um estilo de vida voltado ao celibato. Mas, se esta não foi sua escolha, pare e repense o que pode estar acontecendo e, se for o caso, busque ajuda profissional.

4. Ou será que é muito?

Sexo é importante e faz bem, mas tudo tem limites e sempre é bom estar atento para que não se transforme em um vício. Se você perde o foco em outras áreas importantes da sua vida como trabalho, família ou saúde em função do sexo, é possível que você precise buscar ajuda psicológica.

5. Foi bom pra você?

Independente da quantidade de sexo que você faz, solteira, casada ou enrolada, jovem ou madura, é a sua satisfação que deve ser a regra. Então se você faz muito ou faz pouco e está bem com isso – e, no caso das comprometidas, também está bem para seu parceiro – não há com o que se preocupar.

Para cada momento da mulher, cada fase, a importância do conhecimento do nosso próprio corpo e também da nossa própria história pode fazer toda diferença para escolhas de parceiros que nos agradem mais e nos tratem bem, assim como para uma vida sexual mais feliz e sadia. Cuide-se, mantenha a autoestima em alta e aproveite seu poder de sedução em qualquer idade.

 

-

Suplemento para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher:

Pesquisamos na internet e descobrimos alguns Suplementos para Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher.

Após pesquisar tudo sobre Feme Caps, verificar a procedência e qualidade. Também verificamos o que tinha menos reclamações no Reclame Aqui e o que tem mais depoimentos mostrando resultados reais da eficácia.

O melhor Suplemento de Aumentar Libido e Desejo Sexual da Mulher foi o Feme Caps.

Feme Caps Funciona?

Feme Caps é um suplemento natural a base de vegetal com comprovação científica para aumentar o desejo sexual da mulher e fazer ter orgasmos mais intensos. É aprovado pela Anvisa e Ministério da Saúde por ser 100% natural. A única contra-indicação é que não pode ser usado por lactantes e gestantes.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi aprovado pela ANVISA um suplemento natural, fazendo aumentar libido, desejo e orgasmos.

Depoimento e avaliações do Feme Caps:

Veja o vídeo explicando como funciona o produto

Como Comprar Feme Caps:

O Feme Caps é vendido SOMENTE no site oficial
Cuidado: tem falsificadores que se aproveitam do sucesso do Feme Caps para ganhar dinheiro ilegalmente vendendo o Feme Caps, não caia nessa armadilha, sempre compre no site oficial: http://femecaps.com.br/. Qualquer outro site, inclusive mercado livre e outros vendem produtos falsificados e podem acabar te fazendo mau à saúde.

Como comprar FemeCaps:

1. Entre no site: http://femecaps.com.br/
2. Escolha o kit desejado (Os preços do FemeCaps estão todos no site oficial)
3. Escolha a forma de pagamento (Boleto ou Cartão de Crédito).
4. Pronto! Você vai receber na sua casa. Aqui para São Paulo para minha casa chegou em 5 dias.

DESCONTO EXCLUSIVO do Feme Caps para leitores do blog:

CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO:
Conseguimos um desconto exclusivo por algumas horas para nossos leitores,
ATENÇÃO: Esse desconto encerra em: 05:31 minutos!
Saiba Mais
CLIQUE AQUI PARA GARANTIR O DESCONTO »

Agora me responda essas perguntas:


Você se sente cansada e sem ânimo no final do dia para namorar com seu parceiro?
Não tem a mínima vontade de fazer sexo com seu parceiro?
Acredita que sua libido não está como quando você tinha 20 anos de idade?

Provavelmente você respondeu sim a uma ou a todas as perguntas acima, não é mesmo?

Bem, isso é muito comum acontecer, milhares de mulheres experimentam esse exato problema por conta do estresse do dia a dia, como afazeres do trabalho, o cuidado com as crianças e até a falta de tempo que impede boas preliminares com seu parceiro.

A ÓTIMA NOTÍCIA é que foi criado um suplemento natural que vai fazer sua libido ficar à flor da pele voltando aos melhores tempos da sua libido.

Imagine aumentar sua libido e com isso agradar seu parceiro como no início do namoro, imagine voltar a ter sua libido de quando era adolescente e com isso experimentar orgasmos longos e maravilhosos, imagine como seu parceiro vai gostar de ter você na sua melhor forma sexual.

Não precisa imaginar mais, vivencie isso com o FEME CAPS

=> Clique aqui e conheça o FemeCaps.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: