Detalhes que impedem você de terminar um relacionamento ruim

Detalhes que impedem você de terminar um relacionamento ruim
Avalie esse artigo

Existem pessoas que acreditam que um relacionamento saudável e de qualidade é aquele onde as brigas não existem. Na verdade, um relacionamento assim, sem brigas, não existe é praticamente uma lenta.

Não existe nenhum relacionamento onde não ocorram desentendimentos, sejam esses desentendimentos pequenos ou até mesmo um tanto mais graves. Se você for parar para analisar por um momento, poderá acabar percebendo que muitas vezes brigamos por motivos fúteis até mesmo com nossos amigos, imagine então se não irão existir brigas entre um casal, não é mesmo?

Todo e qualquer relacionamento tem seus altos e baixos. Porém, quando você termina um relacionamento essa acaba não sendo a melhor solução para você e seu parceiro. Você precisa apenas estar atenta as pequenas situações cotidianas, pois se as brigas existirem, basta simplesmente resolver qualquer problema, pois isso é completamente possível.

Confira a seguir detalhes que serão bastante úteis para que você não termine um relacionamento apenas porque ele está passando por uma fase ruim.

Ver também: Coisas que apenas quem já amou e perdeu a pessoa amada entende

Coisas que evitarão o fim de um relacionamento ruim

1 – Você e seu parceiro sabem que existe algo de errado entre vocês

Muitas pessoas acreditam que terminar um relacionamento que esteja passando por um momento ruim seja fácil, mas na verdade, essas pessoas estão apenas ignorando os problemas que estão passando com o parceiro.

Se você e seu parceiro sabem e aceitam que existe algo de errado no relacionamento de vocês e que além de terem reconhecido essa situação estão totalmente dispostos a resolvê-la, pode ser ainda possível salvar o relacionamento ou o casamento de  vocês.

O problema de vocês na verdade pode ser apenas receio, ou seja o medo de sentar com o parceiro para conversar e colocar tudo em pratos limpos.

2 – Ainda existe diálogo entre vocês

Vocês conseguem conversar sem alterar a voz um com o outro, sem que saiam brigas e acabe um saindo ofendido. Vocês sabem qual é o momento exato em que uma discussão acaba se transformando em uma briga mais séria e assim, decidem por respeitar um ao outro.

Vocês precisam sentar juntos e conversar de forma aberta a respeito do que pode estar incomodando vocês. Dessa forma, vocês poderão entender como chegaram ao exato momento de crise e muito mais que isso, vocês podem juntos encontrar uma solução que possa beneficiar aos dois como casal e como indivíduos.

3 – Vocês ainda se amam

O amor sempre fica bem claro nas pequenas atitudes do dia a dia de vocês. Mesmo que vocês estejam passando por uma fase difícil, onde nada parece ser agradável para nenhum dos dois, você e seu parceiro ainda procuram se esforçar para demonstrar um ao outro seus sentimentos. Tudo isso através de um bom dia, um abraço ou até mesmo um toque rápido e leve no outro.

Você não pode simplesmente deixar que tudo isso se apague. Caso você esteja magoada, não tenha receio de comentar isso com seu parceiro, explique a ele qual foi a atitude dele que tenha causado isso em vocês.

Se prepare para ouvir o que seu parceiro tem a te dizer. A principal ideia é que você não guarde os sentimentos apenas para você, converse a respeito do que te incomoda, além também de demonstrar que ama seu parceiro e claro, que está totalmente disposta a resolver toda essa situação.

4 – Vocês se respeitam

O máximo que pode acontecer em um relacionamento é que o respeito pelo parceiro acabe se perdendo. Quando isso acontece, você começa a pensar apenas em si mesma e passa a culpar seu parceiro por tudo, principalmente pela sua infelicidade. Caso ainda exista respeito entre você e seu parceiro, ou seja, quando vocês dois em um relacionamento não ficam apontando o dedo um para o outro e criando acusações pelos problemas que possam estar vivendo, ainda é possível que esse relacionamento seja salvo.

5 – Vocês tem intimidade

Quando se fala em intimidade, não se refere ao sexo. A intimidade não é feita apenas do ato onde você tira sua roupa em frente a outra pessoa, e sim se refere ao desnude também da alma. Será que você e seu parceiro se conhecem de uma forma mais aberta? Será que vocês tem um acesso aberto a individualidade um do outro?

A intimidade acontece quando você e seu parceiro simplesmente não sentem medo de falar de uma forma aberta a respeito de qualquer assunto, e sabem que um vai respeitar a opinião e o espaço do outro.

Isso sim é intimidade. Ou seja, é quando você e seu parceiro se conhecem de forma verdadeira, o melhor e o pior de vocês, pois você já sabe e já deve ter ouvido muito falar que ninguém é perfeito, não é mesmo?

6 – Não existe um jogo de poder

Se você por parar para analisar, existem diversos casais que vivem em uma constante competição para saber quem manda no relacionamento. Se voc~e e seu parceiro tem conhecimento de que um relacionamento verdadeiro é construído baseado na realidade de que ninguém é melhor do que ninguém, não existe qualquer motivo, razão ou circunstancia para que vocês dois acabem terminando o relacionamento de vocês.

Isso acontece porque ninguém no relacionamento de vocês está a todo momento acusando ou corrigindo o parceiro como se um dos dois fosse uma criança que precisa ser ensinada e corrigida a todo momento. Na verdade, você e seu parceiro são totalmente capazes de tomar as decisões juntos.

Você encontrou alguma dessas características citadas acima no seu relacionamento?

Se sim, saiba que essa é a hora ideal de sentar para conversar de forma aberta com seu parceiro a respeito dos prós e contras de colocar um fim ao relacionamento de vocês.

Claro que, lembrando sempre que o fim de um relacionamento acaba sendo um momento desgastante e caso entre vocês dois existam quaisquer um dos detalhes que foram citados acima, sem dúvidas qualquer outro problema maior entre você e seu parceiro poderá facilmente ser resolvido sem que vocês precisem terminar ou acabem entrando em alguma discussão sem fim.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: