Dicas para dizer o que incomoda no parceiro

Dicas para dizer o que incomoda no parceiro
Avalie esse artigo

Relacionamentos são ótimos, desde que haja cumplicidade e muito diálogo entre o casal. A diferença entre um casal saudável e um casal problemático muitas vezes mora aí. É difícil expor algumas coisas para o nosso parceiro, principalmente se o problema é com ele.

É um momento desconfortável e que as vezes o clima ajuda a você se sentir a vontade. É preciso saber identificar no parceiro o que você não gosta e poder falar isso para ele, pois discutir os defeitos é importante para que a relação vá para frente, mantendo a confiança e uma maior cumplicidade do casal.

Quando conhecemos uma pessoa, logo de cara ficamos encantadas com tudo de bom que a pessoa tem. É natural que no começo de um relacionamento você quer fazer tudo certo, quer dar o seu melhor e mostrar todas as suas maiores qualidades.

Ver também: Dicas para sobreviver no namoro nos dias de hoje

Isso faz parte da arte da conquista e é assim que a gente faz o outro se apaixonar pela gente. Isso não é um problema e é muito normal. Com o tempo e com a convivência, fica difícil estar sempre querendo impressionar o parceiro e isso seria extremamente desgastante, além de mostrar algo que não é real, pois todo mundo tem suas qualidades e seus defeitos.

Conforme a relação vai andando para frente e a convivência vai sendo maior, é onde os lados negativos do parceiros e os seus são mostrados. Antes podiam muito bem acontecer, mas você não se importava ou não percebia, pois estavam numa fase maior de encantamento.

As vezes muitas coisas no outro incomodam e isso abala um pouco o caminhar da relação, por isso é importante falar sobre essas coisas para ver o que podem fazer em relação a isso.

Poder olhar alguém e reconhecer o que há nessa pessoa que você não gosta ou incomoda, faz parte do amadurecimento da relação e até mesmo das pessoas envolvidas nela. Com o tempo, as pessoas vão mudando ou vão apenas se mostrando mais, com isso surgem muitas diferenças entre o casal, que antes achavam que eram exatamente iguais.

As vezes a gente tende a achar que estamos deixando óbvio que não gostamos de certo comportamento do parceiro, mas na verdade ele não tem como adivinhar.

É preciso dizer o que está irritando através de um diálogo franco e aberto. Assim é a melhor maneira de resolver essas pequenas coisas, por isso tente expressar o seu descontentamento.

Indiretas não são do bem

Muitas vezes quando a gente está irritado, a primeira reação é tratar a pessoa com sarcamos ou cinismo. Isso é algo natural, mas não é o ideal.

Isso acontece devido a omissão dos sentimentos. Quando algo te incomoda e você não diz para a pessoa, com o tempo esse seu descontentamento vai ser expressado através desse sarcasmo e desse cinismo. E com isso, as discussões irão acabar acontecendo.

Indiretas não resolvem nada e muitas vezes apenas abrem espaço para uma discussão maior. Ser verdadeiro e dizer o que você está sentindo, por mais cruel ou rude que possa parecer, é sempre a melhor decisão.

Diga o que sente, mas sem ser agressivo

Sei que muitas vezes você acaba guardando aquela coisa e quando resolve falar, soa muito rude e agressivo. Mas se esforce para não ser assim. Para poder expressar algo que aponte a fa falha no outro, você deve ser suave e delicado, evitando parecer um ataque ao parceiro, pois isso pode gerar uma discussão. Você deve ser cuidadoso para que o diálogo evolua para uma solução e não para uma briga e discussão.

Você deve saber falar o que sente, mas também deve saber ouvir com respeito e sem reclamar. Sempre que forem conversar sobre algo do gênero, busquem os dois falarem para resolverem o que um discorda do outro e dar um novo gás ao relacionamento. Diálogos só acrescentam uma relação.

Tenha noção de que guardar muitas coisas ou tentar se convencer de que seu parceiro é perfeito, só traz problemas com o tempo. O parceiro irá continuar agindo da forma que te irrita ou te incomoda, pois ele não sabe o que você pensa. Da mesma forma que você ficar guardando isso fará com que a relação não amadureça e não cresça.

É preciso da mesma forma entender que você também apresenta problemas e falhas. Muitas vezes o parceiro pode sim te chamar para conversar e expor o que incomoda em você para ele. Você deve ser receptiva ao ouvir e considerar o que ele fala.

Muitas vezes a solução ideal seria mudar de comportamento ou parar de fazer aquilo que irrita o outro. Mas nem sempre isso é possível. O casal deve entender que algumas atitudes fazem parte da personalidade do outro.

E a gente não pode querer ficar mudando o parceiro para que aquilo não nos incomode mais. Primeiramente é preciso aceitar que ninguém é perfeito. O fato de você falar, já deixa claro que aquilo te irrita de alguma forma. O parceiro poderá tentar agir de outra forma, mas tem coisas que não podem ser mudadas ou você estaria buscando uma pessoa que não existe.

Da mesma forma, você não deve mudar a forma que age ou a forma que é para agradar o parceiro. Os dois devem ter bem claro na mente que há coisas que não mudam. Mas tem coisas que podem ser mais flexíveis.

Colocar para fora já alivia muito esse sentimento de irritação. Dizer para o parceiro que vai se esforçar para agir diferente também já ajuda muito. Os dois precisam encontrar uma combinação que seja agradável e buscar conversar sempre sobre isso.

Cumplicidade e diálogo são palavras chave para um relacionamento saudável e duradouro. E relacionamentos são construídos por duas pessoas, então não sustente tudo sozinha e também não jogue tudo para cima do parceiro.

Saiba que se há problemas, os dois são causadores deles. Busquem conversar e se entender. O seu parceiro deve ser receptivo e deve aceitar as mudanças que o diálogo proporciona.

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 comentários

Deixe uma Resposta: